Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Crise de água em SP: muito pior do que você imagina

25/07/2014 às 16:28
por Redação

Por Maira Digiaimo e Josélia Pegorim
A imprensa continua mostrando matérias que falam sobre rios e represas secas em São Paulo. As previsões meteorológicas continuam mostrando que as torneiras do céu vão permanecer fechadas por mais alguns meses. A crise hídrica no Estado de São Paulo está cada vez mais grave. Desde 16 de maio de 2014, o governo do Estado começou a usar água do chamado “volume morto” do Sistema Cantareira. Os 182,5 milhões de metros cúbicos de água autorizados para uso pela ANA – Agência Nacional das Águas – ainda não acabaram, mas outro pedido para usos de mais 100 milhões de metros cúbicos de água já foi encaminhado pelo governo paulista.     Andando pelas ruas de São Paulo não é difícil observar o desperdício de água. Mesmo com a grande crise hídrica que estamos vivendo, ainda tem gente lavando as calçadas com água e tomando banhos demorados. Moradores de vários bairros da cidade de São Paulo estão relatando falta de água em alguns períodos do dia. Será que a população entende a gravidade da situação, ou só os meteorologistas e os jornalistas percebem isto? O que vai acontecer quando a água acabar? Carros-pipa abastecendo de água a cidade de São Paulo? Talvez não estejamos muito longe disto. Confira a análise do professor Antônio Zuffo, chefe do Departamento de Recursos Hídricos na Universidade de Campinas (Unicamp). A meteorologista da Climatempo Bianca Lobo fala sobre a previsão de chuva para os próximos meses na região do Cantareira.