Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Hapinness

07/03/2013 às 19:11
por Josélia Pegorim

style="text-align: left;">Achamos a fórmula da felicidade e ela depende da temperatura!

HAPPINESS i,t  =  αi + β1PNEWSi,t + β2MNEWSi,t + β3SLEEPi,t +

β4HEALTHi,t + β5STRESSi,t + ∑ 6k=1 γk DAY of the WEEK

DUMMY ki,t + δ1 TEMPERATURE i,t + δ2 HUMIDITYi,t + δ3

WINDSPEEDi,t + δ4 SUNSHINEi,t + δ5 PRECIPITATIONi,t + εi,t

A "fórmula da felicidade" leva em conta dados meteorológicos como temperatura, precipitação , umidade do ar , velocidade do vento  e horas de sol , além de variáveis específicas de cada pessoa e variáveis fictícias, como o dia da semana e a hora do dia. Para os estudantes da Universidade de Osaka, no Japão, o máximo da felicidade é com temperatura quase de 14ºC. Pois é. Foi isto que a meteorologista da Climatempo Bianca Lobos descobriu lendo um recente trabalho científico intitulado “Weather and Individual Happiness” – Tempo e Felicidade Individual,  publicado na Weather, Climate, and Society, em janeiro de 2013. Algumas pesquisas já foram realizadas e indicam que existe uma relação entre o humor e o tempo. Bianca explica que "Esse estudo foi realizado com 75 alunos da Universidade de Osaka, no Japão, ao longo de 17 meses, entre novembro de 2006 e março de 2008. A cidade de Osaka está localizada no meio do Japão e a temperatura durante o período do estudo variou entre 5° e 30°C. Os estudantes respondiam diariamente a perguntas como “o quão feliz você está hoje?”, “qual a notícia mais importante da televisão ou jornais que você recebeu desde que respondeu ao questionário ontem? Como você avalia essa notícia?”, “você dormiu bem esta noite?”, entre outras. As respostas eram dadas em escalas numéricas e a cada resposta era associada uma variável." "As análises revelaram que a variável meteorológica que apresenta a maior correlação com a felicidade é a temperatura. Concluiu-se que a felicidade é maximizada a uma temperatura de aproximadamente 13,9°C. " Mas a meteorologista Bianca adverte que esse valor não é válido para outras regiões, nem mesmo do próprio país onde foi feita a pesquisa. Só é válido para aquele local em Osaka. Se você quiser saber mais, existe uma versão estendida do artigo disponível na internet  no link http://www2.econ.osaka-u.ac.jp/library/global/dp/1101R.pdf.