Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Forte redução de visibilidade na Grande SP

23/07/2010 às 17:30
por Josélia Pegorim

A Gr
ande São Paulo passou quase toda a sexta-feira com muito sol. Mas no fim da tarde, pouco depois das 16h30, uma forte névoa se formou sobre a região. Além de deixar o céu nublado, a névoa se intensificou rapidamente baixando muito a visibilidade nos aeroportos. No aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade de São Paulo, a visibilidade às 16 horas estava em 4000 metros. Às 16h25, o alcance visual nas pistas baixou para 3000 metros e em menos de 10 minutos depois, às 16h42, a visibilidade ficou reduzida a 1000 metros. A temperatura baixou de 24ºC, às 15 horas, para 17ºC, às 5 horas da tarde. No Campo de Marte, na zona norte da cidade, a visibilidade era total às 16 horas e baixou para 3000 metros, às 17 horas. No aeroporto internacional de Guarulhos, a visibilidade às 16 horas já havia baixado para 4000 metros e às 17 horas diminuiu para 2500 metros. A formação dessa névoa forte que reduziu a visibilidade na Grande SP está associada a intensa entrada de umidade que ocorreu no leste de São Paulo no fim da tarde desta sexta-feira.  Isto está relacionado com a passagem de uma frente fria pelo litoral paulista, que fez 0 vento marítimo chegar forte sobre a Grande São Paulo. O vento trouxe uma grande carga de umidade que gerou a névoa. A neblina também se formou em toda a região que liga a Grande São Paulo a Baixada Santista. Uma rápida e forte queda de visibilidade também ocorreu  no Sistema Anchieta/Imigrantes, que faz a ligação com  a Baixada Santista. A má visibilidade no trecho de serra forçou a concessionária Ecovias a instalar a operação comboio para descida para o litoral. A frente fria que entrou hoje no litoral paulista já estava prevista. Apesar da brusca mudança no tempo que ocorreu no fim da tarde, esta frente fria não é forte. Neste sábado, a Grande SP, o litoral, todo o sul e o leste de São Paulo, incluindo regiões como a de Sorocaba e o vale do Paraíba, vão passar o dia com o céu cheio de nuvens, um sol fraquinho de vez em quando. Pode chover especialmente na madrugada e pela manhã, mas a chuva será fraca e só vai servir mesmo para esfriar mais o ar e atrapalhar as baladas da madrugada. A tarde e noite do sábado serão com muitas nuvens e a temperatura fica amena. O domingo amanhece frio e com neblina, mas antes do fim da manhã o sol já estará aparecendo e vai predominar no restante do dia no sul e no leste do Estado, incluindo a Grande SP e o litoral.