Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frente fria traz chuva forte para o Cantareira

20/03/2015 às 12:25
por Josélia Pegorim

Cantareira mantém elevação há quase 50 dias O Sistema Cantareira termina o verão de 2015 com o fevereiro mais chuvoso em 20 anos e com um volume de chuva acumulado em março muito próximo da média histórica e até com chance se superá-la. A taxa média de elevação do nível de armazenamento vem se mantendo em 0,2% por dia desde o início de fevereiro, ainda assim, o volume de água atual ainda não alcança o nível do volume útil, água que pode ser captada sem bombeamento. O nível de armazenamento vem tendo elevação ou estabilidade desde o dia 1 de fevereiro.   O nível de 16,0% em 20 março repõe a cota de 10,7% de água da reserva técnica acrescida em 24 de outubro de 2014 e repõe 5,3% da cota de 18,5% disponibilizada em 15 de maio de 2014. No total das duas cotas, foram 29,2% e ainda faltam 13,2% para atingirmos o nível do volume útil.  

Frente fria no fim de semana As condições do tempo em São Paulo no primeiro fim de semana do outono serão marcadas pela passagem de uma frente fria especial. O ar polar desta frente fria vem com moderada a forte intensidade e entra em choque com o ar úmido e quente que já está sobre o Estado de São Paulo e outras áreas da Região Sudeste. O choque térmico acentuado vai facilitar a formação de nuvens carregadas. A previsão é de que chova forte sobre o Cantareira neste fim de semana com a passagem desta frente fria, mas o volume de chuva deve baixo após o dia 23 de março.  Mesmo com redução da chuva, o nível ainda manter tendência de alta nesta próxima semana.     Todos os reservatórios de água que abastecem a Grande São Paulo aumentaram de nível nas ultimas 24 horas. O temporal que caiu na tarde do dia 19 de março sobre São Paulo deixou maiores volumes de chuva sobre os mananciais localizados na parte mais ao sul da capital e da Grande São Paulo.  O Cantareira teve alta de 0,2%.  

A previsão é de que chova forte sobre o Cantareira neste fim de semana com a passagem de uma frente fria, mas o volume de chuva deve baixo após o dia 23 de março.   Segundo a Sabesp, entre os dias 19 de 20 de março choveu 31,8 mm sobre o Sistema Alto Cotia e 30,2 mm sobre o Sistema Guarapiranga. O Cantareira recebeu apenas 6,4 mm e o Alto Tietê 6,0 mm. O Sistema Rio Grande acumulou 0,8 mm e o Sistema Rio Claro, 16,6 mm. O volume de chuva acumulado em 20 dias sobre Sistema Guarapiranga já superou a média histórica para março. Quase todos os mananciais acumulam atualmente 90% ou mais de chuva da média