Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Geada na Serra Catarinense

02/06/2015 às 09:43
por César Soares

Em condições de temperaturas muito baixas e a presença de vapor d'água nas camadas mais superficiais da atmosfera, é bastante comum termos a presença da geada. A geada consiste na sublimação, formação de cristais de gelo a partir do vapor d'água, e é capaz de proporcionar belas imagens como as divulgadas por Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online.

Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online Mycchel Hudsonn Leganghi/São Joaquim Online

Segundo informações da estação automática do EPAGRI/CIRAM a temperatura mínima registrada foi de -0,3°C em São Joaquim, os ventos ficaram mais calmos ao longo da madrugada o que incentiva a formação do fenômeno.

A menor temperatura mínima do Brasil na terça-feira (02) foi em Urupema/SC onde o registro ficou nos -2,7°C segundo informações do EPAGRI/CIRAM.

As temperaturas ainda continuarão baixas na quarta-feira (03), as áreas de serra gaúcha e catarinense ainda terão chance de geada. A formação de pouca nebulosidade e a presença de umidade nas camadas mais superficiais ainda favorecem a presença do fenômeno.

Há previsão de chuva somente em áreas da Campanha, Fronteira Oeste e Extremo Sul do Rio Grande do Sul devido a aproximação de uma frente fria, a chuva ocorre em forma de pancadas rápidas principalmente no período da noite.

Quer saber mais sobre geada? Então confira o Explicando o Tempo com a Maria Clara sobre o assunto!