Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Risco para temporal persiste nesta 6ª feira em SP

11/12/2014 às 18:50
por Josélia Pegorim

Atualizado à 1h do dia 12 de dezembro de 2014 Pelo segundo dia consecutivo a cidade de São Paulo tem problemas com a chuva forte. Nesta quinta-feira os alagamentos ocorreram nas zonas oeste e sul. Os córregos transbordaram e carros ficaram debaixo d' água.  Veja o depoimento de Roberto Rocha: '76mm é o que o helipark acumula até agora, choveu demais por aqui, ruas alagadas, trânsito impressionante, na divisa das duas cidades ninguém passa, tudo submerso, há muito tempo não chovia como choveu e chove agora aqui em Carapicuíba, parece que a chuva toda se concentrou aqui, e ainda chove muito forte, por aqui, podemos passar facilmente os 80mm só esta noite, agora no momento chove forte, temperatura em 20 graus, dados do helipark'. Além da Grande São Paulo, a cidade de Sorocaba também teve grandes volumes de chuva. Apenas em 1h (entre 19 e 20h), foram mais de 44 mm, conforme o INMET. Em Barueri, cidade a oeste da região metropolitana, o acumulado de chuva entre 18h e 20h foi de 51,8 mm, também dados do INMET. Semana termina com chuva forte em SP As condições meteorológicas para a sexta-feira indicam que o tempo deve ficar mais instável, com maior risco de temporais. Além do ar quente e úmido que já está sobre o Estado, uma frente fria se aproxima pelo mar. Uma forte queda da pressão atmosférica deve acontecer entre a sexta-feira e o domingo, entre o litoral do Rio de Janeiro e do Paraná, ajudando a formar e a manter mais áreas de instabilidade também sobre São Paulo. O risco de temporais no Estado de São Paulo é alto na sexta-feira e no sábado.  

  Até 19 horas, os maiores volumes de chuva ocorriam nas zonas oeste e sul da cidade de São Paulo. Confira alguns volumes de chuva registrados pelo SAISP até 18h50Rio Pinheiros - ponte João Dias: 63,0 mm Imigrantes (FEI) - S. Bernardo do Campo: 33,0 mm Córrego Morro do S - rua Joaquim Nunes Teixeira: 50,2 mm Córrego Joaquim Cachoeira (Taboão da Serra): 43,0 mm   Às 18h35 desta quinta-feira, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) e a CET – Companhia de Engenharia de Trânsito – registravam 4 pontos de alagamento 1 na zona leste e 3 na zona sul.     Por que o sol do verão é mais forte no Hemisfério Sul?   Um bom tempo pra você! Como se formam os raios? É de arrepiar os cabelos!