Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Granizada na Grande SP - Guarulhos vira Guariloche

21/09/2010 às 18:57
por Josélia Pegorim

Pouc
as vezes se observa uma quantidade de granizo tão grande como a que caiu na tarde desta terça-feira sobre a cidade de Guarulhos. Muitas ruas ficaram  completamente cobertas pelas pedras de gelo e o tapete branco dava a impressão de ter nevado. O meteorologista da Climatempo, Marcelo Pinheiro, sacou logo: o nome da cidade mudou para Guariloche, numa alusão à famosa cidade argentina de Bariloche, um dos ícones do turismo de inverno da América do Sul. O fotógrafo Guilherme Kastner, do Diário de Guarulhos, gentilmente cedeu as fotos abaixo. É impressionante. O granizo são pedras de gelo que se formam na parte mais alta e fria das nuvens cumuloninbus. Tecnicamente são nuvens convectivas, que se formam pelo processo de convecção gerado pelo calor. São estas nuvens que provocam os raios e os trovboões e, além do granizo, muitas vezes provocam chuva forte e ventania que passa dos 100 km/h. Estas nuvens têm uma grande extensão entre a sua base e o topo, alcançando altitudes até maiores do que 15 km.  Grande parte de nuvens como estas tem temperatura muito abaixo de zero, até menores do que 50ºC negativos, e por isso há condições para a formação do gelo. Mas os cumulonimbos só se formam quando há muita disponibilidade de umidade no ar e o calor para que fazer a nuvem crescer até atingir as alturas com temperaturas extremamente negativas. A Grande São Paulo recebeu uma grande dose de umidade no último fim de semana, quando uma frente fria passou pela cidade. Os ventos marítimos entraram forte sobre a cidade trazendo o ar muito úmido. O calor da tarde de hoje era o que faltava para a formação das nuvens pesadas. A temperatura chegou aos 29ºC nesta terça-feira. Além disso, a circulação de ventos sobre São Paulo facilitou o crescimento das nuvens. Na semana passada estava até mais quente, mas não havia umidade para a formação destas nuvens e os ventos sobre a Grande SP estavam formando uma espécie de tampa que impediam o crescimento das nuvens. A situação nesta terça-feira foi diferente: tinha calor, umidade e os ventos ajudaram no crescimento das nuvens. Além de Guarulhos, o granizo ocorreu também em áreas da zona leste da cidade de São Paulo. O granizo pode ocorrer outras vezes? Sim, pode e ainda nos próximos dias, não só na Grande São Paulo, mas até em outras áreas da cidade.  Estamos entrando na primavera e os dias vão ficando cada vez mais quentes. A umidade também tende a aumentar. Granizo em dias quentes e úmidos de primavera e verão até comum. Mas granizo em julho, não. Em julho de 1995 muitas áreas da Vila Madalena e de Alto de Pinheiros, bairros da zona oeste da cidade de São Paulo, ficaram parecendo a Guarulhos desta terça-feira, tamanha a quantidade de granizo que caiu.