Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva já perdeu força sobre a Grande SP

01/12/2014 às 10:49
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;"> Atualizado às 19h07  de 1/12/2014 As nuvens carregadas já se dissiparam quase que totalmente sobre a Grande São Paulo. Por volta das 19h, radares meteorológicos não detectavam mais chuva sobre a capital paulista. Ainda chovia em algumas áreas da Grande São Paulo, como na região entre Cajamar, Caeiras e Franco da Rocha, e entre Mogi das Cruzes e Biritiba-Mirim. A noite desta segunda-feira segunda com o ar abafado e a presença de algumas nuvens, mas não deve voltar a chover.       O que provocou a chuva na tarde de 1 de dezembro? O calor e a grande disponibilidade de umidade no ar geraram nuvens carregadas que provocaram pancadas de chuva moderadas a fortes em algumas áreas da cidade de São Paulo e da Grande São Paulo. Na capital, a temperatura na tarde desta segunda-feira chegou aos 31,1°C pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.        Radares meteorológicos detectaram chuva em parte das zonas norte, central e leste da cidade de São Paulo e também na região sudeste da cidade. Choveu também sobre Guararema, Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba, Suzano e Salesópolis.    As áreas de chuva avançam da capital paulista para cidades do Grande ABC. A chuva que começou no fim da tarde da tarde não vai se prolongar pela noite.   Até às 18h, a maior quantidade de chuva registradas nas estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergências  (CGE) foi de 15,2 mm, na Vila Mariana.   Dezembro começa com mais chuva As pancadas de chuva serão frequentes nesta primeira semana de dezembro, Além do calor, uma nova frente fria passa pelo litoral paulista entre quarta e quinta-feira. A proximidade com esta frente fria vai aumentar as condições para chuva, mas não há previsão de queda da temperatura acentuada. A semana segue com calor e sensação de abafamento. Chuva de novembro próxima da média O mês de novembro deu a São Paulo temporais como há muito tempo não se via.  Na última semana do mês, a chuva forte causou um grande número de alagamentos. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, novembro de 2014 terminou com apenas 19% de chuva abaixo da média. Foram acumulados 117,7 mm sobre o Mirante de Santana, na zona norte da cidade, sendo que a média normal de chuva para novembro é de aproximadamente 146 mm.   A maior temperatura do mês foi de 32,7°C na tarde do dia 21. A menor temperatura de novembro foi de 13,3°C e ocorreu no dia 17. A média das temperaturas mínimas e a média das temperaturas máximas registradas em novembro ficaram aproximadamente 1,5°C acima das médias normais climatológicas.