Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mais chuva em Roraima. Seca e recorde de frio no Tocantins.

20/06/2011 às 09:13
por Josélia Pegorim

Áre
as de instabilidade tropicais persistem sobre Roraima neste início de semana. Nuvens carregadas se espalham sobre o Estado e provocam mais chuva inclusive na região de Boa Vista. Depois de uma madrugada com tempo seco, a cidade amanheceu debaixo de chuva moderada a forte, com a chegada das nuvens pesadas. Entre 6 e 7 horas, pelo horário de Brasília, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 27,6 milímetros de chuva. O total acumulado até 8 horas aproximava-se de 36 milímetros. Boa Vista e as demais regiões de Roraima vão continuar o dia com muitas nuvens e pancadas de chuva, mas com períodos de sol. Em Boa Vista, o total de chuva acumulado em junho já alcançou a média normal para o mês. Segundo o Inmet, do dia 1 de junho até 9 horas do dia 19, choveu aproximadamente 320 milímetros e a média normal para o mês é de 321 milímetros. Historicamente junho é o mês mais chuvoso em Boa Vista. Seca e recorde frio no Tocantins A maioria das áreas da Região Norte do Brasil estão terminando o período chuvoso. Nos Estados do Acre, Rondônia, no sul do Amazonas e do Pará, e principalmente no Tocantins, o período de seca já começou. Quase não tem chovido nas últimas semanas. O Tocantins teve baixas temperaturas neste fim de semana. Em Palmas, capital do Estado, a madrugada do sábado foi a mais fria de 2011, até agora. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima foi de 17,7ºC. O recorde anterior era de 17,8ºC, em 28 de maio. O sul do Tocantins registrou temperaturas ainda mais baixas. Em Peixes, a mínima no domingo foi de 15,2ºC, a menor do ano até agora. O tempo seco, com dias de pouca nebulosidade e sem chuva causa dois efeitos simultâneos no sul da Região Norte. A pouca nebulosidade durante a noite permite um maior resfriamento do ar. Ao longo do dia, a falta de nuvens colabora para um grande aquecimento. Assim, nesta época do ano é comum termos noites frescas na parte sul da Região Norte, mas tardes muito quentes, com temperaturas que superam os 35ºC com frequência. Um forte nevoeiro se formou na região do aeroporto internacional Tom Jobim, na zona norte no Rio de Janeiro. Uma densa névoa já encobria a região e às 7h10, o nevoeiro se formou e a visibilidade a olho  nu nas pistas baixou para apenas 400 metros.