Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mais temporais no Centro-Oeste

17/12/2014 às 09:45
por Josélia Pegorim

Fortes áreas de instabilidade cresceram em diversos locais da Região Centro-Oeste do Brasil, com nuvens muito carregadas que provocaram chuva volumosa e temporais. Brasília amanheceu estremecida sob os efeitos da tempestade que caiu na noite de terça-feira. Entre 20h e meia-noite choveu 75 mm, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. A chuva foi generalizada sobre o Distrito Federal  causando grandes alagamentos pela capital federal.   Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, também teve chuva e raios. Segundo os dados da estação automática do Inmet, em apenas 01 hora, entre 05h e 06h da madrugada desta quarta-feira, 17, no horário de Brasília, foram acumulados aproximadamente 32 mm.  Este volume é muito alto para um curto período de tempo. Em Guiratinga, no sul de Mato Grosso, choveu 45,6 mm entre 1h e 3h da madrugada, no horário de Brasília. Em Sonora, no norte de Mato Grosso do Sul choveu 32 mm entre 5h e 7h.  

A formação e persistência destas áreas de instabilidade sobre o Centro-Oeste do Brasil são consequências da atuação  de um sistema meteorológico chamado Alta da Bolívia, muito comum durante o verão. Nuvens  muito carregadas continuam crescendo sobre o Centro-Oeste e há previsão de mais chuva, e com risco de temporais, nas próximas semanas. O verão começa oficialmente no domingo, 21 de dezembro, com a chegada da uma frente fria ao litoral da Região Sudeste que vai ajudar a manter a chuva sobre o Centro-Oeste.   Entenda o que é Alta da Bolívia Fotografeotempo! #É tempo de Natal!   Um bom tempo pra você! Previsão climática para o verão de 2015 no Brasil