Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Muita chuva no Sul do Brasil

09/08/2011 às 13:31
por Aline Tochio

A frente fria que está avançando pelo Sul do Brasil chegou ontem com força à Região e provocou muita chuva em algumas áreas, especialmente na região serrana do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Segundo dados do INMET, entre ontem de manhã e hoje ao meio dia, foram acumulados quase 150 mm de chuva em Urubici, na serra catarinense. Em Florianópolis, foram 131 mm acumulados no mesmo período.

Em São José dos Ausentes, na serra gaúcha, a chuva acumulou 85 mm entre 11 horas de ontem e 11 horas de hoje. Além da chuva, fortes rajadas de vento atingiram a cidade. A estação medidora do INMET chegou a registrar rajadas entre 84 e 85 km/h entre 11 horas e meio dia de hoje.

Amanhã a frente fria se afasta, mas ainda deixa o tempo fechado nessas áreas. Chove a qualquer hora, mas agora com fraca intensidade, sem acumular grandes volumes. Apesar disso, as rajadas de vento ainda podem atingir 70 km/h nas áreas de serra.

A ventania é provocada por um intenso sistema de alta pressão que veio acompanhando a frente fria. A grande diferença de pressão atmosférica entre este sistema e as áreas ao redor dele é o que favorece a circulação dos ventos, que chegam intensos ao leste da região Sul.

Muita chuva no Sul do Brasil

A frente fria que está avançando pelo Sul do Brasil chegou ontem com força à Região e provocou muita chuva em algumas áreas, especialmente na região serrana do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Segundo dados do INMET, entre ontem de manhã e hoje ao meio dia, foram acumulados quase 150 mm de chuva em Urubici, na serra catarinense. Em Florianópolis, foram 131 mm acumulados no mesmo período.

Em São José dos Ausentes, na serra gaúcha, a chuva acumulou 85 mm entre 11 horas de ontem e 11 horas de hoje. Além da chuva, fortes rajadas de vento aitngiram a cidade. A estação medidora do INMET chegou a registrar rajadas entre 84 e 85 km/h entre 11 horas e meio dia de hoje.

Amanhã a frente fria se afasta, mas ainda deixa o tempo fechado nessas áreas. Chove a qualquer hora, mas agora com fraca intensidade, sem acumular grandes volumes. Apesar disso, as rajadas de vento ainda podem atingir 70 km/h nas áreas de serra.

A ventania é provocada por um intenso sistema de alta pressão que veio acompanhando a frente fria. A grande diferença de pressão atmosférica entre este sistema e as áreas ao redor dele é o que favorece a circulação dos ventos, que chegam intensos ao leste da região Sul.