Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Nevoeiro no centro-sul do Brasil

22/05/2013 às 08:50
por Josélia Pegorim

O ne
voeiro voltou a se formar nesta quarta-feira em muitas áreas do centro-sul do Brasil, reduzindo a visibilidade nos aeroportos e estradas. Às 7 horas, o aeroporto Bacacheri, em Curitiba, informava que a visibilidade nas pistas era de apenas 50 metros e o Afonso Pena, em São José dos Pinhais estava com 700 metros de visibilidade. Em Foz do Iguaçu, sudoeste do Paraná, a visibilidade no aeroporto era de 600 metros. Ontem, a cidade passou quase o dia todo encoberta pela densa névoa. Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, o nevoeiro restringia a visibilidade para 800 metros, às 7 horas. Em Barra do Garças, onde não é comum a formação do fenômeno, houve formação de bancos de nevoeiro. A temperatura às 7 horas era de apenas 15C e foi este resfriamento um dos principais fatores  para a ocorrência do nevoeiro. Barbacena, na zona da mata mineira, também registrou a neblina, nome popular do nevoeiro. A visibilidade às 7 horas no aeroporto era de 200 metros. Em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, a visibilidade era de 900 metros. Em Passo Fundo, a visibilidade às 8h era de 100 metros. O nevoeiro é identificado com redução de visibilidade horizontal abaixo de 1000 metros e é formado por minúsculas gotículas de água. Quando ocorre o nevoeiro, o nível de umidade no ar está muito próximo dos 100%. Excesso de umidade e resfriamento do ar são as causas mais comuns do nevoeiro.