Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recorde de calor em Cuiabá e aumento de umidade no Centro-Oeste

19/07/2011 às 11:10
por Josélia Pegorim

ong>Recorde de calor em Cuiabá e aumento de umidade no Centro-Oeste Cuiabá, capital de Mato Grosso, esquentou ainda mais nos últimos três dias e bateu o recorde de calor no sábado e novamente na tarde de ontem. Segundo o INMET a temperatura máxima nesta segunda-feira, 18 de julho, foi 36,7ºC, superando a marca anterior de 36,4ºC registrada no último sábado, dia 16. Dias com tardes muito quentes e secas são comuns nesta época do ano no Centro-Oeste do Brasil. Apesar das madrugadas amenas, só esfria mesmo quando massas polares conseguem chegar a Região. Na região de Cuiabá e na parte centro-oeste e sul de Mato Grosso e também em Mato Grosso do Sul, há expectativa de entrada de ar polar e resfriamento a partir da noite de quinta-feira que vem. A última massa polar forte que passou sobre Cuiabá foi no início de julho e fez com que a temperatura máxima baixasse para 17,3ºC na tarde de 4 de julho. Foi a tarde mais fria do ano em Cuiabá, até agora. Aumento de umidade Uma grande massa de ar seco inda influencia o Centro-Oeste do Brasil, mas com menor intensidade do que o que vinha sendo observado na semana passada. Houve um aumento de umidade nas últimas 24 horas em várias áreas da Região, o que permitiu até a ocorrência de alguma chuva, o que não é comum nesta época. Algumas áreas de chuva se formaram ontem no noroeste de Mato Grosso. Na região de Juína houve um forte e rápida pancada de chuva na tarde de ontem que deixou um acumulado de 18 milímetros. A passagem de uma frente fria aumentou a umidade no ar em Mato Grosso do Sul e também provocou chuvas fortes em áreas do sul do Estado. Algumas localidades como Ponta Porã e Juti acumularam pouco mais de 40 milímetros de chuva nos últimos dois dias. Ontem choveu cerca de 15 milímetros na região de Itaquiraí e de Ivinhema, 19 milímetros em Amambaí e 10 milímetros em Dourados. Na capital, Campo Grande, não houve registro de chuva, mas o ar ficou menos seco. Durante o fim de semana, a cidade passou várias horas em “estado de atenção”, com níveis de umidade entre 21% e 30%. No último sábado, a umidade relativa do ar baixou para até 21% na região do aeroporto local. Ontem, o menor índice neste local foi de 37%. A partir da próxima quinta-feira, uma nova frente fria deve trazer mais umidade e um pouco de chuva para o Mato Grosso do Sul, para a região de Cuiabá e as áreas a oeste e sul de Mato Grosso.