Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Reservatórios de SP vão baixar mais

11/11/2014 às 12:13
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;">Após seis dias consecutivos de chuva, o tempo secou novamente na região do Sistema Cantareira. Praticamente não choveu desde entre os dias 8 e 11 de novembro, conforme informação do site da Sabesp. O gráfico mostra a quantidade de chuva diária registrada sobre o Cantareira.   O nível dos dois maiores e principais reservatórios para a abastecimento da Grande São Paulo vem mantendo a tendência de queda nos últimos dias. No dia 11 de novembro, o armazenamento no Cantareira era de 11,1% e o Alto Tietê era de 8,0%. Os dois sistemas baixaram 0,2% em relação ao dia 10 de novembro. O total de chuva acumulado sobre o Canteira em 11 dias foi de 61,6 mm, o que corresponde a 38% da média histórica de novembro que aproximadamente 161 mm.   A imagem de satélite da manhã desta terça-feira mostrava toda a região do Cantareira praticamente sem nuvens, o que é representado pelo predomínio do tom preto. Sem a camada de nuvens, o sol forte fica forte o dia todo e evaporação é grande. A evaporação é processo natural de perda de umidade por causa do calor.   Previsão de pouca chuva As previsões para os próximos 10 dias não vão colaborar para o aumento do nível de água das represas de São Paulo. Até a quinta-feira, há chance de pancadas de chuva, mas que tendem a cair em pequenas áreas, de forma aleatória e irregular. Esta forma faz com que chova forte em algumas áreas das represas, em outras a chuva cai fraca e em pode ocorrer de nem chover em alguns locais. As grandes áreas de instabilidade, que provocam chuva generalizada, normalmente acontecem em torno da presença de frentes frias. A próxima frente fria prevista para passar sobre São Paulo será na sexta-feira, 14 de novembro e que poderá provocar chuva forte em várias represas.   Mas esta frente fria se afasta rapidamente e uma massa de ar seco deve predominar entre os dias 15 e 20 de novembro. A chance de chover neste período é baixa o nível das represas vai continuar em queda. Outra frente fria deve passar pelo litoral paulista entre os dias 24 e 25 de novembro aumentando novamente as condições para a chuva generalizada sobre as represas.     Está faltando água no seu bairro, na sua cidade? Dê seu depoimento na campanha SP: vida sem água Você tem preconceito em relação à água de reuso? Quanto precisa chover para encher o Cantareira?