Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ressaca no Sul e no Sudeste. Mar sobe também no Nordeste

22/08/2011 às 19:04
por Andre Madeira

Um c
iclone extratropical que se afasta da costa da Argentina e ainda atua em alto-mar, juntamente com a frente fria que chegou ao Sudeste do Brasil, provocou vento intenso sobre o oceano o que gerou as ondas que chegam à costa do Sul e do Sudeste deixando mar agitado. SUL Nesta terça-feira a agitação marítima diminui nas praias do Sul, mas o mar ainda fica bem agitado com ondas entre 2,5 e 3 metros de altura na costa do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Mar agitado também no litoral paranaense, com ondas chegando a 2 metros de altura. A ondulação do mar passa de sul a sul-sudeste. Na quarta-feira a agitação marítima ainda é significativa. O mar continua com ressaca. A altura das ondas fica entre 2 e 2,5 metros nas praias do Rio Grande do Sul e entre 2,5 e 3 metros nas praias de Santa Catarina e do Paraná. A ondulação do mar é de sudeste. Na madrugada de quinta-feira o mar ainda fica bem agitado nas praias do Sul, mas a tendência no decorrer do dia é de diminuição da altura das ondas. A ondulação do mar passa de sudeste a leste-sudeste. SUDESTE Nesta terça-feira, dia 23 de agosto, o mar tem ondas chegando a 3 metros de altura nas praias do Rio de Janeiro, com ondulação de sul. No litoral de São Paulo a altura das ondas vai de 2 a 2,5 metros chegando a 3metros à noite. Na costa capixaba as ondas ficam por volta de 2 metros de altura com ondulação de sudeste. Na quarta-feira a agitação marítima ainda é significativa. O mar fica com ressaca, com ondas entre 3 e 4 metros nas praias de São Paulo e do Rio de Janeiro, a ondulação do mar vai de sul a sul sudeste. O mar sobe também nas praias do Espírito Santo com ondas chegando a 2,5m de altura. Na quinta-feira a agitação marítima ainda é significativa, mas as ondas já diminuem de tamanho. NORDESTE As ondas formadas pelo vento intenso sobre o oceano influenciam também a costa leste do Nordeste a partir desta terça-feira, com altura entre 1 e 1,5 metros do litoral da Bahia ate a costa pernambucana. Na quarta-feira e na quinta-feira a agitação marítima aumenta, com ondas por volta de 2 metros de altura na faixa litorânea entre Sergipe e a Paraíba.