Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo entra no inverno menos fria

20/06/2011 às 11:34
por Josélia Pegorim

São
Paulo entra no inverno menos fria Depois de várias semanas frias, e até com dias realmente gelados, São Paulo esquentou um pouco no fim de semana. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima no Mirante de Santana na tarde do domingo, 19 de junho, foi de 26ºC, o maior valor neste local, na zona norte da capital desde o dia 11 de junho, quando a máxima foi de 26,7ºC. Desde o início de junho, os paulistanos tiveram apenas três madrugadas com temperaturas mínimas acima da média climatológica que é de 12,2ºC. No dia 4 de junho a mínima foi de 12,5ºC.  No domingo, 19 de maio, a temperatura mínima subiu para 13,1ºC  e nesta segunda-feira, a mínima no Mirante foi de 13,6ºC. Este foi o valor mais alto na madrugada desde o dia 27 de maio, quando a mínima foi de 15,2ºC. A partir do começo da segunda quinzena de maio, várias massas polares com moderada a forte intensidade passaram sobre a Grande São Paulo, trazendo o ar gelado e mantendo as temperaturas baixas.  A média das temperaturas máximas e mínimas registradas em maio no Mirante de Santana ficaram ligeiramente acima dos valores climatológicos, mas maio de 2011 foi mais frio do que maio de 2010. Em junho, o frio aumentou. No Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo, a média climatológica da temperatura mínima (ou valor normal) de junho é de 12,2ºC e da temperatura máxima de 22,1ºC. Em 19 dias, a temperatura mínima ficou acima do valor normal apenas 2 vezes. A temperatura máxima ficou acima do normal 6 vezes. Mesmo assim, até agora, as madrugadas e as tardes paulistanas de junho estão sendo 1ºC mais fria, em média. A "esquentada" que deu no fim de semana e também percebida nesta segunda-feira está associada ao enfraquecimento do ar polar sobre todo o Estado de São Paulo. O aumento da nebulosidade que ocorreu no fim de semana ajudou a reter o calor e impediu que esfriasse muito na madrugada. Inverno começa menos frio Um bloqueio atmosférico está sendo observado sobre o centro-sul do Brasil nesta virada do outono para o inverno. A circulação dos ventos começou a dificultar a passagem das massas polares sobre o Sul do país. Assim, o frio intenso não consegue chegar a São Paulo. Este bloqueio dever persistir por mais 10 dias, mais ou menos. Assim, nos primeiros dias do inverno, São Paulo não terá temperaturas tão baixas como as observadas no período entre 15 de maio e 19 de junho. Até por volta do dia 30 de junho, os ventos frios polares vão chegar a São Paulo, mas com menor intensidade do que nas últimas semanas.