Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo: madrugada de hoje foi a mais fria desde o fim de setembro

18/10/2011 às 11:24
por Josélia Pegorim

ong>São Paulo: madrugada de hoje foi a mais fria desde o fim de setembro Uma forte queda da temperatura vem sendo sentida na Grande São Paulo desde o fim de semana, fazendo quase todo mundo dormir com cobertores. A madrugada desta terça-feira, 18 de outubro, foi a mais fria na cidade de São Paulo desde o fim de setembro. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 13,2 ºC de temperatura mínima no Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista. Não esfriava tanto assim desde o dia 27 de setembro, quando a temperatura baixou para 11,7ºC. Ainda na zona norte, o Campo de Marte registrou até 14ºC ao amanhecer desta terça-feira. Na zona sul da capital, a estação medidora da USP, que fica na região do Zoológico, registrou 13,0ºC de temperatura mínima  e também foi a mais baixa por lá desde 27 de setembro, quando fez 9,4ºC. No aeroporto de Congonhas, em outro ponto da zona sul da cidade de São Paulo, a menor temperatura hoje foi de 14ºC. Noites frias até o fim da semana Para os padrões normais de temperatura em outubro na cidade de São Paulo, o valor de 13ºC registrado na madrugada desta terça-feira foi 3 graus abaixo da média, que fica em torno dos 16ºC. A queda acentuada da temperatura foi provocada por grande massa de polar que entrou na cidade junto a chuva do fim de semana. Esta massa polar veio com força muito acima do normal,  para o que em nacional se observa nesta época do ano. Este ar frio polar continua espalhado pela costa sul e sudeste do Brasil no decorrer da semana e inibe um aquecimento maior, apesar da presença do sol na maior parte do dia. Até o sábado que vem,  os paulistas vão conviver com um frio atípico à noite e no começo da manhã. Na capital, a temperatura mínima até o fim da semana deve ficar entre 10ºC e 13ºC. As tardes vão ficando cada vez mais quentinhas, mas ainda com um calor suportável e agradável para a maioria das pessoas. O calor vai aumentar mesmo só a partir da tarde do sábado que vem. Os ventos frios gerados por esta massa polar continuam sendo sentidos por todo o Estado de São Paulo nos próximos dias e dão a sensação de "friozinho " até em áreas quentes, como o norte do Estado. Sol e tempo seco Para compensar as temperaturas abaixo do normal, o sol vai predominar em São Paulo nos próximos dias. Até o domingo, há possibilidade de chuva leve apenas em áreas do litoral paulista. Na capital e no interior não deve chover.