Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Terça-feira quente em São Paulo

19/01/2015 às 04:40
por Josélia Pegorim

Atua
lizado às 20h10 de 19/1/2015   Ar polar à vista Frente fria traz chuva para os próximos dias As condições para chuva vão aumentar bastante a partir do meio da semana com a chegada de uma frente fria ao litoral paulista na quarta-feira, 21 de janeiro. Esta frente fria será responsável pelo enfraquecimento da alta pressão subtropical do Atlântico Sul (ASAS) que vem mantendo as frentes frias e o ar polar afastados do Sudeste e também dificultando a ocorrência de pancadas de chuva mais frequentes. Durante a tarde e a noite da quarta-feira, 21 de janeiro, os ventos de origem polar começam a entrar em São Paulo ajudando a refrescar o ar, junto com a chuva. A madrugada de quinta-feira, 22, já será muito menos abafada do que a dos últimos dias. Os efeitos da passagem desta frente fria serão sentidos por vários dias sobre São Paulo mantendo as condições para pancadas de chuva mais frequentes. Até o começo de fevereiro outras frentes frias devem passar pelo litoral paulista.    Calor bate novo recorde em São Paulo São Paulo bateu novamente o recorde de calor para 2015. Depois dos 35,7°C da tarde do sábado, 17, nesta segunda-feira a temperatura chegou aos 36,5°C ,segundo a medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo. São marcas bastante elevadas e já estão na lista das cinco mais altas temperaturas registradas em um dia de janeiro. A maior temperatura de janeiro de 2014 no Mirante foi de 35,4°C, no dia 3. As temperaturas registradas nos dias 17, 18, e 19 de janeiro de 2015 estão entre as seis mais altas para janeiro já observadas na cidade de São Paulo. Mas o calor que o paulistano sentiu nesta segunda-feira foi mais além. A temperatura de 36,5°C de 19 de janeiro de 2015 foi a sexta maior temperatura já registrada no Mirante de Santana em 72 anos de medições regulares. Em nota oficial divulgada no domingo, 18, o Inmet informou que a média da temperatura máxima para janeiro de 2015 está em 33,0°C, considerando as medições de 1 a 18 de janeiro. Nos registros históricos oficiais do Mirante de Santana, com medições diárias desde 1943, janeiro de 2014 é o mais quente até agora, com temperatura máxima média de 31,9°C. Confira a lista das cinco maiores temperaturas de janeiro no Mirante, desde 1943 1 - 37,0°C em 20/01/1999 2 - 36,7°C em 19/01/1999 3 - 36,7°C em 21/01/1999 4 – 36,5°C em 19/01/2015 5 - 35,7°C em 17/01/2015 6 - 35,6°C em 18/01/2015   Janeiro mais quente da história Janeiro de 2015 tem uma grande chance de ser o janeiro mais quente da história climática da cidade de São Paulo. O calor continua intenso até quarta-feira, com temperaturas acima dos 30°C. Há uma possibilidade de novo recorde de calor nesta segunda-feira. Porém, a chegada de uma frente fria na quarta-feira, 21, vai provocar chuva mais frequente e injetar ar polar sobre a cidade deixando a temperatura abaixo dos 30°C por alguns dias . Mas os efeitos desta frente fria não vão durar muitos dias. Antes do fim do mês, a temperatura volta a passar dos 30°C   Depois do calor recorde de 36,5°C, nuvens carregadas voltaram a crescer sobre São Paulo provocando pancadas de chuva, com raios e trovões No começo da noite desta segunda-feira, os radares meteorológicos Climatempo-USP registram chuva forte em Santana de Parnaíba, Barueri, Osasco em bairros das zonas oeste  da cidade de São Paulo. Por volta das 19h30, trovoadas podiam ser ouvidas na região da Climatempo, fica na região da Vila Mariana/Paraíso. Às 20 horas as trovoadas continuavam, mas não chovia A chuva não deve se prolongar por muito tempo. Acompanhe a chuva pelos radares Climatempo-USP       Quando esse calor vai terminar? Acompanhe a chuva na Grande SP pelos radares Climatempo-USP Chuva poderá normalizar no Cantareira só em 2017 Saiba como se proteger dos raios!