Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Satélite capta grande queimada em Dourados (MS)

22/08/2013 às 21:17
por Josélia Pegorim

As queimadas agrícolas são comuns nesta época do ano. Agosto costuma ser o auge do fogo nos campos. A prática de atear fogo na vegetação é largamente usada no Brasil pelos agricultores para fazer a limpeza do terreno, para preparar a terra para o novo plantio. As queimadas agora visam o plantio da nova safra o ano que vem. Mas agosto também é pico da seca especialmente no Centro-Oeste. A falta de chuva prolongada deixa o solo e a vegetação ressecada, o que facilita o alastramento do fogo, que algumas vezes sai de controle e atinge reservas florestais. Uma grande queimada pode ser observada nesta quinta-feira, 22 de agosto de 2013, na região de Dourados, no sul de Mato Grosso do Sul. A quantidade de focos de fogo era tão grande que uma densa nuvem de fumaça se formou na região, sendo perfeitamente captada por satélites meteorológicos. A imagem é do satélite ambiental Aqua, operado pela NASA, que através dos sensores MODIS (Moderate-Resolution Imaging Spectroradiometer) captam os focos de fogo. Eles aparecem como pequenos quadrados vermelhos em áreas do sul de Mato Grosso o Sul e também sobre o Paraguai. Note como é grande a concentração de focos na região de Dourados. A fumaça pode ser perfeitamente diferenciada de uma nuvem que estava próxima da queimada.

A chance de chover em Dourados nas próximas 48 horas é baixa. Porém, os ventos devem aumentar  devido a aproximação de uma frente fria, o que vai facilitar a propagação do fogo e o espalhamento da fumaça.