Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Semana será marcada por pancadas de chuva na maior parte do Brasil

21/11/2010 às 08:13
por Fabiana Weykamp

Esta
semana  será marcada por muitas pancadas de chuva na maior parte do Brasil. Além do tempo quente e úmido que predomina nesta época do ano, teremos a passagem de uma frente fria e a formação frequente de áreas de instabilidade sobre o Paraguai, associadas à sistemas de baixa pressão, que avançam para o Brasil. No Sul do país, os maiores volumes acumulados são esperados para o sul, o sudoeste e o oeste do Paraná. Até a sexta-feira, estas regiões paranaenses ficam em alerta para o risco de chuva intensa, acompanhada de descargas elétricas, vento forte e até mesmo possibilidade para queda de granizo. No Sudeste, o acumulado de chuva nesta semana pode passar de 100 milímetros no norte de Minas Gerais. Nas demais áreas de Minas, no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e no norte do Estado de São Paulo, o acumulado de chuva nesta semana deve ficar entre 50 e 100 milímetros. Em todas as áreas do Sudeste há risco para a ocorrência de chuva e de ventos fortes. No Centro-Oeste, depois de um fim de semana com chuva volumosa em Mato Grosso do Sul, no decorrer desta semana as chuvas mais fortes e volumosas devem acontecer em Mato Grosso, em Goiás e no Distrito Federal, onde o volume acumulado deve ficar entre 50 e 100 milímetros na maioria das localidades. Na Região Norte, a chuva será frequente e volumosa no Amazonas, em Rondônia, no Acre, no centro-sul e no noroeste do Pará e no sul do Tocantins. No Amapá e nas demais áreas do Pará e do Tocantins, as pancadas de chuva ocorrem de forma isolada e passageira ao longo desta semana. Na Região Nordeste, as pancadas de chuva mais volumosas nesta semana são esperadas para o centro-sul da Bahia, onde podem passar de 100 milímetros acumulados em algumas localidades. Nas demais áreas da Bahia, no sertão de Pernambuco e no centro-sul do Maranhão e do Piauí, o acumulado esperado fica entre 05 e 30 milímetros. Nas demais áreas do Nordeste não há previsão de chuva significativa.