Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Quando o Cantareira terá alguma chuva forte?

03/10/2014 às 16:53
por Josélia Pegorim

ong> Atualizado em 12/10/2014, às 10h05 O reservatório da Cantareira fechou setembro com menos chuva do que a média histórica. Segundo a Sabesp, o acumulado no mês foi de 66 mm e a média história é de 91,9 mm. Já o Alto Tietê terminou o mês com 103,1 mm, sendo que a média histórica é de 84,5 mm. A média histórica de outubro para o Cantareira é de 130,8 mm, mas até a manhã do dia 12 choveu apenas 0,4 mm. Para o Alto Tietê, a média de chuva deste mês é de 117,4 mm e até o dia 12 de outubro choveu  7,2 mm. O Cantareira e o Alto Tietê são os maiores e os principais reservatórios para a abastecimento de água para a Grande São Paulo. Com a chuva muito irregular, o nível dos dois reservatórios continua baixando. Em 12 de outubro, pela informação divulgada pela Sabesp, o Cantareira estava com 4,8% de reserva de água e o Alto Tietê com 10,5%. O Cantareira e o Alto Tietê baixaram o,2% com relação ao dia anterior. Esta taxa de perda diária vem sendo mantida há vários dias.     Não há expectativa de chuva frequente ou volumosa sobre os reservatórios pelo menos até o dia 19 de outubro. Até lá o Estado de São Paulo terá muito sol e altas temperaturas. O aumento do calor é preocupante, pois aumenta a evaporação natural,  isto é, a perda de umidade por causa do calor. A forte massa de ar seco que voltou a ganhar forte sobre o Sudeste vai dificultar a chegada de mais frentes frias à Região. Entre os dias 13 e 15, uma frente fria deve passar pelo litoral paulista, mas com pouca força. Há previsão de outra frente fria após o dia 18 que deve ter força para provocar chuva generalizada sobre o Alto Tietê e sobre o Cantareira. A animação mostra a previsão de chuva para o Sistema Cantareira para os próximos 15 dias. A área das diversas represas que compõem o Cantareira esta desenhada em roxo. A cor branca indica ausência de chuva.       Acompanhe a crise da água em São Paulo Racionamento começou em Mauá, na Grande SP Por que comprar duas caixas d´água de 1000 litros e se uma é suficiente para abastecer a casa? É o medo de faltar água que está aumentando o consumo de produtos para armazenar e economizar. Alto Tietê: crise continua em 2015 Participe da nossa campanha SP: vida sem água e dê o seu depoimento.