Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Novos recordes de frio em Porto Alegre e Florianópolis. Sul do Brasil volta a registrar frio abaixo de zero

15/07/2010 às 08:54
por Josélia Pegorim

ong>Porto Alegre e Florianópolis registram novos recordes de frio para 2010 A temperatura começa a subir amanhã, mas a sensação de frio ainda será muito grande. A forte massa polar que atua no Sul do Brasil provocou novamente temperaturas muito baixas nesta quinta-feira. Várias localidades dos três estados voltaram a registrar frio abaixo de zero, como ocorreu nos últimos dois dias. No Paraná, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou -5ºC em General Carneiro e -2,5ºC em Clevelândia. Em Santa Catarina, a temperatura chegou aos -4,3ºC em Caçador, -3,9ºC em São Joaquim, -3,7ºC em Curitibanos e -3,1ºC em Joaçaba. A região de Major Vieira e de Urubici registraram -2,0ºC. No Rio Grande do Sul fez -4,9ºC em Cambará do Sul, -1,6ºC em Quaraí, -1,4ºC em Soledade, -1,2ºC em Erechim e -0,9ºC em Bagé. As temperaturas muito baixas e provocaram novamente geadas fortes em muitas áreas do Sul do Brasil, como já era esperado para esta quinta-feira. Nesta quinta-feira, as capitais Porto Alegre e Florianópolis registraram novos recordes de frio para 2010, pelo segundo dia consecutivo. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima hoje em Porto Alegre foi de 2,4ºC, quatro décimos abaixo do valor mínimo de ontem. Em Florianópolis, a temperatura mínima nesta quinta-feira foi de 5,1ºC, superando os 5,4ºC registrados ontem. Em Curitiba, não houve recorde de temperatura mínima até agora, por conta desta forte onde de frio, mas a tarde de quarta-feira foi a mais gelada de 2010 para os curitibanos. A temperatura máxima foi de apenas 10,2ºC. A partir desta sexta-feira, a temperatura sobe em todo o Sul do Brasil. O ar polar continua sobre a Região, mas há expectativa de um grande aumento da nebulosidade já na noite de hoje. As nuvens vão impedir o maior resfriamento do ar na próxima madrugada. Nesta sexta-feira, ainda deve gear no centro-sul do Rio Grande do Sul, onde a madrugada e o amanhecer devem ser praticamente sem nuvens, o que acelera o resfriamento. Volta a chover nas demais áreas do Sul do país. Apesar da previsão de aumento da temperatura, a sensação de frio ainda será muito grande em toda a Região.