Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tarde mais fria do ano nas Capitais do Sul

26/04/2012 às 20:06
por Josélia Pegorim

ong>Tarde mais fria do ano nas Capitais do Sul Um pouco de ar polar, mas principalmente o excesso de nebulosidade e/ou de chuva determinaram dia com pequena variação de temperatura nas três capitais do Sul do Brasil. A tarde desta quinta-feira, 26 de abril, foi a mais fria do ano em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. Em Curitiba, capital do Paraná, a temperatura máxima foi de apenas 17,3ºC, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. O recorde anterior de menor temperatura máxima era de 20,1ºC, em 16 de março. Choveu praticamente o dia todo e em algumas horas com moderada a forte intensidade. O Inmet registrou quase 88 milímetros de chuva acumulados entre 19 horas de ontem e 19 horas de hoje. Em Florianópolis, capital de Santa Catarina, o tempo chuvoso e a presença de ventos frios, de origem polar, foram os responsáveis pela queda da temperatura. A máxima do dia, na medição do Instituto Nacional de Meteorologia, foi de 19,8ºC. O recorde anterior de tarde mais fria era do dia 24 de abril, quando a temperatura máxima foi de 20,9ºC. Entre 19 horas de ontem e 19 horas desta quinta-feira choveu quase 27 milímetros. Na capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, a chuva veio mesmo só depois das 3 horas da tarde. Mas a grande quantidade de nuvens que já existia antes da chuva começar acabou impedindo que o sol aparecesse com força para esquentar o ar. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima nesta quinta-feira foi de 20,8ºC. O recorde anterior era de 20,9ºC, em 24 de abril.   Novos recordes de frio nos próximos dias No fim de semana, novas áreas de instabilidade passam fortes sobre o Sul do Brasil provocando muita chuva. As três capitais da Região Sul vão passar o fim de semana com muitas nuvens, chuva e poucos raios de sol. Além disso, uma massa polar moderada a forte avança sobre a Região espalhando ar frio intenso que vai derrubar a temperatura. Assim, até o fim do feriado prolongado de Primeiro de Maio, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre poderão estabelecer novos recordes de frio, tendo