Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Volta a chover forte sobre o RS

08/10/2014 às 16:53
por Josélia Pegorim

Há 15 dias a população da cidade gaúcha de Uruguaiana, na tríplice fronteira Brasil-Uruguai- Argentina não sentia calor como nesta quarta-feira. O aeroporto local registrava 29°C, às 16 horas. O sol foi mais do que bem-vindo, para ajudar a secar a cidade que foi parcialmente alagada no fim de semana passado devido à cheia do rio Uruguai. Na altura de Uruguaiana, o rio Uruguai estava 12 metros acima do nível normal. Todo o Rio Grande do Sul teve sol e calor nesta quarta-feira, mas o tempo começa a mudar com a chegada de uma nova frente fria. Esta frente fria avança pelo litoral da Argentina e nesta quinta-feira chega ao Uruguai e começa a aumentar a nebulosidade em parte do Rio Grande do Sul.  As condições de vento e de pressão atmosférica em diversos níveis da atmosfera vão fazer com nuvens muito carregadas voltem a crescer entre o Rio Grande do Sul, o Uruguai e Argentina trazendo temporais.     Bloqueio A população do centro-sul e oeste do Rio Grande do Sul deve ficar atenta porque a expectativa de temporais para as próximas 48 horas. Além da chuva forte, há risco de ventania e até queda da granizo. A chuva vai se espalhar e se prolongar sobre o Rio Grande do Sul por vários dias, avançando devagar sobre os demais estados do Sul. A chuva vai cair especialmente sobre o Rio Grande do Sul por causa de uma situação de bloqueio na atmosférica, que vai impedir que o ar polar e as nuvens de chuva da frente fria avancem para o Sudeste e Centro-Oeste.  

Cheia do rio Uruguai

O rio Uruguai está tendo sua segunda cheia em menos de seis meses. Em junho, cidades de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul ficaram debaixo d´água devido ao excepcional volume de chuva sobre os dois estados. A segunda cheia ocorreu com o grande volume de chuva acumulado em setembro, mas particularmente na última semana do mês. Em alguns pontos, o rio Uruguai está 12 metros acima do seu nível normal deixando centenas de pessoas fora de suas casas. A navegação também sofre problemas.

 

 

Confira a entrevista com tenente coronel Edérson Franco, da defesa civil do Rio Grande do Sul.

 

Os mapas mostram a anomalia (diferença em relação à média) de chuva sobre o Sul do Brasil nos últimos meses. Os tons de azul representam mais chuva do que o normal.