Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Volta a chover no Sul do Brasil

03/05/2010 às 07:55
por Josélia Pegorim

Depo
is de um fim de semana com predomínio de sol , o tempo começa a mudar novamente no Sul do Brasil nesta segunda-feira. Desde o domingo, a chegada de uma área de baixa pressão atmosférica sobre o norte da Argentina gerou nuvens carregadas que começam a avançar sobre o Sul do Brasil. Esta área de baixa pressão vai passar sobre a Região nas próximas 24 horas. A nebulosidade aumenta em toda a Região, mas nem todas as áreas terão chuva nesta segunda-feira. A maior preocupação hoje é com o Rio Grande do Sul, onde há risco de fortes pancadas de chuva que poderão também vir acompanhadas de rajadas de vento superiores a 50 km/h. As pancadas de chuva começam já pela manhã nas localidades próximas da fronteira com a Argentina. No decorrer do dia, as nuvens carregadas avançam de oeste para leste, cruzando o Rio Grande do Sul, mas de forma relativamente lenta. Assim, na Grande Porto Alegre, onde o dia amanheceu com nevoeiro e má visibilidade, só deve chover durante a noite. A partir da tarde, estas áreas de instabilidade devem provocar pancadas de chuva e raios, com possíveis rajadas de vento em áreas do centro-oeste de Santa Catarina, incluindo localidades do planalto e do oeste do Estado, que sofreram com chuva forte na semana passada. A chuva de hoje não será volumosa como anteriormente. Em Florianópolis, no litoral e no vale do Itajaí, a nebulosidade aumenta no decorrer do dia, mas o sol predomina e a chance de alguma chuva hoje ainda é baixa. No Paraná, a quantidade de nuvens também aumenta no decorrer desta segunda-feira, mas o sol predomina no Estado. Por enquanto, só há expectativa de pancadas de chuva a partir da tarde para localidades no oeste e sul do Paraná. A Grande Curitiba amanheceu a segunda-feira com nevoeiro e má visibilidade e ainda não deve ter chuvas nesta segunda-feira. As duas imagens de satélite abaixo ilustram a evolução e o deslocamento da nova área de instabilidade. A primeira imagem corresponde a situação de 1h45 desta segunda-feira, pelo horário de Brasília, onde já se pode notar um grande aumento de nuvens sobre o Sul do Brasil. A segunda imagem corresponde a situação de 1h45 do domingo, pelo horário de Brasília, e mostra o início da formação da instabilidade sobre o norte da Argentina.