Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Will Power ganha a primeira etapa da Fórmula Indy

15/03/2010 às 12:41
por Redação

O australiano ganhou a SP Indy 300 seguido de Ryan Hunter-Reay e Vitor Meira e comemorou com leite
A primeira edição da São Paulo Indy 300, que abriu a temporada 2010 da categoria foi um show de velocidade e fez com que a cidade se destacasse ainda mais no automobilismo. Daniela Mercury e Ed Motta cantaram os hinos do Brasil e dos Estados Unidos e as arquibancadas estavam lotadas, ao todo eram mais de 40 mil pessoas assistindo à prova no Anhembi. Mas quem brilhou e ganhou o ponto mais alto no pódio foi o australiano, Will Power da Peske. Esta foi a segunda vitória do piloto na categoria, "Um bom resultado como este sempre dá mais confiança para o restante do ano. É a melhor maneira de começar uma temporada" afirmou. O calor na região do Anhembi passava dos 30 graus e as nuvens se aproximavam, indicando a forte chuva que estava por vir. Logo no início, dois acidentes indicaram bandeira amarela, um causado por Takuma Sato e outro entre Mario Moraes e Marco Andretti. Os imprevistos forçaram Sato, Moraes e Andretti abandonarem a prova. Quando a prova recomeçou, muitos pilotos já tinham passado pelo pit stop, entre eles Helio Castroneves que realizou quatro paradas para reparos na dianteira devido aos danos causados pela batida. Dario Franchitti mantinha a pole, e logo atrás vinham Alex Tagliani, Will Power, Ryan Hunter-Reay e Tony Kanaan. Depois de algumas voltas, Kanaan mantinha o quarto lugar até se envolver num acidente com Dan Wheldon e Alex Tagliani o que fez com que o piloto brasileiro retornasse à pista com uma volta de desvantagem. Nesse momento da prova, a chuva começava a cair e a troca de pneus favoreceu Mario Romancini, que aparecia em quinto. Perto da 34ª volta a direção da prova optou por acionar a bandeira vermelha por causa da forte chuva, a paralisação durou cerca de 40 minutos. Com o fim da chuva e o asfalto relativamente seco, os carros voltaram a pista com novos pneus. Nesse instante, Vitor Meira, Helio Castroneves e Bia Figueiredo estavam entre os Top 10. Com a bandeira verde, entre as primeiras posições estavam Hunter-Reay, Raphael Matos, Ryan Briscoe, Will Power e Vitor Meira. Na 46ª volta Power fez com que Mario Romancini abandonasse a sua estréia na Indy ao bater no muro e depois de mais três voltas Ryan Briscoe e Hunter-Reay realizavam uma briga emocionante pela liderança, a pole de Briscoe foi interrompida por um acidente causado pelo seu principal rival. A cinco voltas do final da prova, Will Power brigava com Hunter-Reay pelo primeiro lugar seguido de Vitor Meira que ultrapassou Raphael Matos. Na 57ª volta, o australiano da Penske superou o carro da Andretti Autosport e cruzou a linha de chagada. “Foi a corrida mais cheia de alternativas da qual já participei, mas foi ótimo" disse Power. O brasileiro Vitor Meira, que conseguiu o terceiro lugar no pódio estava orgulhoso do resultado "Nós somos uma equipe pequena. Mesmo o Raphael Matos, que chegou em quarto, corre por uma equipe que está crescendo. Nós conseguimos brigar pela vitória. Em outras categorias isso seria muito difícil de acontecer" afirmou e elogiou o trabalho realizado durante a madrugada de sábado para domingo "Impressionante o trabalho que fizeram esta noite”. Entre os Top10 ficaram três brasileiros além de Vitor Meira. Raphael Matos em quarto, Helio Castroneves conseguiu a nona posição e Kanaan fechou em décimo que se surpreendeu com a reação da torcida “Estou bem feliz porque o público aqui foi incrível comigo. Eles levantavam e me aplaudiam toda a vez que passava na reta dos boxes, independente da posição que eu estava. É de arrepiar mesmo”. A estreante Bia Figueiredo, concluiu o circuito e fechou na 13ª colocação “Estou muito feliz por ter terminado a corrida. Esse foi uma final de semana maravilhoso. Deu pra sentir a grandiosidade dessa prova, com as arquibancadas lotadas e o público gritando o nome dos pilotos” contou a piloto. No pódio, a comemoração foi a base de leite, uma tradição nas corridas da Fórmula Indy. A caixinha utilizada por Power neste domingo será autografada e posteriormente leiloada, os ganhos serão doados para uma instituição assistencial. A próxima etapa, também em circuito urbano, acontece em São Petesburgo, na Flórida, no dia 28 de março. Confira o resultado da São Paulo Indy 300: 1-) Will POWER (AUS/Team Penske) - 61 voltas em 2h00s58 2-) Ryan HUNTER-REAY (EUA/Andretti Autosport) - a 1s8581 3-) Vitor MEIRA (BRA/A.J.Foyt) - a 9s7094 4-) Raphael MATOS (BRA/Luczo Dragon/ De Ferran) - a 10s4235 5-) Dan WHELDON (GBR/Panther Racing) - a 10s8883 6-) Scott DIXON (NZL/Ganasi) - a 11s3473s 7-) Dario FRANCHITTI (ESC/Ganasi) -a 12s.0579 8 -) Mike CONWAY (GBR/Dreyer & Reinbold Racing ) - a 12s1654 9-) Helio CASTRONEVES (BRA/Penske) - a 12s7411 10-) Tony KANAAN (BRA/Andretti) - a 12s.4850 11-) Justin WILSON (GBR/Dreyer & Reinbold Racing) - a 13s9193 12-) Ernesto J. VISO (VEN/KV Racing) a 16s9039 13-) Bia FIGUEIREDO (BRA/Dryer & Reinbold Racing) - a 19s6451 14-) Ryan BRISCOE (AUS/Penske) - a 1min14s9191 15-) Danica PATRICK (EUA/Andretti Autosport) - a 1 volta 16-) Simona DE SILVESTRO (SUI/HVM Racing) - a 3 voltas 17-) Mario ROMANCINI (BRA/Conquest) - a 15 voltas 18-) Alex LLOYD (GBR/Dale-Coyne Racing) - a 31 voltas 19-) Alex TAGLIANI (CAN/FAZZT Race Team - a 33 voltas 20-) Hideki MUTOH (JPN/Andretti) - a 34 voltas 21-) Mika DUNO (VEN/Dale-Coyne Racing) - a 41 voltas 22-) Takuma SATO (JPN/KV Racing) - a 61 voltas 23-) Marco ANDRETTI (EUA/Andretti) - a 61 voltas 24-) Mario MORAES (BRA/KV Racing) - a 61 voltas