ALERTA

1 notificações

Balanço do verão 2016/2017 em SP

21/03/2017 às 22:27
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Confira os recordes da estação no estado

O verão 2016/2017 teve chuva e temperatura acima da média na maioria das regiões do estado de São Paulo. Foi o que revelou o balanço da estação feito pelo Instituto Nacional de Meteorologia. O verão de 2016/2017 começou no dia 21/12/2016 e terminou no dia 20/0/2017.

O mapa mostra a distribuição dos totais de chuva registrados nos estados de São Paulo e de Mato Grosso do Sul durante o verão 2016/2017. Os maiores acumulados de precipitação (acima de 700 mm) foram registrados nas regiões da Alta Mogiana, Grande São Paulo e Baixada Santista.

 

 

 

Eventos de chuva intensa na estação

 

Um dado interessante é que a última frente fria do verão 2016/2017, e a mais forte, que influenciou o estado de São Paulo entre os dias 17 e 19 de março, foi responsável pelos maiores volumes de precipitação em 24h durante o verão.

O maior acumulado de chuva em 24h no estado no verão 2016/2017 foi registrado em Iguape, no litoral sul, que teve 208,2 mm entre 9h do dia 17 e 9h do dia 18 de março de 2017.

Outro evento de chuva intensa marcante foi o que ocorreu em meados de janeiro na cidade de São Paulo, quando a estação meteorológica do Mirante de Santana acumulou 115,0 mm da madrugada de 16 de janeiro de 2017. Pelo histórico de dados do Instituto Nacional de Meteorologia, este foi o maior volume em 24 horas para um mês de janeiro em 68 anos, desde 12/01/1949. Considerando-se todos os meses, foi também a maior chuva em 24 horas desde maior de 25/05/2005, quando choveu 140,4 mm.

 

Confira os maiores volumes de chuva em 24h, as maiores rajadas de ventos, as maiores e as menores temperaturas registradas pelo INMET no estado de São Paulo, no verão 2016/2017.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Balanço do verão 2016/2017 na cidade de São Paulo

 

Na cidade de São Paulo, o verão 2016/2017 teve um total de precipitação ligeiramente acima da média histórica. A média das temperaturas máximas e das mínimas também ficou um pouco acima dos valores médios de referência.

O total de chuva registrado, 756,1 mm, ficou muito distante do recorde histórico de chuva em um verão que é de 1142,9 mm do verão de 1995/1996.

Confira o balanço da chuva e da temperatura na capital paulista no verão 2016/2017, considerando-se como referência histórica o período de 1961 a 2017.

 

  • Total de chuva: 756,1 mm (34,0 mm acima da média histórica que é de 722,1 mm)

  • Maior chuva em 24h: 115,0 mm em 16 de janeiro (15% de todo o volume de chuva registrado no verão)

  • Maior temperatura: 34,7 °C em 19 de fevereiro

  • Temperatura máxima média: 29,4 °C (1,4°C acima da média histórica que é de 28,0°C)

  • Menor temperatura: 15,5 °C em 19 de março

  • Temperatura mínima média: 19,6°C (0,7°C acima da média histórica que é de 18,9°C

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

21°
max

0mm / 0%