Arquivo da Categoria ‘Ar Seco’

+ aumentar e diminuir fonte -
Rio esquentando!
quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Após os dias com céu mais carregado de nuvens, o sol volta com força graças ao ar seco que começa a afastar o ar úmido da região do Grande Rio.

As imagens do satélite meteorológico mostram, nos tons em marrom, o ar seco ganhando força e afastando as áreas em verde que indicam um ar mais úmido.

Segundo informações do aeroporto internacional Tom Jobim, a temperatura mínima já subiu 1°C com relação ao registrado na terça-feira (22).

Mais sol e muito mais calor

Na sexta-feira (24) o sol vai aparecer ainda mais forte. O carioca vai sentira bastante calor, a máxima já volta a passar dos 30°C. No sábado (25) as pancadas de chuva também voltam, mas principalmente entre o final da tarde e o início da noite. O sol vai aparecer forte e vai fazer muito calor.

No domingo (26) a nebulosidade aumenta e há previsão de chuva a qualquer momento. As temperaturas seguem mais altas o que favorece a sensação de abafamento no ar.

Mais sol e mais calor para São Paulo
quinta-feira, 23 de outubro de 2014

A quinta-feira (23) começou com um nevoeiro que até pode “assustar” as pessoas. Mas o dia será de muito sol na cidade de São Paulo, afinal já dizia o ditado: “Neblina de baixa é sol que racha…” O ar seco começa a ganhar força pelo interior como mostra as imagens do satélite meteorológico, a nebulosidade tende a diminuir e com o maior período com sol o calor começa a voltar.

A tendência é de que o ar seco se espalhe até mesmo para as áreas do leste do Estado de São Paulo incluindo a capital paulista. O sol já apareceu ao longo da manhã em algumas áreas da cidade de São Paulo, essa condição já refletiu no aeroporto de Congonhas onde a temperatura mínima já foi 1°C mais quente do que na quarta-feira (22) e os ventos já passaram a soprar de norte.

Chuva volta no fim de semana

A sexta-feira (24) terá muito sol a temperatura sobe ainda mais. Há o risco de pancadas de chuva por conta da chegada de umidade vinda do mar. De forma pontual, pode chover forte.

Entre o sábado (25) e o domingo (26), um sistema de baixa pressão atmosférica se posiciona ao largo da costa do Estado paulista e vai organizar áreas de instabilidade. Ambos os dias começarão com muitas nuvens e a tendência é de chuva ao longo da tarde e da noite.

A primeira semana de novembro promete trazer mais chuva para o Sudeste e Centro-Oeste. O meteorologista César Soares comentou no Climatempo News.

Frente fria para no sul da Bahia
quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Uma frente fria chegou ao sul da Bahia, mas não tem força para avançar mais sobre a Região. A presença desta frente fria provocou chuvas de fraca a moderada intensidade em áreas do sul da Bahia. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou entre 19h do dia 21 e 19h do dia 22 de outubro, 24 mm de chuva acumulados em Porto Seguro e 10 mm em Uma. Outras áreas no sul baiano acumularam de 1 a menos de 10 mm.

Esta frente fria tende a se afastar para alto-mar nas próximas 24 horas.

Uma massa de ar seco vai predominar sobre o Nordeste nos próximos dia fazendo com que grande parte da Região fique com pouca nebulosidade e sem condições para chuva.

 

Calor, sol forte e tempo seco predominam também em Caicó, no interior do Rio Grande do Norte. Foto de Avaron, em 20 de outubro de 2014

 

Pancadas de chuva com raios, com moderada a forte intensidade, poderão ocorrer nesta quinta-feira no interior do Maranhão, do Piauí e no oeste da Bahia.

 

O mapa mostra a estimativa de chuva para o Nordeste até o dia 27 de outubro. Os tons em vermelho-terra indicam baixos volumes de chuva.

37°C em São Paulo rumo ao recorde histórico de calor
sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Atualizado em 17/10/2014 às 13h10

O dia começa com sol forte em toda a Grande São Paulo. Poucas nuvens se formam no céu por conta do predomínio do ar seco e quente que persiste devido a presença de um bloqueio atmosférico.

O calor já chegou dos 37°C no Aeroporto do Campo de Marte na Zona Norte da Capital.O recorde histórico de calor na cidade de São Paulo pode ser batido ainda nesta sexta-feira. O recorde absoluto de calor é 37°C no dia 20 de janeiro de 1999.

Confira no gráfico a evolução da temperatura e da umidade relativa do ar às 11h da manhã ao longo desta semana no aeroporto de Congonhas.

Veja também a evolução da temperatura ao longo do dia no aeroporto do Campo de Marte na Zona Norte da capital.

A imagem do satélite meteorológico mostra o ar seco ganhando força. Os tons em marrom representam o ar seco e em verde um ar mais úmido.

Com essa condição a qualidade do ar segue ruim. Segundo o fechamento de quinta-feira (16) da CETESB, 5 estações registraram qualidade do ar muito ruim e 7 tiveram registros de ruim. Apenas duas estações tiveram qualidade do ar boa, são elas: Cerqueira César na Zona Norte e a do Parque D. Pedro II na Zona Oeste.

Com o predomínio de sol forte e poucas nuvens, além dos ventos de norte que trazem um ar mais quente, as temperaturas sobem rápido. Faz muito calor, tanto que há chances da maior temperatura de 2014 ser ultrapassada. O recorde atual de maior temperatura de 2014 em São Paulo, aconteceu no dia 07 de fevereiro quando a estação convencional do INMET no Mirante de Santana (Zona Norte) registrou 36,4°C.

Quando volta a chover em São Paulo?

No domingo (19) uma frente fria se aproxima de São Paulo. Há o risco de pancadas de chuva ao longo da noite e a segunda-feira (20) já começa com tempo instável e chuva a qualquer momento. A temperatura cairá por volta de 10°C na maior temperatura do dia, ou seja, não fará tanto calor quanto o que registramos nos últimos dias.

Leia também: Quando o calor vai terminar?

Fugindo do calor
quinta-feira, 16 de outubro de 2014

por Patrícia Pinheiro

A semana foi bem quente em quase todo o Brasil, algumas cidades atingiram recordes de calor. No Rio de Janeiro as temperaturas chegaram aos 41.6°C nesta segunda-feira, 13, São Paulo atingiu os 35,9°C e várias outras cidades do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste tiveram dias com temperaturas bem altas!

O tempo seco também predominou em grande parte do país!

Foi pensando nisso e na expectativa pela chegada da chuva para diminuir o calor que aflige a maior parte de nossas Regiões, que a 27ª edição do Fotografe o Tempo escolheu a hashtag #querosombra.

E, conforme prometido, escolhemos 5 fotos vencedoras de mais um desafio, confira se a sua foto está aqui!

Gostou?

Se a sua foto não está aqui, não desanime! Fique ligado que logo mais teremos outro desafio #fotografeotempo para você!

E lembre-se, você pode nos enviar fotos o tempo todo pelas redes sociais com a hashtag #fotografeotempo ou em nosso portal, na área “Participe”.

Qual a maior temperatura registrada no Brasil?
quarta-feira, 15 de outubro de 2014

O calor e a secura do ar da segunda quinzena  de outubro de 2014 certamente vão entrar na lista de eventos meteorológicos especiais de muitos meteorologistas.

Para quem analisa temperaturas diariamente, como os previsores do tempo, impressiona não só a quantidade de cidades brasileiras que registraram temperaturas muito elevadas, acima dos 40°C, mas a persistência do calor extremo, por muitas horas consecutivas.

A lista de cidades onde a temperatura tem chegado aos 40°C vem aumentando desde o domingo, 12 de outubro.

15 de outubro: 21 cidades

14 de outubro: 15 cidades

13 de outubro: 14 cidades

Confira as cidades onde a temperatura foi igual ou superior a 40,0°C em 15 de outubro de 2014, pela medição de estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia

 

 

A maior temperatura oficialmente registrada no país até agora foi de 44,7°C na cidade de Bom Jesus, no Piauí, em 21 de novembro de 2005, pelo Inmet.

Veja as mais altas temperaturas já registradas no Brasil por órgãos oficiais.

 

O nível de umidade do ar também está muito baixo e impressionando. Nesta quarta-feira, 14 de outubro de 2014, baixou para 9% em Ibotirama, no interior da Bahia.

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou umidade relativa do ar igual ou menor do 15% em 87 cidades que possuem estações meteorológicas automáticas.

 

Quando o calor vai terminar?

Falta de nuvens, de chuva, de ventos e de ar polar, além do sol mais forte e persistente estão fazendo com que as temperaturas fiquem muito elevadas no Brasil esta semana. Ainda que outubro seja um mês de calor intenso, onde temperaturas de 40°C são até comuns, o que ocorre esta semana é uma onda de calor. Até o domingo ou segunda-feira, dia 20 de outubro, ainda poderemos ter calor extremo em vários locais do país.

Mas vem vindo aí uma grande frente fria associada a uma forte massa polar, que vai mudar o tempo completamente. Confira!

Cuidado com a desidratação, que não é necessariamente desmaiar por aí! A sua boca seca é um sinal de atenção, “amarelo” para a falta de água no corpo.

Confira a entrevista com o dr. Sergio Vaisman

 

Mesmo úmido, ar segue ruim em São Paulo
quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A quarta-feira (15) começou com sol e algumas nuvens no céu de São Paulo. A nebulosidade não encobre completamente o sol, mas não deixa a temperatura subir tanto quanto no início da semana. No aeroporto de Congonhas a menor temperatura registrada na manhã foi de 19°C, na segunda-feira (13) fazia 24°C no mesmo horário de medição.

As imagens do satélite meteorológico mostram a chegada de um ar um pouco mais úmido nos tons em verde. Esse ar é proveniente do ar, o que ajuda a não deixar a temperatura subir tanto.

A umidade presente no ar também aumentou, mas a qualidade do ar não melhorou na Região Metropolitana de São Paulo.

Segundo o resumo da CETESB duas estações tiveram qualidade do ar péssima registrada. São elas: Cidade Universitária (Zona Oeste) e no Ibirapuera (Zona Sul). Nenhuma estação teve qualidade do ar boa para respirar segundo o fechamento da CETESB.

Medidor de rua registra qualidade do ar péssima - por Caio Jorge Rumam Zona Oeste - São Paulo/SP

Mais calor e menos chuva para a Grande SP

Para aqueles que já estão sentindo falta das temperaturas acima dos 30°C, o calorão estará de volta! Já a partir da quinta-feira (16) a nebulosidade se afasta de São Paulo e o sol brilhará forte. A temperatura sobe rápido e novamente as temperaturas máximas ficarão acima dos 30°C, ou seja, teremos temperaturas máximas acima da média climatológica para o mês de outubro que é de 24,8°C.

Somente no domingo (19) que a aproximação de uma frente fria pelo sul do país vai favorecer a organização de áreas de instabilidade e provocar algumas pancadas de chuva localizadas. As pancadas devem acontecer principalmente pela tarde e pela noite. O sol ainda irá predominar pela manhã e pela maior parte da tarde.

BH: Rumo ao novo recorde de calor
terça-feira, 14 de outubro de 2014

O ar seco e quente predomina sobre o Estado de Minas Gerais. Poucas nuvens conseguem se formar, o que favorece a entrada dos raios solares e a temperatura sobe muito rápido em diversas cidades, inclusive na capital.

O aeroporto internacional da Pampulha registrou temperatura de 36°C às 14h. A estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou a maior temperatura até às 14h no valor de 35,6°C. Lembrando que o recorde oficial de calor no ano de 2014 na estação convencional do INMET é de 34,6°C registrado no dia 10 de janeiro.

O ar segue extremamente seco! O aeroporto da Pampulha chegou a valores de 12%.

Mais calor e pouca chuva

O ar seco ainda persiste sobre grande parte de Minas Gerais. Na quarta-feira (15) algumas áreas de instabilidade vão provocar pancadas de chuva de forma rápida e localizada. Já na sexta-feira (17) o ar seco volta forte e impede a ocorrência de chuva que só deverá voltar de forma mais abrangente na semana do dia 21 de outubro, com a passagem de uma frente fria.

Recorde de calor em Campo Grande-MS
terça-feira, 14 de outubro de 2014

O forte bloqueio atmosférico favorece o calor extremo no Estado de Mato Grosso do Sul. Na segunda-feira (13) o recorde de maior temperatura de 2014 foi batido na capital, Campo Grande. Os registros chegaram aos 39,5°C, e agora estamos caminhando para um novo recorde. A estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou às 13h da terça-feira (14), temperatura de 39,8°C. No aeroporto a temperatura chegou aos 40°C.

Mais calor e menos chuva

Os próximos dias serão de predomínio do ar seco e quente sobre Mato Grosso do Sul. Somente no sábado (18) há o risco de algumas pancadas de chuva de forma rápida e localizada entre a tarde e a noite. O sul do Estado terá mudanças nas condições do tempo devido a passagem de uma frente fria que vai organizar áreas de instabilidade, mas isso apenas no domingo (19).

Para fugir do calor
segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Por Patrícia Pinheiro

A semana está bem quente em quase todo o Brasil, algumas cidades atingiram recordes de calor e o tempo seco também continua.

No Rio de Janeiro as temperaturas chegaram aos 41.6°C nesta segunda-feira, São Paulo atingiu os 35,9°C e várias outras cidades do Sudeste e Nordeste tiveram um fim de semana com muito calor!

A expectativa pela chegada da chuva para diminuir o tempo seco e o calor que aflige a maior parte de nossas Regiões é grande, e o que a 27ª edição do Fotografe o Tempo quer é que você mostre a sua fuga do sol, aquela sombra que te abriga nos dias ensolarados.

Participar continua fácil, é só seguir os seguintes passos:

1º Fotografe a sombra que te salva nos dias quentes

2º Publique no seu instagram

3º Coloque as hashtag’s #querosombra e #fotografeotempo

4º Marque @climatempo na sua foto

E pronto, você já está participando!

Se você não tiver Instagram, não se preocupe. É só seguir todos os passos e publicar sua foto em uma de nossas redes sociais ou em nosso portal, na área “Participe”.

Você pode nos enviar várias fotos e quem sabe ela não vira destaque no site da Climatempo e em nossas redes sociais!

Fique ligado! O resultado sai na quinta-feira, 16 de outubro!