Arquivo da Categoria ‘Rio de Janeiro’

+ aumentar e diminuir fonte -
Tempo firme no Rio de Janeiro
terça-feira, 19 de agosto de 2014

Após uma segunda-feira com muitas nuvens na capital fluminense, a terça-feira não terá muitas mudanças. Com nebulosidade variando ao longo do dia, o sol deve aparecer, mas sem forte intensidade. Apesar de as madrugadas ainda seguirem com temperaturas mais baixas, não faz mais tanto frio quanto na semana passada. Os ventos passam a soprar de norte e transportam um pouco de ar quente para a região. A queda da temperatura ainda ocorre, mas de forma mais fraca.

Na quarta-feira, o sol já aparece um pouco mais e a temperatura sobe gradativamente ao longo do dia, mesmo com madrugada e começo de manhã de temperaturas mais baixas. Na quinta, apesar da presença de névoa no início da manhã, ao longo das horas o ar volta a ficar mais seco e a sensação já vai ser de calor. O mar fica um pouco agitado até sexta-feira, mas nada próximo à ressaca.

A partir de sexta-feira, e também durante o fim de semana, o tempo abre de vez e a temperatura sobe ainda mais. O sol vai brilhar forte e as temperaturas ficam acima de 30º C. Ou seja, as praias deverão ficar lotadas.

Atenção: Semana seca no Brasil
segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O ar seco vai ganhar força ao longo desta semana na maior parte do Brasil. Confira mais detalhes com a meteorologista Bianca Lobo.

Mais sol e menos frio
sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Há mais de um ano o cariocas não sentiam tanto frio como na tarde da última quinta-feira, 14. Isso porque a capital bateu recorde de menor temperatura máxima, registrando apenas 19,1º C. Mas os moradores do Grande Rio – e também os turistas – não irão sentir tanto frio assim nos próximos dias.

A sexta-feira começou o dia com sol, um pouco de céu azul e temperaturas mais elevadas. A nebulosidade, que já aumentou um pouco e as temperaturas sobem ao longo do dia, mas ainda ficam amenas.

O sábado pode começar com névoa, o sol irá predominar e quem estiver em terras fluminenses poderá até vestir um casaco mais leve, pois as temperaturas se elevam gradativamente. Não será um dia de calor para o carioca, mas aquela sensação de frio intenso vai diminuir e o dia fica mais agradável, principalmente estando em contato com o sol.

No domingo, áreas de instabilidade chegam no Grande Rio e a nebulosidade aumenta novamente. A partir do meio da tarde tem condições pra chuva fraca e a temperatura volta a diminuir, em relação ao sábado.

Rio com chuva e recorde de frio
quinta-feira, 14 de agosto de 2014

A frente fria que chegou ao Sudeste na quarta-feira (13) trouxe mudanças no tempo para o Estado do Rio de Janeiro. Os volumes de chuva aumentaram em diversas áreas. Segundo o Alerta Rio ligado à prefeitura do Rio de Janeiro foram acumulados nas últimas 24 horas quase 113 mm no Alto da Boa Vista, 68,2 mm na Rocinha, 65,4 mm no Jardim Botânico e 51,8 mm na Estrada Garajaú/Jacarepaguá. Os acumulados são elevados levando em consideração as médias climatológicas para o mês de agosto no Sudeste, que são baixas devido a persistência de sistemas de alta pressão atmosférica durante o inverno.

Imagem de satélite do canal do infravermelho

 

Acumulado de chuva entre as 10h do dia 13/08 e 10h do dia 14/08

O ar polar encontrou condições favoráveis para também provocar queda nas temperaturas no Estado do Rio de Janeiro. Na manhã da quinta-feira (14) as temperaturas em Friburgo estavam por volta dos 5°C. O aeroporto Santos Dumont começou o dia com apenas 16°C e a tendência foi de queda ao longo das horas seguintes.

A tarde desta quinta-feira, 14 de agosto, foi a  mais fria de 2014 até agora no Rio de Janeiro. Pelas medições oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima na cidade do Rio foi de apenas 19,1°C na estação da Saúde, região portuária da capital. O recorde anterior de menor temperatura máxima era de 20,1°C, em 26 de julho. O recorde de madrugada mais fria deste ano ocorreu no dia 07 de agosto, com a temperatura mínima de 9,4°C, mas este recorde não deve ser batido nesta sexta-feira.

A presença do ciclone extratropical no oceano também favoreceu a agitação do mar. As ondas ficaram próximas dos 3 metros e houve ressaca em algumas praias.

Na sexta-feira (15) as áreas de instabilidade perdem força com o afastamento da frente fria. O sol volta a aparecer, mas sempre acompanhado de muitas nuvens. Há o risco apenas de garoa. O final de semana vai ter um pouco mais de sol, mas as temperaturas ainda vão ficar mais baixas por conta dos ventos de sul. Até mesmo no litoral, o predomínio será de termômetros mais baixos.

Confira como vai ficar o mar nos próximos dias:

Fortes rajadas de vento no Rio de Janeiro
quarta-feira, 13 de agosto de 2014

por Maria Clara Machado

A aproximação de uma frente fria provoca ventos fortes sobre o Rio de Janeiro nesta quarta-feira. No Forte de Copacabana, as rajadas de vento já alcançaram 78 km/h  às 9 horas segundo medições do Instituto Nacional de Meteorologia. A Supervia interrompeu as atividades do teleférico do Morro do Alemão desde o começo da manhã por causa dos ventos fortes e deve permanecer com os serviços suspensos até o início da tarde.

Durante o dia vão ocorrer mais rajadas de vento de moderada à forte intensidade. Há previsão de pancadas de chuva com raios entre o fim da tarde e a noite e que pontualmente podem ser fortes. O sol ainda predominou no começo da manhã no Grande Rio, mas a tendência é do aumento da nebulosidade e as primeiras mudanças no tempo já serão visíveis nas próximas horas.

O mar sobe bastante a partir da tarde em todo o litoral fluminense. Até a sexta-feira (15) o mar fica bastante agitado, com previsão de ressaca. As ondas podem chegar a 3 metros em algumas praias.

Amanhã (14), com a passagem da frente fria e entrada de uma massa polar, as temperaturas terão forte queda em todo o estado. A quinta-feira será úmida com chuva e o frio será sentido ao longo de todo o dia.

Acompanhe as temperaturas no Rio de Janeiro para os próximos dias.

Veja também:

Mar agitado e ressaca no Sul e do Sudeste

Mais duas ondas de frio até o fim do inverno

 

 

 

 

 

Frente fria muda o tempo no Rio nesta quarta-feira
terça-feira, 12 de agosto de 2014

A terça-feira (12) foi marcada por tempo ensolarado no Rio de Janeiro devido à presença de uma forte massa de ar seco. Com a intensificação dos ventos de norte e noroeste, a temperatura subiu bastante e a umidade do ar diminui mais, inclusive na capital. Segundo informações de aeroportos, a temperatura às 14 horas chegou aos 34ºC em Jacarepaguá e no Campo dos Afonsos. Na estação automática do INMET da Vila Militar a umidade relativa do ar chegou a 18% apenas às 15 horas, um valor baixo para qualquer cidade, principalmente para o litoral.

Mas esse calorão todo está com as horas contadas. Já nesta quarta-feira a temperatura diminui com a chegada de uma frente fria, que vai provocar pancadas de chuva a partir da tarde em todo o Estado. Pontualmente, há risco de temporais e há risco de ventania. Na quinta-feira é que o ar polar vai avançar pelo Rio e a temperatura despenca. A queda será que mais de 10 graus em relação à quarta-feira e há possibilidade de bater o recorde de tarde mais fria do ano, com previsão de máxima de apenas 19ºC. A menor temperatura máxima registrada pelo INMET esse ano na cidade do Rio foi de 20,1ºC no dia 26 de julho.

Mar agitado com ressaca nos próximos dias

O mar sobe bastante a partir da tarde de quarta-feira em todo o litoral fluminense. Até a sexta-feira o mar fica bastante agitado, com previsão de ressaca. As ondas podem chegar a 3 metros em algumas praias.

Semana começa com sol e umidade baixa no RJ
segunda-feira, 11 de agosto de 2014

O ar seco volta a predominar sobre o Sudeste do Brasil no início desta semana. O sol já brilha forte no Rio de Janeiro e incentiva a temperatura a subir rápido. Na segunda-feira (12) a umidade relativa do ar já cai bastante em todo o Estado. O tempo aberto favorece a rápida elevação da temperatura e faz calor durante a tarde.

A subsidência do ar seco das camadas mais superiores da atmosfera, ou seja, o ar descendo das camadas mais altas para as camadas mais baixas, inibe a formação de nebulosidade e favorece a queda da umidade relativa do ar ao longo das tardes.

Imagem de satélite do canal do infravermelho realçado

 

No entanto, o tempo seco não ficará por muito tempo sobre o Sudeste. A terça-feira (12) ainda será de sol e calor no Estado do Rio de Janeiro, a umidade relativa do ar pode chegar às faixas de atenção. Já na quarta-feira (13) uma frente fria passará pelo Sudeste e vai organizar nuvens carregadas sobre todo o centro-sul fluminense. Há o risco de temporais principalmente sobre o Vale do Paraíba, Região Serrana e Grande Rio.

Durante a semana as áreas de chuva perdem intensidade e o ar polar começa a predominar. As temperaturas caem bastante ao longo das madrugadas e há a possibilidade de novos recordes de frio.


Confira a previsão completa para toda a Região Sudeste.

Frente fria muda o tempo no Rio de Janeiro
sexta-feira, 8 de agosto de 2014

por Maria Clara Machado

O Rio de Janeiro teve mais uma madrugada gelada nesta sexta-feira (8). Os termômetros caíram abaixo de zero grau em Nova Friburgo na região serrana. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou -1,1°C batendo novo recorde de frio. O anterior era de 0,6°C registrado em 8 de julho. Na cidade do Rio de Janeiro fez 9,5°C na Vila Militar. O recorde de frio na capital foi registrado ontem (7) com mínima oficial de 9,4°C.

Uma frente fria avança para o Rio de Janeiro e o muda o vento de direção durante o dia. A Climatempo alerta para ventos fortes com rajadas de até 70 km/h. Até a noite o céu fica mais carregado e há previsão de garoa.

O sábado (9) ainda vai amanhecer instável com o céu nublado  e condições para chuva fraca em todo o estado. O vento vai levar ar frio para a região, por isso as temperaturas não vão conseguir subir muito. Só no período da tarde voltam a ocorrer alguns períodos de melhoria.  No domingo, Dia dos Pais, o tempo volta a ficar firme com sol e diminuição de nebulosidade. Faz frio ao amanhecer, mas durante a tarde esquenta.

Acompanhe as temperaturas no Rio de Janeiro nos próximos dias!

 

 

 

Recorde de frio no Rio de Janeiro
quinta-feira, 7 de agosto de 2014

O Rio de Janeiro ainda está sofrendo influência de ar polar, que veio acompanhando uma frente fria que passou na terça-feira. O tempo aberto durante a madrugada desta quinta-feira e a presença desse ar polar favoreceram a rápida queda da temperatura ao longo da noite. Com isso o Rio de Janeiro teve a manhã mais fria do ano nesta quinta-feira (07). Segundo medições do INMET, a menor temperatura na cidade foi de apenas 9,4ºC na Vila Militar. O recorde anterior foi de 10,8ºC no dia 21 de julho.

Outras regiões do Estado também amanheceram geladas. Em Campos, na região norte, o dia começou com 13ºC. Em Resende, no vale do Paraíba (região sul) fez apenas 06ºC na manhã desta quinta-feira. Na região serrana, Nova Friburgo registrou 2,6ºC.

A tendência é que as próximas madrugadas sejam menos frias, devido ao aumento da nebulosidade com a passagem de uma frente fria.

Rio de Janeiro: Temperatura sobe aos poucos
quarta-feira, 6 de agosto de 2014

O sol já voltou a aparecer na cidade do Rio de Janeiro nesta quarta-feira (06), após uma terça-feira (05) que começou com chuva com intensidade entre fraca e moderada. O carioca sentiu frio na última madrugada. Segundo informações do aeroporto internacional Tom Jobim, a temperatura chegou aos 13°C. Lembrando que o recorde de menor temperatura mínima de 2014 é de 10,8°C, que foi registrado pelo INMET no dia 21 de julho.

As temperaturas voltam a subir na cidade do Rio de Janeiro ao longo da semana. Pelo menos até a próxima sexta-feira (08), o sol predomina e as máximas já ficam próximas dos 30°C. Porém, uma frente fria passa pelo litoral do Sudeste durante o sábado (09). Ela não é muito intensa, mas provoca um pouco de chuva nas regiões norte e serrana do Estado do Rio. No Grande Rio e nas outras regiões, apesar do aumento de nuvens, não há previsão de chuva. Por causa da maior quantidade de nuvens, a temperatura máxima volta a cair.