Arquivo da Categoria ‘Chuva’

+ aumentar e diminuir fonte -
Volta a chover sobre o PR e SC
quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Um sistema de baixa pressão atmosférica no Paraguai e a presença de uma frente fria que avança pelo litoral da Região Sul favorecem a formação de grandes nuvens carregadas sobre o Paraguai, mas que provocam pancadas de chuva também no oeste dos estados da Região Sul do Brasil.

As imagens do satélite meteorológico mostram nos tons em vermelho e com núcleos amarelos a formação de grandes nuvens que são capazes de provocar temporais.

Temporais generalizados no fim de semana

Nesta quinta-feira, estas áreas de instabilidade vão espalhar mais nuvens sobre o Paraná e sobre Santa Catarina. Os dois estados terão pancadas de chuva principalmente à tarde e à noite que podem ser fortes.

A tendência para a sexta-feira (19) é de que as pancadas de chuva se concentrem também sobre estes estados. No entanto, uma nova frente fria avança sobre o Sul e um novo sistema de baixa pressão atmosférica se forma no Paraguai e vão provocar temporais em toda a Região Sul do Brasil tanto no sábado (20) quanto no domingo (21).

Joinville (SC) teve muita chuva em 25-11-2014, por Roberto Vasconcellos Meira

Joinville (SC) teve muita chuva em 25-11-2014, por Roberto Vasconcellos Meira

Os grandes volumes acumulados de chuva devem provocar alagamentos e extravasamentos de rios. Há o risco de ventania.

O meteorologista César Soares comentou as condições do tempo para todo o Brasil no Climatempo News, confira no vídeo abaixo.

 

Confira a previsão para o verão 2015 na Região Sul

Fotografeotempo! #É tempo de Natal 

Um bom tempo pra você!

Previsão climática para o verão de 2015 no Brasil

Mais temporais no Centro-Oeste
quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Fortes áreas de instabilidade cresceram em diversos locais da Região Centro-Oeste do Brasil, com nuvens muito carregadas que provocaram chuva volumosa e temporais.

Brasília amanheceu estremecida sob os efeitos da tempestade que caiu na noite de terça-feira. Entre 20h e meia-noite choveu 75 mm, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. A chuva foi generalizada sobre o Distrito Federal  causando grandes alagamentos pela capital federal.

 

Temporal da noite de 16-12-2014 deixou Brasília (DF) alagada, por Jean Claude

Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, também teve chuva e raios. Segundo os dados da estação automática do Inmet, em apenas 01 hora, entre 05h e 06h da madrugada desta quarta-feira, 17, no horário de Brasília, foram acumulados aproximadamente 32 mm.  Este volume é muito alto para um curto período de tempo.

Em Guiratinga, no sul de Mato Grosso, choveu 45,6 mm entre 1h e 3h da madrugada, no horário de Brasília. Em Sonora, no norte de Mato Grosso do Sul choveu 32 mm entre 5h e 7h.

 

A formação e persistência destas áreas de instabilidade sobre o Centro-Oeste do Brasil são consequências da atuação  de um sistema meteorológico chamado Alta da Bolívia, muito comum durante o verão.

Nuvens  muito carregadas continuam crescendo sobre o Centro-Oeste e há previsão de mais chuva, e com risco de temporais, nas próximas semanas. O verão começa oficialmente no domingo, 21 de dezembro, com a chegada da uma frente fria ao litoral da Região Sudeste que vai ajudar a manter a chuva sobre o Centro-Oeste.

 

Entenda o que é Alta da Bolívia

Fotografeotempo! #É tempo de Natal!  

Um bom tempo pra você!

Previsão climática para o verão de 2015 no Brasil

SP com pouca chuva
terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Após a recente passagem de uma frente fria pelo litoral paulista, uma fraca massa de ar polar começou a influenciar São Paulo. Este sistema causou uma ligeira queda da temperatura e reduziu a umidade do ar. Menos nuvens se formaram sobre o Estado de São Paulo nesta terça-feira e praticamente não houve registrou de chuva.

Algumas áreas de instabilidade voltam a se formar nesta quarta-feira, mas ainda em pequena quantidade. A maioria das áreas do Estado de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo, tem mais um dia seco, sem chuva, com predomínio de sol. As pancadas de chuva devem ficar restritas ao extremo norte do estado.

 

 

Paulistas, aproveitem o sol, porque a trégua da chuva será curta. Durante a quinta-feira, os ventos mudam e o ar começa a ficar mais quente e mais úmido, o que vai trazer de volta a chuva a partir da tarde.

 

Piracicaba (SP) 24-10-2014 por Raul

A semana termina quente e as condições para chuva aumentam muito no próximo fim de semana com a chegada da uma nova frente fria. O verão começa oficialmente no dia 21 de dezembro, domingo, Às 21h03, pelo horário de Brasília e promete estrear com muita chuva. Confira os comentários da meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

Entenda a Alta da Bolívia que traz chuva no verão

Como será o verão na Região Sudeste?  

Fotografeotempo! #É tempo de Natal!  

É verão! Dias longos e noites curtas!

Chuva alivia situação moradores do interior de SP e MG
terça-feira, 16 de dezembro de 2014

A chuva que caiu nos últimos dias aliviou a situação dos moradores do interior de SP e MG. Mas o quadro ainda é crítico. Confira qual será a tendência do acumulado de chuva para os próximos dias em todo o Brasil.

VCAN provoca chuva forte no Nordeste
terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Atualizado às 19h10 de 16/12/2014

 

Nuvens bastante carregadas cresce em vários locais do litoral e do interior da Bahia provocando chuva forte e volumosa .

 

Jacobina (BA) 16-12-2014 por Cleiton Ferreira

 

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou nesta terça-feira, 16, 111,4 mm de chuva sobre Ipiaú, no leste a Bahia, mas apenas 2 horas, entre 15h e 17h. Esta quantidade de chuva é extremamente elevada para um período de tempo tão curto e suficiente para causar danos e alagamentos. Ainda na Bahia, entre 16h do dia 15 e 16h do dia 16 de dezembro, o Inmet registrou 64,2 mm sobre Ibotirama, 45,4 mm sobre Brumado e 48,6 mm sobre Maraú.

 

A chuva forte aconteceu em parte pela passagem de uma frente fria pelo extremo sul da Bahia e também pela presença de um VCAN na costa do Nordeste. O VCAN (vórtice ciclônico de altos níveis) é uma circulação de ventos especial observada em torno de 10 km de altitude, comum nesta época do ano. Dependo da posição deste vórtice, áreas de instabilidade se formam sobre o Nordeste provocando pancadas de chuva frequentes, muitas vezes de forte intensidade.

A imagem do satélite meteorológico mostra a presença de nuvens carregadas nos tons em azul em várias áreas do Nordeste.

Os ventos nos altos níveis atmosféricos mostram a presença de um sistema de baixa pressão atmosférica que favorece a convergência de ventos úmidos. Esse sistema é conhecido em meteorologia como Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e são capazes de provocar chuva forte que geram grandes volumes em um curto período de tempo.

Ao longo da semana ainda há a previsão de muitas nuvens carregadas e chuva sobre o Nordeste. Há o risco de chuva a qualquer momento sobre o litoral da Bahia pelo menos até a próxima sexta-feira (19). No sábado (20) e no domingo (21) as áreas de instabilidade perdem força devido ao enfraquecimento do Vórtice Ciclônico nos Altos Níveis.

Você sabia que o VCAN do Nordeste é um sistema bastante característico do Verão? Veja os comentários do meteorologista César Soares no Climatempo News!

 

 

Fotografeotempo! #É tempo de Natal!  

Previsão climática para o verão de 2015 no Brasil

 A latitude e o tamanho dos dias no verão

Segunda quinzena de dezembro promete chuva
segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

A passagem de frentes frias pelo litoral do Sudeste  e a circulação de ventos nos níveis médios e altos da atmosfera permitiram a formação de muitas áreas de instabilidade sobre o Brasil na primeira quinzena de dezembro. Temporais ocorreram em todas as Regiões, mas com maior frequência sobre o Centro-Oeste, parte do Norte e do Sudeste.

 

Campo Grande (MS) por Ardjuna Nunes Miranda

E muitas áreas do país, o volume de chuva acumulado em apenas 15 dias de pancadas de chuva frequentes ficou entre 100 e 150 mm. São volumes elevados, porém, a média histórica de chuva em dezembro é alta em grande parte do país, estando entre os três mais chuvosos do ano.

 

De forma geral, a chuva de dezembro ainda está abaixo de média climatológica em grande parte do Brasil, mas a chuva continua. Há possibilidade de formação de uma ZCAS para iniciar o verão, que começa oficialmente em 21 de dezembro, às 21h03, pelo horário brasileiro de verão. Confira as explicações da meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

Entenda o que são os sistemas atmosféricos de verão Alta da Bolívia e VCAN 

Como será o verão na Região Sudeste?  

Fotografeotempo! #É tempo de Natal!  

Previsão climática para o verão de 2015 no Brasil

 

 

 

Ar seco e mais calor no RJ
segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Atualizado às 16h50 em 15/12/2014

A terça-feira será mais um dia de sol forte e  com temperatura em elevação no Grande Rio. Embora o dia amanheça fresco, a tarde já será quente. A chance de chuva é pequena, uma vez que poucas nuvens se formarão devido a influência de uma massa de ar relativamente seca.

O sol brilha forte na cidade do Rio de Janeiro e também nas demais áreas do Estado do Rio, que também ficam sem chuva.

As imagens do satélite meteorológico mostram a presença de um ar com pouca umidade nos tons em marrom. Não há a presença de sistemas meteorológicos que tragam umidade para todo o Estado do Rio de Janeiro.

Temperatura em elevação

A recente passagem de uma frente fria provocou chuva e aliviou o calor no Estado do Rio. O calor da semana passada incomodou! A temperatura já está em elevação novamente e até o fim da semana as tardes vão ficando cada vez mais quentes. Para termos uma ideia, o aeroporto do Campo dos Afonsos registrou temperaturas de 35°C ao meio dia do sábado (13), nesta segunda-feira no mesmo horário os termômetros estavam em 28°C.

O ar seco ainda persiste sobre o Estado fluminense até a próxima sexta-feira (19). Áreas da Serra e do Vale do Paraíba tem chuva a partir da quinta-feira (18). O sol predomina pela manhã e tarde, as pancadas de chuva tendem a ocorrem em todo o Estado do Rio de Janeiro a partir da sexta-feira.

 

Como será o verão na Região Sudeste?  

Segunda quinzena promete mais chuva no RJ

 

Entenda o que são os sistemas atmosféricos de verão Alta da Bolívia e VCAN 

Fotografeotempo! #É tempo de Natal!  

 

Muita chuva no litoral da Bahia
segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Chuva forte sobre a Bahia

As áreas de instabilidade se intensificam no litoral da Bahia e provocam chuva forte também Salvador. A chuva complica o trânsito e a imprensa local informou queda de árvores.

 

 

Áreas de instabilidade associadas a presença de um Vórtice Ciclônico nos Altos Níveis Atmosféricos (VCAN) e de uma frente fria provocam chuva forte sobre todo o leste da Bahia. Segundo informações do aeroporto Deputado Luis Eduardo de Magalhães há a presença de chuva moderada acompanhada por trovoadas.

Áreas de instabilidade se intensificam sobre a Bahia por causa da frente fria que já está no litoral sul baiano. Vários aglomerados de nuvens carregadas devem se espalhar pelo litoral e pelo interior da Bahia provocando chuva frequente nos próximos dias.

Para esta terça-feira, a preocupação maior é com a chuva forte no litoral da Bahia, inclusive na região de Salvador, e também o aumento da chuva no litoral de Sergipe e de Alagoas.

 

 

 

 

Bom Jesus da Lapa (BA) em 16-11-2014 por Leo Rodrigues

Muita chuva sobre o nordeste de Minas Gerais

Uma frente fria avançou até o sul da Bahia e estimulou a formação de nuvens bastante carregadas entre o Espírito Santo, Minas Gerais e o sul da Bahia. A semana começou com muita chuva sobre as regiões mineiras do vale do rio Doce e do vale do Jequitinhonha. Entre 10 horas do dia 14 e 10 horas de 15 de dezembro de 2014, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 82,8 mm sobre Governador Valadares, 75,4 mm sobre Mantena e 66,2 mm na região de Aimorés. Caratinga recebeu 62,4 mm de chuva no mesmo período e em Timóteo choveu 62,2 mm.

Choveu muito também sobre a região de Santa Teresa, na região serrana do Espírito Santo. O acumulado no mesmo período foi de 62,8 mm.

 

Mais chuva

A frente fria que ajudou a formar estas fortes áreas de instabilidade permanece entre o litoral da Bahia e do Espírito Santo nesta terça-feira. Nuvens carregadas continuam a se formar sobre o norte de Minas Gerais, no norte capixaba e sobre a Bahia. Há risco de chuva forte e volumosa.

 

O meteorologista César Soares comentou a presença de alguns sistemas típicos do Verão que já começam a provocar chuva em algumas áreas do leste do Nordeste. Quer saber quais? Então veja no Drops Climatempo News

 

 

 

Um bom tempo pra você!

Previsão climática para o verão de 2015 no Brasil

Até 17 de dezembro, mais de 100 estrelas cadentes por hora riscam o céu! Não esqueça de fazer o seu pedido! 

 

Grande SP: Semana começa seca e termina com muita chuva
segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

As áreas de instabilidade que provocaram chuva no fim de semana se afastaram da Grande São Paulo. O sol já aparece com força na segunda-feira (15) e a temperatura já sobe bastante. Como o ar fica um pouco mais seco, a semana já começa com baixo risco para chuva na Região Metropolitana.

A imagem do satélite meteorológico já mostra a presença de poucas nuvens sobre a cidade de São Paulo, com isso as condições de chuva diminuem bastante.

Com os ventos mudando de direção e a presença de um céu com poucas nuvens ao longo da noite e da madrugada, a temperatura mínima caiu bastante em relação aos registros do último domingo (14). Segundo informações da estação convencional do Mirante de Santana operada pelo Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima da segunda-feira foi de 16,2°C, a temperatura mínima não ficava tão baixa desde o dia 5 de dezembro.

 

Semana começa seca, mas os temporais vão voltar

O tempo firme ainda predomina até a próxima quarta-feira (16) o sol brilha forte e vai fazer bastante calor ao longo da tarde, não há previsão de chuva por conta da persistência de um ar de origem mais seca.

As condições do tempo voltam a mudar com a chegada de mais umidade ao Estado de São Paulo a partir da quinta-feira (18). As pancadas de chuva forte estarão de volta e os riscos de alagamentos também. A atenção fica a partir da próxima sexta-feira (19) quando as previsões indicam o risco de grandes volumes de chuva acumulados sobre a Região Metropolitana de São Paulo.

Quer saber como ficará o tempo em todo o Brasil ao longo dos próximos 15 dias? Confira a previsão estendida com o meteorologista César Soares no Climatempo News.

 

Um bom tempo pra você!

Como se formam os raios? É de arrepiar os cabelos!  

Aberta a temporada de temporais

Choveu forte em Barreiras (BA)
domingo, 14 de dezembro de 2014

Durante o fim da noite deste sábado e o início da madrugada deste domingo a instabilidade aumentou bastante e causou chuva volumosa na região de Barreiras, no oeste da Bahia. Foram acumulados entre 20:00 do dia 13/12 e 04:00 de 14/12/14 73mm de chuva, sendo que 50,4mm ocorreram em apenas duas horas (entre 20:00 e 22:00 deste sábado), segundo dados da estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).