Arquivo da Categoria ‘Sudeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
Painel Meteorológico – destaques de 26/05/2015
quarta-feira, 27 de maio de 2015

Recorde de frio em Goiânia

A madrugada de 26 de maio foi a mais fria do ano até agora em Goiânia, capital de Goiás. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima foi de 16,5ºC. Leia mais

Brasília iguala recorde de frio

Brasília também teve uma madrugada fria. A temperatura mínima, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, foi de 13,8°C, que igualou o recorde de frio deste ano já registrado em 12 de maio. Leia mais

Ar seco em Goiânia

O Inmet mediu 34% de umidade no ar às 15 horas. No aeroporto local, o nível de umidade do ar chegou a dar 29%. Há muito tempo o ar não ficava tão seco. A tarde do dia 26 de maio foi a mais seca em Goiânia desde o começo de fevereiro o. O nível de umidade não baixava de 40% desde o dia 23 de fevereiro.

Nevoeiro no Rio de Janeiro

Um forte nevoeiro se formou no fim da tarde no Rio de Janeiro. A visibilidade no aeroporto Santos Dumont baixou repentinamente para 800 metros, às 18h. Saiba mais

Calor no Brasil

O interior da Bahia está esquentando. Novamente as maiores temperaturas ocorreram no Nordeste.

Chuva forte no Sul

Cantareira caiu

Nova queda do nível de água armazenada do Cantareira, a sétima em maio.

Rajadas de vento no Sul podem passar dos 100 km/h
terça-feira, 26 de maio de 2015

Um ciclone extratropical e uma frente fria se formam na região entre o Sul do Brasil, o Paraguai e a Argentina nas próximas 24 horas.

A combinação da queda da pressão atmosférica, com o ar quente que chega do centro-norte do Brasil e da umidade que vem do mar gera uma grande quantidade de nuvens carregadas que desde a tarde de terça-feira, 26, provocam chuva forte em vários locais dos três estados do Sul.

 

O ciclone extratropical, que é uma região de baixa pressão acentuada, se organiza até a noite desta quarta-feira. O centro de baixa pressão se intensifica sobre o mar, na costa do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina provocando ventos constantes, moderados a forte, que podem passar dos 70 km/h. Mas as rajadas serão muito fortes e podem chegar aos 100 km/h.

Uma situação muito parecida com esta aconteceu há mais ou menos 2 semanas, quando choveu mais de 200 mm na região de Araranguá e os ventos chegaram aos 103 km/h no cabo de Santa Marta, em Laguna.

Com o efeito combinado da baixa pressão e do relevo, cidades das regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina poderão ter rajadas de vento em torno dos 100 km/h entre quarta e sexta-feira, 29 de maio.

Entenda porque os ventos vão ficar muito fortes no litoral da Região Sul do Brasil com a formação do ciclone extratropical. A explicação é do meteorologista César Soares.

 

 

Alerta  de temporais no Sul

A sua rinite já atacou neste outono? Saiba quais são os vilões desta estação do ano.

Ainda dá tempo! A vacinação contra a gripe foi prorrogada.

Previsão de chuva para o Brasil nos próximos 7 dias
terça-feira, 26 de maio de 2015

por Lívia Fernanda

A colheita de café conilon da safra 2015/2016 avança no Espírito Santo, mas está em ritmo menor que no período anterior. A maturação dos grãos está bem avançada na maioria das lavouras. Com isso, caso o clima siga favorável com o tempo mais estável, a colheita no estado pode ser finalizada em julho. O Espírito Santo é o principal produtor da variedade de café conilon no Brasil. Confira qual será a tendência do acumulado de chuva para os próximos 7 dias em todo o Brasil.

Dia de calor no Rio de Janeiro
terça-feira, 26 de maio de 2015

Após o afastamento das instabilidades e a chegada de um ar mais seco em áreas fluminenses, o calor também voltou para a capital do Rio de Janeiro. As manhãs ainda começam com nevoeiro, mas o sol favorece a dissipação rápida deste tipo de nebulosidade e faz a temperatura subir rapidamente durante a tarde.

Já no início da semana as temperaturas máximas voltaram a ficar acima dos 30°C, e a tendência é de mais calor até a quinta-feira (28). Mas, a semana ainda reserva mudanças nas condições do tempo.

Frente fria traz temporais para o Rio de Janeiro

Com a passagem de uma frente fria nos últimos dias de maio a tendência é de que a nebulosidade e as chances de chuva aumentem sobre o todo o Estado do Rio de Janeiro. Há o risco de temporais em áreas do sul fluminense e na capital já na quinta-feira (28).

A sexta-feira (29) também promete a presença de muitas áreas de instabilidade e risco de pancadas de chuva a qualquer momento na maior parte do Estado fluminense.

Painel Meteorológico – destaques de 25/05/2015
segunda-feira, 25 de maio de 2015

Frio

A cidade de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, foi a mais fria do Brasil na madrugada de 25 de maio. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) a temperatura mínima registrada foi de apenas 6,2°C. Confira as 5 cidades mais frias no Brasil.

Calor

Com a diminuição da nebulosidade e da chuva, o Sudeste e grande parte do Centro-Oeste esquentaram, mas as maiores temperaturas no Brasil em 25 de maio voltaram a ser observadas no Nordeste.

 

Frio em no vale do rio Doce (MG)

O vale do rio Doce e o vale do Jequitinhonha tiveram uma madrugada bastante fria. Confira algumas temperaturas mínimas, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia: Caratinga: 11,3ºC

Itamarandiba: 9,8ºC

Araçuaí: 14,9ºC

 

Calores e frios em capitais

A diminuição da nebulosidade sobre o Sudeste e grande parte do Centro-Oeste permitiu um maior resfriamento do ar na madrugada do dia 25, por causa maior perda radiativa. Ao mesmo tempo, com a redução do ar polar e da nebulosidade, as temperaturas ficaram mais altas à tarde.

Confira algumas temperaturas curiosas de 25 de maio em capitais brasileiras.

Chuva volumosa

Fortes áreas de instabilidade cresceram entre o Paraguai, o Sul e o Centro-Oeste causando chuva intensa.

 

 

VCAN na costa da Bahia

 

Reprodução /www.windyty.com

Ondas podem chegar aos 4 metros no RS e em SC
segunda-feira, 25 de maio de 2015

Atualizado às 20h18 de 26/05/2015

Um forte swell se espalha pelo litoral das Regiões Sul e Sudeste nos próximos dias. O mar fica cada vez mais agitado até o fim da semana, com ondas que podem superar 2,0 m por vários dias consecutivos em praias do Sul e do Sudeste.

A agitação no mar e a elevação das ondas acontece por causa da recente passagem de um grande ciclone extratropical pela costa da Argentina e de um outro ciclone extratropical que se forma no litoral da Região Sul entre a quarta, 27, e a quinta-feira, 28 de maio.

A baixa pressão provoca também fortes rajadas de vento no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina que podem alcançar velocidades entre 70 km/h e 90 km/h.

 

Confira a previsão das ondas para o Sul e Sudeste

 

 

27 de maio – quarta-feira

Mar muito agitado na costa Sul do Brasil, com ondas em torno de 3,0m no litoral norte do RS e no centro-sul de SC, incluindo Florianópolis. Ressaca no RS e em SC.

Entre o litoral do PR e do RJ, as ondas podem alcançar 2,0m, com picos de até 2,5m no litoral da cidade do Rio. No ES o mar sobe e as ondas chegam a 1,5m. Ondulação virando de sudeste no Sul, mas permanece de sul no Sudeste.

 

28 de maio – quinta-feira

Mar muito agitado e ressaca no litoral do RS e no centro-sul de SC, incluindo Florianópolis, com ondas de até 3,5 m a 4,0 m. Ressaca no RS e em SC.

Entre o PR e o ES, ondas em torno de 2,0m, com forte ondulação de sul.

O litoral da cidade do Rio de Janeiro pode ter pode ter picos de 2,5 m. Não há expectativa de ressaca, apesar da agitação marítima.

 

29 de maio – sexta-feira

Mar muito agitado, ainda com risco de ressaca no litoral do RS e centro-sul de SC. A altura das ondas vai diminuindo no decorrer do dia, mas ainda podem ocorrer picos de 4,0m na madrugada. No decorrer da manhã, as ondas ficam em torno dos 3,0m.

Entre o PR e o ES, ondas em torno de 2,0m, com picos de 2,5 no litoral de SP. A ondulação é forte de sul. Não há expectativa de ressaca, apesar da agitação marítima.

 

30 de maio – sábado

Agitação marítima enfraquece de forma geral e a altura das ondas vai diminuindo no decorrer do dia

No litoral do RS e no centro-sul de SC, o mar ainda fica muito agitado e há risco de ressaca no litoral do RS e de SC. As ondas ainda podem alcançar 3,0m na madrugada e diminuem para 2,0 m à tarde.

Entre o PR e o ES, as ondas ficam em torno de 1,5m de manhã e diminuem para 1,0m até a noite.

 

31 de maio – domingo

As ondas continuam diminuindo. No litoral do Rs e no centro-sul SC, ainda podem ocorrer picos de 2,0m na madrugada e em torno de 1,5m no decorrer do dia.

Entre o PR e o ES, as ondas diminuem para 1,0m.

 

Ache a sua tribo e a sua onda no Climasurf. Participe do Surfreporter, a rede social exclusiva dos surfistas.

Vacinação contra a gripe é prorrogada
segunda-feira, 25 de maio de 2015


Ministério queria vacinar 80% do público-alvo, porém somente 46,2% compareceram aos postos de saúde.

O Ministério da Saúde promoveu a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe de 22 de abril a 22 de maio, porém o baixo índice de vacinados obrigou o governo a prorrogar a campanha até o dia 05 de junho. Das quase 50 milhões de pessoas que formam o público-alvo da campanha, somente 23 milhões haviam sido vacinadas até a sexta-feira passada, 22 de maio.

O público-alvo da campanha são crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais.

Indivíduos deste universo devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência e alertar familiares e amigos que se encaixam nas condições de quem deve ser vacinado.

Mesmo com a campanha ainda em andamento, listamos algumas dicas e atitudes simples que vão te ajudar a manter o vírus da gripe longe de você e de sua família. São eles:

Caso perceba os sintomas da gripe em você, familiares ou pessoas próximas, procure uma Unidade Básica de Saúde ou Hospital mais próximo e indique o mesmo para os demais.

Veja mais:

Sua rinite já atacou neste outono?

Maio termina com chuva e onda de frio

 

Maio termina com chuva e onda de frio
segunda-feira, 25 de maio de 2015

As previsões de chuva durante os próximos 15 dias mantêm a passagem de uma frente fria para o fim do mês de maio. Esse sistema será de forte intensidade e promete trazer bons volumes de chuva para diversas áreas do centro-sul do Brasil, especialmente leste da Região Sul, sul de Mato Grosso e Estado de São Paulo. Há previsão para temporais até o fim da semana.

Mas as mudanças nas condições do tempo não ocorrem apenas em relação à chuva. Uma forte massa de ar polar promete provocar a queda de temperatura, ou seja, maio também vai terminar com uma onda de frio para o centro-sul do país.

Confira os comentários sobre as condições do tempo para os próximos 15 dias com o meteorologista César Soares no Climatempo News!

Nova Friburgo (RJ) a mais fria do Brasil
segunda-feira, 25 de maio de 2015

As noites de tempo firme com pouca nebulosidade favorecem a perda de calor na atmosfera, ou seja, fica bem mais fácil registrar temperaturas um pouco mais baixas e ter a sensação de frio durante as madrugadas. A altitude também é um fator crucial para o registro de temperaturas mais baixas. Conforme subimos na atmosfera a tendência é de resfriamento, uma vez que a atmosfera aquece de baixo para cima.

Veja mais em: Por que as noites sem nuvens são mais frias?

Por isso a cidade de Nova Friburgo, no Estado do Rio de Janeiro, foi a campeã de frio do dia! A temperatura registrada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) foi de 6,2°C, superando inclusive as temperaturas mínimas dos municípios da Região Sul, até mesmo das áreas de serra que climatologicamente costumam ser mais frias.

Confira na tabela abaixo as 5 menores temperaturas mínimas do Brasil na segunda-feira (25).

Veja mais sobre a previsão para o Estado do Rio de Janeiro em: RJ terá mudança no tempo nesta semana

O centro-sul do Brasil promete ter mais frio até o fim desta semana. Os últimos dias de maio terão o avanço de uma frente fria que promete trazer ar polar o suficiente para fazer as temperaturas caírem e trazer a sensação de frio.

RJ terá mudança no tempo nesta semana
segunda-feira, 25 de maio de 2015

A semana começou com bastante sol no Estado do Rio de Janeiro. A temperatura subiu rápido desde o fim de semana, mas as previsões da Climatempo indicam mudanças ao longo da semana com a passagem de uma frente fria.

O tempo firme ao longo das madrugadas também fizeram a temperatura mínima cair. Afinal, com a condição de poucas nuvens, a atmosfera perde calor rapidamente.

Veja mais em: Por que as noites sem nuvens são mais frias?

Tanto que o município de Nova Friburgo teve a madrugada mais fria do Brasil, dentre os valores registrados na segunda-feira (25), a estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) teve valor de 6,2°C.

Semana e maio terminam com onda de frio

O sol vai predominar e a temperatura vai subir no Rio de Janeiro durante a semana. Chega a fazer um pouco de calor à tarde. Mas a previsão é de mudanças até o fim da semana. A passagem de uma frente fria vai trazer além da chuva, uma massa de ar polar que promete fazer a temperatura cair bastante entre o sábado (30) e o domingo (31), principalmente pelas tardes, uma vez que a nebulosidade vai predominar no céu fluminense.