Posts com a Tag ‘Buenos Aires’

+ aumentar e diminuir fonte -
Manhã fria em Buenos Aires (Argentina)
quarta-feira, 16 de julho de 2014

O ar polar já atua sobre a Argentina. Em Buenos Aires, na região de Ezeiza, os termômetros marcam agora apenas 6°C.

Frente fria traz chuva forte para Buenos Aires e Montevideo
quarta-feira, 11 de junho de 2014

A passagem de áreas de instabilidade associadas a aproximação de uma frente fria provocaram chuva forte e ventania na Grande Buenos Aires na tarde desta quarta-feira e também em Montevideo. O aeroporto internacional Ezeiza, em Buenos Aires, registrou rajadas entre 46 km/h e 55 km/h entre 15h e 15h30. Choveu forte.Na capital do Uruguai também choveu forte neste horário.

Até a sexta-feira, a frente fria vai atuar com mais força nas duas capitais provocando chuva forte e há risco de mais ventania.  O serviço de meteorologia nacional de meteorologia da Argentina emitiu alerta para esta quinta-feira, 12 de junho, de ventos fortes, granizo e chuva forte, com acumulados que podem superar os 80 mm para parte da províncias de Buenos Aires, incluindo a cidade de Buenos Aires, Entre Rios e Santa Fé.

No Brasil, esta frente fria começa a provocar chuva no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira e na sexta avança sobre a Região provocando chuva forte.

 

 

 

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Participe! Clique o tempo na Copa: #temponojogo

Chuva em Buenos Aires (Argentina)
quarta-feira, 4 de junho de 2014

Uma frente fria está avançando pela Argentina e provoca chuva fraca em Buenos Aires. A temperatura agora é de 14°C.

Temporal em Buenos Aires (Argentina)
sábado, 5 de abril de 2014

Um sistema de baixa pressão espalha nuvens carregadas sobre a Argentina. No momento chove forte com muitos raios em Buenos Aires. A temperatura agora é de 21°C.

Ciclone extratropical provoca muita chuva na Argentina e Uruguai
terça-feira, 4 de março de 2014

Ciclone extratropical provoca muita chuva em Buenos Aires e Montevideu

Um ciclone extratropical se formou nesta terça-feira, 4 de março, entre o Uruguai e a região da província de Buenos Aires, na Argentina. A baixa pressão atmosférica, característica da formação de um ciclone, gerou nuvens carregadas que provocaram muita chuva sobre Buenos Aires, capital da Argentina, e sobre Montevideu, a capital do Uruguai, além de fortes rajadas de vento.

O ciclone extratropical pode ser observado nas imagens de satélite pelo movimento circular, no sentido horário, que as nuvens fazem na região entre a Argentina e o Uruguai. O centro de baixa pressão está indicado pela letra B. 

O Aeroparque na capital portenha registrou uma rajada de 72 km/h, às 9 horas. A chuva intensa causou o transbordamento de um córrego e água cobriu parte da autopista Panamericana, em Buenos Aires. Na cidade uruguaia de Molles, no departamento de Durazno, choveu 109 mm em Achar, no departamento de Tacuarembó choveu 95 mm. As medições são do serviço nacional de meteorologia do Uruguai. Em Buenos Aires, a chuva parou no começo da tarde, mas em Montevideu ainda chovia com trovoadas por volta das 18h30.

A formação do ciclone extratropical já vinha sendo esperada para este Carnaval há vários dias. A baixa pressão atmosférica nos níveis elevados da atmosfera, que deu origem ao ciclone extratropical, desloca-se para o mar nesta quarta-feira e afasta-se da costa argentina e uruguaia até o fim da semana.

Chuva forte em Buenos Aires (Argentina)
terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Uma frente fria que está na Argentina provoca chuva intensa com raios em Buenos Aires. A temperatura agora é de 25°C.

Dias quentes e secos para o Rio Grande do Sul
quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A noite desta quinta-feira começou com temperaturas elevadas e poucas nuvens sobre o Rio Grande do Sul. Às 20h, a temperatura em Canoas era de 29°C, em Porto Alegre de 28°C e em Uruguaiana, na fronteira com a Argentina e o Uruguai era de 32°C.  Bagé, no sul gaúcho, fronteira com o Uruguai, estava com 31°C.

Uma massa de ar seco e quente já atua sobre o Rio Grande do Sul e vai predominar sobre o Estado por vários dias. Esta massa de ar está sendo sentida também sobre o Uruguai e a Argentina, onde as temperaturas ainda estão muito elevadas e o ar seco. Em Mendoza, a temperatura na tarde desta quinta-feira chegou aos 40°C, com umidade relativa de 12%. Em Ezeiza, na Grande Buenos Aires, fez 35°C.

Por causa desta massa de ar seco, o Rio Grande do Sul vai passar vários dias com pouca ou nenhuma chuva. A temperatura segue elevada. A chuva deve retornar após o dia 22 com a chegada de uma frente fria.

Argentina e Uruguai continuam fervendo
segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

O calor intenso não tem dado trégua aos argentinos e aos uruguaios. Uma massa de ar muito quente e seca continua predominando sobre estes países causando temperaturas muito elevadas e níveis de umidade bastante baixos. O desconforto é grande, pois são muitas horas seguidas com calor extremo, com temperaturas acima dos 34°C.

Na imagem de satélite, a cor preta indica ausência de nuvens e a presença de um ar muito seco.

Por volta das 18 horas (19 horas em Brasília) de 6 de janeiro de 2014, a temperatura chegava aos 41,1°C em Santa Rosa, cidade argentina na província de La Pampa, área central da Argentina. A umidade relativa do ar era de apenas 9%, uma situação de emergência pelos padrões da OMS – Organização Mundial de Saúde. A medição foi feita pelo Serviço Nacional de Meteorologia da Argentina. Às 18 horas, as 15 maiores temperaturas no país eram todas acima dos 37°C. Em Buenos Aires, os termômetros estavam em torno dos 34°C. A previsão indicava mais uma noite extremamente quente para os argentinos.

O calorão no Uruguai também está chamando atenção, bem como no Sul do Brasil. O serviço meteorológico oficial do Uruguai mediu quase 37°C em Artigas, no noroeste do país, às 18 horas da segunda-feira, 6 de janeiro de 2014. Na capital, Montevideo, a temperatura era de 35°C.

Nos próximos dias, a passagem de frentes frias pela costa da Argentina e do Uruguai traz algumas pancadas de chuva especialmente para as cidades costeiras. A partir do dia 11, as frentes frias devem ser mais frequentes nos dois países causando um maior número de áreas de chuva que vão ajudar a baixar a temperatura.

Muito calor em Buenos Aires (Argentina)
terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Um forte onda de calor atinge a Argentina. Em Buenos Aires, na estação de Ezeiza, os termômetros marcam agora 36°C.

Calor diminui em Buenos Aires, depois do recorde histórico
quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Assim como no centro-sul do Brasil, o calor  aumentou muito no centro-norte da Argentina esta semana. A temperatura tem chegado aos 40°C em vários locais. O calor intenso e o ventos fortes estão espalhando fumaça dos focos de queimadas e também gerando muitos redemoinhos de poeira.

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia da Argentina (SMN), a tarde de 10 de setembro de 2013 foi a mais quente em Buenos Aires, para um dia de setembro, de 1906 quando se iniciaram as medições.  A temperatura máxima doi de 35,3°C.

A madrugada desta quarta-feira ainda foi muito quente em Buenos Aires, com temperatura mínima de 24,2°C. Por volta das 14h, o SMN registrava 28°C. Mas Ceres, na província de Santa Fé, a temperatura ainda era de 40°C.

Uma massa de ar polar avança sobre a Argentina no fim da semana e causa forte queda da temperatura.