Posts com a Tag ‘Campinas’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva, raios e rajadas de vento em Campinas (SP)
segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Áreas de instabilidade associadas ao ar abafado e à presença de uma frente fria no litoral estão espalhadas pelo leste do Estado nesta tarde de segunda-feira. Em Campinas o tempo está carregado, com chuva raios e trovoadas. Agora faz 27 graus no aeroporto de Viracopos, onde as rajadas de vento chegam a 53 km/h.

Chuva em Campinas (SP)
domingo, 28 de setembro de 2014

O aeroporto de Viracopos em Campinas no interior do estado de São Paulo registra chuva fraca. O vento sopra fraco a moderado de leste e a temperatura é de 21 graus.

Chuva em Campinas (SP)
quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Áreas de instabilidade provocam chuva em Campinas. A chuva é fraca e a temperatura agora é de 20°C.

Muitas nuvens sobre São Paulo
quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Áreas de instabilidade associadas a uma frente fria que chegou ao Estado de São Paulo nesta quarta-feira já provocaram chuva em grande parte das áreas paulistas. A imagem do radar meteorológico de São Roque (Aeronáutica) das 02h56 mostra áreas de chuva fracas a moderadas (manchas amarelas) nas proximidades de Campinas. Nas demais regiões do Estado, inclusive na região metropolitana, a chuva cai com fraca intensidade. Ao longo desta quinta-feira, a instabilidade vai persistir sobre o Estado, e  não se descarta chuva forte com trovoadas principalmente a partir da tarde, inclusive na capital.

 

 

Tempo instável nos próximos dias

A frente fria que trouxe a chuva para São Paulo nesta quarta-feira se afasta para alto-mar, mas uma outra frente fria está sendo esperada para o sábado. Até lá, muitas áreas de instabilidade vão se formar e ficam bloqueadas sobre São Paulo. Assim, os paulistas terão vários eventos de chuva forte nos próximos dias.

Entenda a situação com a explicação da meteorologista Josélia Pegorim.

 


Frente fria provoca chuva e vento forte em SP
quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Atualizado às 18h30 de 24/9/2014

Chuva forte em SP

Uma frente fria chegou a São Paulo nesta quarta-feira e suas áreas de instabilidade se espalharam pelo estado no decorrer da tarde. A chuva começou no fim da manhã pelas cidades do oeste e sul do Estado e no fim da tarde já estava chovendo na região de Campinas e em cidades do norte do Estado como Pindorama e São José do Rio Preto.  As áreas de chuva continuam avançando durante a noite em direção ao norte de São Paulo e ao Triângulo Mineiro e devem chegar enfraquecidas ao Sul de Minas Gerais.

No decorrer da noite desta quarta-feira pode chover e ventar forte em todas as áreas do Estado. A frente fria se afasta do litoral paulista na quinta-feira, mas outra frente fira chega no sábado. Assim, várias áreas de instabilidade vão se formar até o sábado e provocar muitas pancadas de chuva. Pode chover forte.

Chuva forte

Do início da manhã até 18 horas de 24 de setembro de 2014, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 30,2 mm de chuva em Rancharia, 26,6 mm em Ourinhos, 20,6 mm em Presidente Prudente, 13,8 mm em Valparaíso, 10,8 mm em Barra do Turvo e 10,6 mm em Avaré.

 


Calor

O sol forte e o calor intenso predominam sobre o Estado de São Paulo até o começo da tarde desta quarta-feira fazendo com que as temperaturas ficassem bastante elevadas. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou temperaturas de 34°C a 36°C em várias cidades do centro-norte e oeste do Estado. Em Ituverava, a temperatura chegou aos 36,5°C.

 

 

Áreas de instabilidade da frente fria avançam sobre Estado de São Paulo. As nuvens carregadas começaram a se espalhar pelo oeste e sul do Estado no fim da manhã desta quarta-feira provocando pancadas de chuva com raios e fortes rajadas de vento.  A chuva foi avançando para as áreas centrais do estado e já estava ocorrendo em grande parte do Estado no começo da noite desta quarta-feira. 

 

Vento forte

Em Presidente Prudente, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma rajada de 64 km/h, às 13h. No mesmo horário, Itapeva, no sul do Estado, teve rajada de 73 km/h e Ourinhos de 68 km/h.

As rajadas de vento vão continuar ocorrendo durante a tarde e a noite desta quarta-feira sobre todas as regiões paulistas. Algumas rajadas podem até superar os 80 km/h. Pela Escala Beaufort, rajadas de vento da ordem de 80 km/h podem causar pequenos danos em edificações e arrancar telhas. Ventos entre 62 km/h e 74 km/h podem quebrar galhos de árvores.

 

Tarde começa quente em Campinas (SP)
terça-feira, 23 de setembro de 2014

Campinas tem um início de tarde com 27°C e a temperatura pode subir mais nas próximas horas.

Chuva moderada em Campinas (SP)
sábado, 20 de setembro de 2014

Áreas de instabilidade associadas a uma frente fria provocam chuva em Campinas. A chuva é moderada e a temperatura agora é de 21°C.

Chuva moderada em Campinas (SP)
quarta-feira, 3 de setembro de 2014

A instabilidade persiste e ainda chove de forma moderada em Campinas. Faz 17 graus.

Temporal em Campinas (SP)
terça-feira, 2 de setembro de 2014

As fortes áreas de instabilidade que avançam sobre São Paulo provocaram um forte temporal em Campinas. Ainda chove moderado a forte com trovoadas. Às 22h10 foram registradas rajadas de vento de até 74 km/h na região do aeroporto de Viracopos.

Chuva forte avança para a Grande SP
terça-feira, 2 de setembro de 2014

Uma forte linha de instabilidade avança do Paraná para a São Paulo e no decorrer da noite atinge a Grande São Paulo com chuva forte e rajadas de vento intenso, com possibilidade de queda da granizo. São esperadas rajadas de vento com até 80 km/h.

 

A imagem do radar meteorológico de São Roque (Aeronáutica) das 21h46 mostra áreas de chuva intensa (manchas vermelhas) já avançando sobre a Grande São Paulo.

No sul do Estado, a seta branca indica a região de Taquarituba e Itaí onde há sinais de tempestade severa.

 

Uma linha de instabilidade (LI) é um conjunto organizado de nuvens do tipo cumulonimbus, que se deslocam juntas, ao mesmo tempo sobre uma região. Uma LI pode ter centenas de quilômetros. A passagem de uma LI provoca normalmente chuva intensa e ventos muito fortes também podendo conter tornados.

A sequência de imagens do radar meteorológico de São Roque (SP), operado pela Aeronáutica mostra a chuva intensa (manchas vermelhas) desta linha de instabilidade que pouco antes das 20h já atingia a região do vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo.

 

A previsão é de que por volta das 22 horas já comece a chover na Grande São Paulo. A chuva deve avançar um pouco pela madrugada, mas perdendo força. Além da Grande São Paulo, a região de Sorocaba, Campinas, Baixada Santista e no decorrer da noite, o vale do Paraíba e o litoral norte de São Paulo devem sentir a chuva forte da passagem desta linha de instabilidade.

 

Quarta-feira com pancadas de chuva

Áreas de instabilidade ficam sobre São Paulo nesta quarta-feira provocando muitas nuvens e pancadas de chuva, mas deixando o sol aparecer. Porém, o dia não será tão quente como nesta terça-feira. Na capital, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura chegou a quase 28,9°C. No interior, o calor superou 37°C no oeste do estado.