Posts com a Tag ‘Carnaval’

+ aumentar e diminuir fonte -
O carnaval que passou
quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

por Patrícia Pinheiro

A 42ª edição do desafio Fotografe o Tempo foi durante os dias de folia pelo Brasil e durante toda a semana do carnaval os internautas mandaram fotos do tempo durante suas comemorações.

O tempo não atrapalhou a comemoração que contou com blocos de ruas, desfiles de escolas de samba e até mesmo os tradicionais foliões na praça. Com chuva ou com sol o #tempodefolia agitou todo o Brasil e recebemos fotos de diversas Regiões, com diversos tipos de comemorações.

Confira agora os 5 cliques do carnaval pelo Brasil:




Gostou?

Lembre-se, você pode nos enviar fotos o tempo todo pelas redes sociais com a hashtag #fotografeotempo ou em nosso portal, na área “Participe”.

Carnaval de Veneza
sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

O Carnaval de Veneza, na Itália, é considerado o mais importante e famoso de toda a Europa. A tradição surgiu no século XVI, onde a nobreza se disfarçava e saía pelas ruas se misturando entre o povo. As máscaras são o elemento mais importante. O período de festas tem duração de 10 dias. À noite são realizados bailes em salões e os trajes remetem aos utilizados no século XVIII, com a utilização das máscaras nobres.

Fantasia típica do Carnaval em Veneza

Diferente do Brasil, as festas de Carnaval em Veneza ocorrem durante o período do inverno. As temperaturas são baixas nesta época do ano. Segundo o serviço meteorológico da Itália, as temperaturas máximas nos dez dias de festa em Veneza não devem passar dos 10°C.

O início do período do Carnaval de Veneza terá o risco de chuva e muitos períodos com sol pela manhã e início da tarde, principalmente. O frio continua depois da quarta-feira (18), mas o risco de chuva diminui bastante. Os demais dias de folia prometem ser com mais sol e sem o risco de chuva. Há o risco de nevoeiro pela manhã.

Recife: A Veneza brasileira

Em terras brasileiras, também há a presença de uma Veneza! Recife também é cortada por diversos rios e é considerada a Veneza brasileira. Se na Veneza oficial as temperaturas serão baixas, na brasileira a temperatura é alta e chega a passar dos 30°C durante o período do Carnaval. Há o risco de pancadas de chuva rápidas ao longo do dia, mas só pra aliviar do calorão.

Sexta-feira com mais temporais no Sul
quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

A semana tem sido marcada por calor no Sul do Brasil, manhãs de sol,  tardes e noites com temporais.

A chuva volumosa preocupam durante o Carnaval e deve causar transtornos especialmente sobre o Paraná e Santa Catarina. Nesta sexta-feira, uma nova frente fria avança pelo litoral da Região Sul e se junta com outra frente fria que passou a quinta-feira quase parada ao largo do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

 

A nova frente fria formada desta união avança então para o litoral paulista durante a sexta-feira, 13, mas deixa parte de sua instabilidade sobre o Sul. Grandes áreas de instabilidade voltam a se formar sobre o Sul e os temporais devem se espalhar novamente, mas em especial sobre Santa Catarina e Paraná.  Curitiba e Florianópolis devem sofrer de novo com a chuva intensa.

As áreas de instabilidade desta frente fria vão ficar bloqueadas sobre parte do Sul durante quase todo o Carnaval mantendo o Paraná e Santa Catarina com muitas nuvens e chuva no fim de semana. Há risco de chuva forte e volumosa que pode causar alagamentos e queda da barreira no litoral e Grande Curitiba.

O Rio Grande do Sul é o estado que menos sofrerá com a chuva neste Carnaval. Só a sexta-feira será de alerta. De sábado e até a terça-feira, os gaúchos vão poder contar com sol em grande parte do dia. As pancadas de chuva serão mais prováveis nas cidades serranas pelo litoral.

 

v

 

Mar agitado

Atenção com o mar agitado durante o Carnaval. Confira as informações com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

Região de Itapoá (SC) tem alto risco de chuva forte no Carnaval. Foto de Neusa Lopes em 13-1-2015

Calor e pancadas de chuva no Carnaval 2015
quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O Carnaval sempre cai durante o verão. Em fevereiro ou no começo de março, é época de pancadas de chuva frequentes sobre o Brasil e daqueles temporais, típicos de dias quentes.

Este ano, não vai faltar calor no Carnaval e para ajudar a chover, a folia começa com uma frente fria passando pelo Sul e chegando a São Paulo. Esta frente fria vai determinar as condições do tempo durante o Carnaval nos Estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e também em parte de Santa Catarina. Ao mesmo tempo, a alta pressão subtropical do Atlântico Sul volta a se intensificar sobre o Brasil e reduz a chuva em parte do Sudeste, do Nordeste e do Centro-Oeste.

Confira os detalhes da previsão para a cada Região do Brasil, lembrando que sexta-feira 13 não tem nenhuma influência no tempo.

 

Região Sul

A situação é de alerta para temporais nos três estados no fim de semana de Carnaval. Uma frente fria que fica parada no litoral de São Paulo vai deixar áreas de instabilidade bloqueadas sobre o Paraná e Santa Catarina. Os dois Estados terão muitas nuvens e chuva no fim de semana. Há risco de chuva forte e volumosa que pode causar alagamentos e queda da barreira, especialmente no litoral do Paraná, Grande Curitiba , no vale do Itajaí e litoral norte de Santa Catarina. A segunda-feira ainda será de muita chuva para o Paraná, planalto norte catarinense e vale do Itajaí As áreas de instabilidade enfraquecem na terça-feira permitindo maiores períodos com sol, mas as pancadas de chuva voltam a ocorrer a partir da tarde.

Nas outras áreas do interior de Santa Catarina e em Florianópolis, os períodos com sol já aumentam na segunda-feira, mas ainda há condições para pancadas de chuva.

O Rio Grande do Sul é o estado que menos sofrerá com a chuva neste Carnaval. Só a sexta-feira será de alerta. De sábado e até a terça-feira, os gaúchos vão poder contar com sol em grande parte do dia. As pancadas de chuva serão mais prováveis nas cidades serranas pelo litoral.

Temperatura agradável

O Sul do Brasil terá calor no Carnaval, mas nada excessivo. A chuva e o excesso de nuvens vão deixar a temperatura agradável em grande parte do Carnaval em grande parte da Região. Quem for curtir a folia nas cidades  serranas não precisa se preocupar com o frio intenso. A temperatura fica amena à noite, mas não será preciso usar roupas pesadas.

 

Região Sudeste

A previsão de pouca chuva e muito sol não é das mais animadoras para o Sudeste, diante da grave crise hídrica pela qual passam todos os Estados da Região. Por outro lado, sendo o Carnaval de grande importância para o turismo e economia de muitas cidades, especialmente as litorâneas, a expectativa de pouca chuva é até uma boa notícia.

O Sudeste sofreu em janeiro de 2015 com a falta de chuva por causa da forte atuação de um sistema meteorológico chamado “alta pressão subtropical do Altântico Sul”, ou abreviadamente, ASAS. Estas quatro letrinhas estão sendo amaldiçoadas desde o verão de 2014, pois é este sistema o principal causador da situação bloqueio atmosférico que afasta as frentes frias e reduz a chuva.

A ASAS se intensifica novamente sobre o Sudeste durante o Carnaval 2015, mas não com tanta força como no mês passado. Mesmo assim, vai fazer com que muitas áreas do Sudeste fiquem quase todo o Carnaval pouca ou nenhuma chuva. Uma frente fria vai passar quase todo o Carnaval próxima do litoral de São Paulo, estimulando a chuva.

Minas Gerais

Todo o Estado terá um Carnaval com muito sol, calor e poucas pancadas de chuva, que só devem ocorrer em parte da tarde e da noite. A maior chance de chuva é para o Triângulo Mineiro, Sul de Minas e Zona da Mata Mineira.

Espírito Santo

Muito sol e calor durante todo o Carnaval. A chance de chuva é baixa em todo o Estado. As poucas pancadas de chuva, se ocorrerem, devem ser no fim da tarde e em parte da noite, mas em poucas áreas.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro também vai ficar dentro da área da atuação ficam dentro da área de maior atuação das ASAS, sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul, que reduz as condições para chuva. O Carnaval no Estado do Rio será com  sol, calor e poucas pancadas de chuva. O risco de chuva aumenta a partir de terça-feira.

Desfiles das escolas de samba no Rio de Janeiro

A primeira noite dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro será abafada. Há uma possibilidade de pancadas de chuva na noite do domingo, que poderá atrapalhar a apresentação das primeiras escoladas a desfilar. Mas a chance de chuva na madrugada de segunda-feira é baixa.

Para a segunda noite de desfiles,  a possibilidade de chuva aumentou. As pancadas de chuva podem ocorrer na noite de segunda e também na madrugada de terça-feira.

 

São Paulo

São Paulo fica em atenção por causa do alto risco de temporais. Uma frente fria fica próxima ao litoral paulista no fim de semana e estimula a formação de muitas áreas de instabilidade. A frente fria se afasta na segunda-feira, mas as condições para chuva continuam altas até a quarta-feira.  As pancadas de chuva serão frequentes no litoral, a Grande São Paulo e pelo interior. Há risco de temporais.

Uma preocupação especial é com grandes volumes de chuva sobre o litoral, que já teve dois eventos de chuva intensa recentes, no período de mais ou menos um mês, que causaram queda de barreiras e enchentes.

Desfiles das escolas de samba em São Paulo

A chance de pancadas de chuva na região da cidade de São Paulo na noite de sexta-feira, 13 é alta. Assim, os primeiros desfiles correm o risco de ser com chuva. E pode chover ainda na madrugada de sábado 14, mas o risco é menor.

Porém, com a frente fria parada no litoral paulista durante o sábado, o risco de chuva aumenta bastante tanto para a noite do sábado, 14, como para a madrugada do domingo, 15.

A cidade de São Paulo fica em atenção para chuva forte no Carnaval

 

Estimativa do volume de chuva para o Carnaval. Os tons de vermelho-terra indicam pouca chuva. Os tons de verde indicam chuva volumosa, que podem passar de 100 mm acumulados no período de 5 dias.

Mar agitado

Quem for passar o Carnaval nas praias do Espírito Santo, do Rio de Janeiro vai poder contar com dias de muito sol. No litoral de São Paulo, o Carnaval deve ser marcado por muita nebulosidade e risco de chuva forte, por causa de uma frente fria que vai ficar na região durante quase todo o Carnaval.

Em São Paulo e no Rio, os surfistas vão poder aproveitar a elevação das ondas no domingo e na segunda-feira, 16, com picos que podem chegar aos 2 metros. A ondulação predominante será de sul. As praias capixabas vão sentir a mudança no mar na segunda e na terça-feira de Carnaval, com elevação em torno de 1 metro e ondulação também virando para sul..

 

Região Nordeste

O Carnaval no Nordeste começa mais cedo e termina mais tarde. Em capitais como Salvador e Recife, os blocos começam a embalar os turistas semanas antes dos dias oficiais da folia, quando o movimento é ainda maior.

Neste ano, o Carnaval do Nordeste será com sol, calor e pouca chuva. Há condições de pancadas de chuva neste Carnaval em todos os Estados do Nordeste, tanto no litoral quanto no interior da Região. Mas de forma geral, a chuva não deve atrapalhar a diversão. O Maranhão e o Piauí vão passar o Carnaval com muitas nuvens, períodos com sol e as pancadas de chuva serão mais frequentes do que nos demais estados. Há possibilidade de chuvas moderadas a fortes, inclusive nas capitais. No Ceará, no Rio Grande do Norte, na Paraíba e em Pernambuco,  as pancadas de chuva são mais prováveis no sábado e no domingo de Carnaval. Mas o tempo não fica fechado. Já em Sergipe, em Alagoas e na Bahia, todos os dias  de Carnaval serão com sol forte e pouca chance e chuva.

Estimativa do volume de chuva para o Carnaval. Os tons de vermelho-terra indicam pouca chuva. Os tons de verde indicam chuva volumosa, que podem passar de 100 mm acumulados no período de 5 dias.

 

Região Centro-Oeste

Em anos normais, a Região Centro-Oeste tem dias muito abafados durante o Carnaval e as pancadas de chuva são frequentes em toda a Região e muitas vezes com forte intensidade.

Mas o verão de 2015 não é um verão normal. Nos próximos dias o sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul (ASAS) vai atuar com mais força sobre Goiás, Distrito Federal e leste de Mato Grosso. A alta pressão diminui as condições para chuva. Assim, durante o Carnaval 2015 estas regiões terão muito sol, calor acima da média para esta época e poucas pancadas de chuva à tarde e em parte da noite. As demais áreas de Mato Grosso passam o Carnaval com períodos de sol e pancadas de chuva frequentes, com risco de temporais.

Já em Mato Grosso do Sul, a chuva durante os dias de Carnaval é preocupante. A presença de uma frente fria próxima ao litoral de São Paulo vai ajudar a formar e a manter nuvens carregadas sobre o Estado, que podem provocar chuva forte e volumosa. A chuva mais intensa deve ocorrer em áreas do centro, sul e oeste de Mato Grosso do Sul, incluindo a capital, Campo Grande.

Estimativa do volume de chuva para o Carnaval. Os tons de vermelho-terra indicam pouca chuva. Os tons de verde indicam chuva volumosa, que podem passar de 100 mm acumulados no período de 5 dias.

 

Região Norte

Muito calor, ar abafado, pancadas de chuva frequente e períodos com sol. Esta é a situação de tempo típica da Região Norte nesta época do ano. O ar quente e úmido que predomina sobre o Norte facilita a formação das grandes nuvens que provocam pancadas de chuva.

Durante o Carnaval de 2015, as pancadas de chuva serão frequentes por quase todo o Norte do Brasil e podem ocorrer a qualquer hora do dia e da noite. A chuva pode atrapalhar a folia do Carnaval em muitas áreas do Amazonas, do Pará, do Acre e de Rondônia. Nos outros estados, as pancadas de chuva serão menos frequentes e o sol vai aparecer por mais tempo.

Nas capitais, a maior chance de problemas por causa da chuva será em Manaus, Rio Branco e em Porto Velho.

Estimativa do volume de chuva para o Carnaval. Os tons de vermelho-terra indicam pouca chuva. Os tons de verde indicam chuva volumosa, que podem passar de 100 mm acumulados no período de 5 dias.

 

Confira a previsão para todo o Brasil com apresentação de Paula Soares


 

Saiba como será o tempo durante o Carnaval em Veneza, na Itália, o mais famoso da Europa.

Terça-feira com calor e pancadas de chuva em SP
segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Calor, temporais e frente fria em SP

Os paulistas devem se preparar para a uma semana de calor, abafada e com temporais. Calor e boa disponibilidade de umidade vão fazer com que o Estado de São Paulo tenha mais pancadas de chuva também nesta terça-feira. Apesar da presença de um pouco de nuvens pela manhã, a chuva volta a ocorrer durante a tarde e em parte da noite, acompanhada de raios e por vezes com vento forte.

Como vem acontecendo nos últimos dias, a chuva não é generalizada e nem persiste por muitas horas, mas pode vir forte e até com granizo.

Até a sexta-feira, o tempo não deve apresentar grandes mudanças, apesar do risco de temporais. Porém, uma frente fria está sendo esperada para o fim de semana de Carnaval. Esta frente fria deve chegar ao litoral paulista no sábado deixando o tempo mais instável.

 

 

Estimativa de chuva sobre o Sudeste até 14 de fevereiro indica maior quantidade de chuva sobre São Paulo

Carnaval com frente fria

A folia paulista será junto com esta frente fria que deve ficar próxima do litoral paulista até a segunda-feira. Não há expectativa de queda de temperatura acentuada. O Carnaval no Estado de São Paulo será com ar abafado. O problema é que a presença desta frente fria vai ajudar a formar fortes áreas de chuva em praticamente todo o Estado. O resumo do tempo no Carnaval poderia ser : sol, calor e temporais.

 

Estimativa de chuva sobre o Sudeste entre 14 e 19 de fevereiro indica maior quantidade de chuva sobre São Paulo

 

Desfiles na capital

A chance de pancadas de chuva na região da cidade de São Paulo na noite de sexta-feira, 13 é alta. Assim, os primeiros desfiles correm o risco de ser com chuva. Mas a possibilidade de chuva na madrugada de sábado 14 é pequena.

Porém, com a chegada da frente fria ao litoral paulista no sábado, o risco de chuva aumenta bastante tanto para a noite do sábado, 14, como para a madrugada do domingo, 15.

A cidade de São Paulo fica em atenção para chuva forte no Carnaval.

 

 

 ASAS causa novo bloqueio e chuva diminui no Sudeste

Participe do Desafio #Fotografeotempo! É tempo de folia!

Dê seu depoimento na campanha BR: vida sem água

Usar ou não a água da represa Billings?

Radar Climatempo-USP

É tempo de carnaval
segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

por Patrícia Pinheiro 

O carnaval está chegando, em algumas cidades já até chegou e o famoso carnaval de rua já começou a agitar. Em Salvador, Rio de Janeiro, Maceió, São Paulo e em muitas outras cidades a folia rola solta faça chuva ou faça sol.

Para entrar na agitação e no clima de carnaval, a nova edição do desafio fotografe o tempo da Climatempo será com a hashtag #tempodefolia. Se você já saiu as ruas, ou vai começar a curtir o carnaval clique o tempo e toda a folia em sua cidade.

Para participar continua fácil, basta seguir esses 4 passos;

1º fotografe o tempo e o carnaval de sua cidade

2º publique sua foto no Instagram

3º coloque as hashtags #tempodefolia e #fotografeotempo

4º marque @climatempo na sua foto

Caso você não tenha Instagram, é só seguir todos os passos e publicar sua foto em uma de nossas redes sociais ou em nosso portal, na área “Participe”.

Você pode nos enviar quantas fotos quiser, é só não esquecer de colocar seu nome e a cidade do seu #fotografeotempo. Para você clicar muito o seu #tempodefolia o resultado do desafio sai na quinta-feira pós carnaval, dia 19.

Participe!

O carnaval já começou
sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

por Patrícia Pinheiro

Em São Paulo, e em muitas outras cidades do Brasil, o carnaval já começou! Neste fim de semana inúmeros blocos saem às ruas da capital agitando quem ainda não entrou no clima carnavalesco. A Climatempo separou alguns foliões gratuitos para você seguir neste fim de semana e, para aproveitar sem problemas com o tempo, daremos a dica da previsão!

No sábado, dia 07 de janeiro, o carnaval antecipado será com sol e temperatura subindo na capital e para aproveitar o dia confira alguns blocos para seguir:

- Bloco Loveblock: Com arranjos especiais para canções de Coldplay, Phoenix, The Killers, MGMT, Florence the Machine, entre outros. O bloco sai às13h na Rua Cojuba, no Itaim.

- Bloco Banda da Barbearia: Com axé dos anos 90 o bloco se concentra às 14h na Rua Visconde de Inhomerim.

- Bloco da Ressaca: Em sua 31ª vez nas ruas do Centro de São Paulo o bloco se concentra também às 14h no Largo do Cambuci – Saída às 16h30 passando por diversas ruas do centro.

- Bloco do Sargento Pimenta: Misturando músicas dos Beatles com o ritmo carnavalesco, o bloco carioca sai às 15h do Metrô Sumaré, passando pela Avenida Paulo VI e finalizando na Avenida Henrique Schaumann.

Quem for nos blocos que se prolongam até o fim da tarde, tem risco de pancadas de chuva, mas não se preocupe pois será fraca!

No domingo, com um dia de sol e calor tem mais blocos saindo por São Paulo, confira alguns para aproveitar.

- Bloco Esfarrapado: Em sua 68ª edição o Bloco Esfarrapado conta com marchinhas famosas e temas de escolas de samba. Saindo às 12h da Rua Pelotas o esperado é levar 10 mil pessoas para acompanhá-los.

- Acadêmicos do Baixa Augusta: O queridinho dos amantes da Rua Augusta conta com a presença de famosos, onde a Rainha é Alessandra Negrini e a Madrinha a cantora Tulipa Ruiz. Prometendo surpresas o bloco sai da Rua Augusta às 14h e pretende chegar até a Praça Roosevelt.

- Gambiarra: A famosa festa das casas noturnas sai pela primeira vez às ruas em um trio elétrico, comemorando os 7 anos de festa. A concentração acontece às 19h no  Viaduto Av. Sumaré.

O melhor de tudo, todos os blocos são gratuitos!!!

Foto: Fernanda Carvalho - Fotos Públicas

Faça chuva ou faça sol, aproveite o fim de semana sem maiores preocupações com o tempo!

Tijolinho da Vila – SP
sexta-feira, 7 de março de 2014

Confira como vai ficar o tempo no pós-carnaval que é realizado todo ano na Vila Madalena-SP, mais conhecido como Tijolinho da Vila. O evento vai acontecer no próximo domingo dia 9 de março.

 

Pós-Carnaval – RJ
quarta-feira, 5 de março de 2014

Confira com Paula Soares a previsão do tempo para o fim de semana pós-carnaval no RJ.

 

Ciclone extratropical provoca muita chuva na Argentina e Uruguai
terça-feira, 4 de março de 2014

Ciclone extratropical provoca muita chuva em Buenos Aires e Montevideu

Um ciclone extratropical se formou nesta terça-feira, 4 de março, entre o Uruguai e a região da província de Buenos Aires, na Argentina. A baixa pressão atmosférica, característica da formação de um ciclone, gerou nuvens carregadas que provocaram muita chuva sobre Buenos Aires, capital da Argentina, e sobre Montevideu, a capital do Uruguai, além de fortes rajadas de vento.

O ciclone extratropical pode ser observado nas imagens de satélite pelo movimento circular, no sentido horário, que as nuvens fazem na região entre a Argentina e o Uruguai. O centro de baixa pressão está indicado pela letra B. 

O Aeroparque na capital portenha registrou uma rajada de 72 km/h, às 9 horas. A chuva intensa causou o transbordamento de um córrego e água cobriu parte da autopista Panamericana, em Buenos Aires. Na cidade uruguaia de Molles, no departamento de Durazno, choveu 109 mm em Achar, no departamento de Tacuarembó choveu 95 mm. As medições são do serviço nacional de meteorologia do Uruguai. Em Buenos Aires, a chuva parou no começo da tarde, mas em Montevideu ainda chovia com trovoadas por volta das 18h30.

A formação do ciclone extratropical já vinha sendo esperada para este Carnaval há vários dias. A baixa pressão atmosférica nos níveis elevados da atmosfera, que deu origem ao ciclone extratropical, desloca-se para o mar nesta quarta-feira e afasta-se da costa argentina e uruguaia até o fim da semana.