Posts com a Tag ‘Espírito Santo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Previsão de chuva para o Brasil nos próximos 7 dias
terça-feira, 26 de maio de 2015

por Lívia Fernanda

A colheita de café conilon da safra 2015/2016 avança no Espírito Santo, mas está em ritmo menor que no período anterior. A maturação dos grãos está bem avançada na maioria das lavouras. Com isso, caso o clima siga favorável com o tempo mais estável, a colheita no estado pode ser finalizada em julho. O Espírito Santo é o principal produtor da variedade de café conilon no Brasil. Confira qual será a tendência do acumulado de chuva para os próximos 7 dias em todo o Brasil.

Frente fria provoca mais chuva em MG e no ES
terça-feira, 5 de maio de 2015

Cidades de Minas Gerais do Espírito Santo entraram na lista das que receberam mais chuva em 24 horas. Segundo a medição do Instituto Nacional de Meteorologia, entre 21 horas do dia 4 e 21 horas de 5 de maio choveu aproximadamente 32 mm sobre São João del Rei e na região de Viçosa, as duas em Minas Gerais, e 31 mm em Alfredo Chaves, no Espírito Santo. Alegre, também neste estado, recebeu quase 27 mm de chuva neste período e Ibirité, na Grande Belo Horizonte, 25 mm.  Juiz de Fora, na zona da mata mineira, passou grande parte da terça-feira com chuva .

Em Caratinga choveu quase 23 mm em apenas 1 hora na noite desta terça-feira. A média de chuva para todo o mês de maio é de 26 mm.

Se estivéssemos no verão, estes volumes de chuva seriam pequenos. Mas para os padrões de maio, época em que a chuva já é escassa em Minas Gerais, é muita chuva, quase toda aquela que normalmente cai em maio.

O mapa mostra a média de chuva normal para maio na Região Sudeste. Em Minas Gerais, as médias mais elevadas ocorrem no Sul de Minas, mesmo assim não passam dos 100 mm. No Espírito Santo, a média de chuva de maio também não supera 100 mm.

 

Chuva de maio supera a média em Belo Horizonte

A média de chuva para maio em Belo Horizonte é de aproximadamente 30 mm, tecnicamente um valor baixo. Esta média já foi superada só com a chuva que caiu entre os dias 30 de abril e 1 de maio e a chuva entre os dias 4 e 5 de maio. No total, o Instituto Nacional de Meteorologia já registrou 44,5 mm de chuva no centro da cidade.

A população de Minas Gerais está acostumada aos dias secos de maio, mas por enquanto vai poder contar com pouco mais de chuva. Uma frente fria que está próxima do Espírito Santo será reforçada até a quinta-feira. Assim, as áreas de instabilidade que já estão sobre Minas Gerais e sobre o Espírito Santo vão continuar provocando mais chuva.

Acumulado de chuva para o Brasil nos próximos 7 dias
segunda-feira, 4 de maio de 2015

por Lívia Fernanda

O Espírito Santo é o maior produtor de café conilon do país e os produtores tem pressa para a colheita. Em algumas propriedades de Colatina, no noroeste capixaba, os agricultores correm para tirar os grãos do pé, pois em meio aos grãos maduros, há frutos amarelados e outros já secando por causa do sol. A previsão era que fossem colhidas 9 milhões de sacas de café, mas por causa da estiagem, a produção deve ficar em torno de 7,5 milhões, segundo o Instituto Capixaba de Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Confira qual será a tendência do acumulado de chuva para os próximos 7 dias em todo o Brasil.

Frente fria provoca chuva no Sudeste
segunda-feira, 6 de abril de 2015

Uma nova frente fria avança pelo litoral da Região Sudeste e aumenta as condições para chuva em todos os Estados. O deslocamento da frente fria no decorrer desta segunda-feira reforça as áreas de instabilidade sobre o Rio de Janeiro, Minas Gerais e sobre o Espírito Santo.

Tecnicamente o ar polar da frente fria avança sobre São Paulo durante a manhã e no decorrer da tarde sobre o Rio de Janeiro e o centro-sul de Minas Gerais. No norte de Minas Gerais e no Espírito Santo, os ventos de origem polar devem ser sentidos durante a noite.

 

Há risco de chuva moderada a forte no decorrer do dia, mas especialmente sobre o Rio de Janeiro, Minas Gerais e sobre o Espírito Santo. No centro-oeste e sul de São Paulo, não deve chover mais durante a tarde.

 

 

 

Queda da temperatura

O ar polar chega ao Sudeste com fraca a moderada intensidade, mas vai causar alguma queda da temperatura em toda a Região no decorrer da semana. As noites ficam mais frescas e as tardes menos abafadas.

Veja a tendência da temperatura nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Vitória

A semana que está começando com predomínio de muitas nuvens e chuva deve terminar com pouca chuva e ar seco.

Confira a previsão para semana na Região Sudeste

Duas frente frias no Brasil na primeira quinzena de abril

Muitas nuvens e risco de temporais no ES
quinta-feira, 2 de abril de 2015

A chegada de uma frente fria trouxe mudanças no tempo para o Estado do Espírito Santo. O sol forte deu lugar às nuvens e pancadas de chuva. Mas  o feriado prolongado promete mais mudanças no céu capixaba.

As imagens do satélite meteorológico mostra o avanço de muitas nuvens que são capazes de provocar chuva forte. A frente fria chegou em uma área bastante aquecida o que favorece a formação de grandes nuvens do tipo Cumulonimbus (Cb).

Os tons em azul indicam as áreas onde há uma chance maior de chuva forte.

Clique na imagem e veja imagens de satélite de todo o Brasil

Os volumes de chuva se elevaram desde a tarde da quarta-feira (01) quando choveu um total de 35mm entre 16h e as 20h na cidade de Alegre segundo informações do INMET.

A tarde de quinta-feira ainda promete chuva forte com o avanço de nuvens carregadas vindas do interior em direção ao litoral capixaba. A grande quantidade de nuvens no céu dificulta o aquecimento da atmosfera e apesar da sensação de abafamento em algumas áreas a temperatura máxima não deve subir tanto.

Feriado prolongado começa com muitas nuvens e termina com muito sol

Ao longo do feriado prolongado, que começa na sexta-feira (03), a frente fria se afastará das áreas do Espírito Santo. Com isso as áreas de instabilidade começam a perder força a partir do sábado (04), a sexta-feira ainda promete ter temporais e muita nebulosidade. No domingo (05) o sol voltará forte ao longo da tarde para áreas do litoral e na Grande Vitória. As áreas de serra ainda terão pancadas de chuva rápidas entre a tarde e a noite.


Veja como vai ficar o tempo na Páscoa! A Maira parou a Fabi antes de ir embora na porta da Climatempo para perguntar! Clique e confira!

Grandes volumes de chuva em MG e ES
terça-feira, 24 de março de 2015

A presença de uma frente fria entre o Espírito Santo e o sul da Bahia incentiva a organização de grandes áreas de instabilidade e vai provocar mais chuva sobre áreas capixabas e mineiras ao longo da terça-feira (24). Essa mesma frente foi a responsável pelos temporais da tarde de segunda-feira (23) sobre áreas do centro-norte de Minas Gerais e do Espírito Santo e seu deslocamento favorece a chegada de nuvens carregadas também sobre o sul da Bahia.

Na animação do satélite meteorológico é possível ver a presença da frente fria organizando instabilidades e provocando pancadas de chuva ainda em áreas do nordeste mineiro.

Clique na imagem e acompanhe o satélite para todas as regiões do Brasil

Segundo informações das estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) entre às 10h da manhã de segunda-feira e 10h da manhã de terça-feira choveu 89,4mm na cidade de Águas Vermelhas-MG. Em Santa Teresa-ES choveu cerca de 34mm no mesmo período, mas esta chuva se concentrou entre a tarde e a noite da segunda-feira principalmente e veio com forte intensidade.

Mais sol e menos chuva até sexta-feira

A frente fria vai se afastar para o oceano durante os próximos dias. Com isso os dias de sol já voltam a predominar sobre o centro-leste de Minas Gerais e Espírito Santo. O ar volta a descer das camadas mais altas da atmosfera para as camadas mais baixas, impedindo assim a formação de grandes nuvens que possam provocar chuva, ou seja, o ar seco voltará a predominar.

As condições do tempo tendem a mudas novamente no fim de semana com a aproximação de uma nova frente fria.

Sudeste entra no outono com chuva e ar polar
terça-feira, 17 de março de 2015

Os últimos dias do verão de 2015 estão sendo marcados por muitas áreas de instabilidade sobre a Região Sudeste. A chuva já caiu forte e causou transtornos esta semana em várias regiões de São Paulo, do Rio de Janeiro e de Minas Gerias, inclusive sobre as capitais. Embora em pequenas regiões, as pancadas de chuva nesta terça-feira voltaram a ocorrer até sobre o Espírito Santo.

A circulação de ventos sobre o Brasil em diversos níveis da atmosfera e o predomínio de ar quente e úmido vão manter as condições para formação de muitas áreas de instabilidade sobre  Sudeste no decorrer da semana.

 

 

Risco de chuva forte

As pancadas de chuva continuam frequentes até o fim de semana, principalmente à tarde e à noite, com risco de temporais também nesta quarta-feira. Porém, a chance de chover sobre o nordeste de Minas Gerais e sobre o Espírito Santo é baixa.

Calor

Não há previsão de entrada de ar polar por enquanto e a última semana do verão segue com sensação de abafamento. As temperaturas mais elevadas, até acima dos 35°C, devem ser observadas sobre o norte de Minas Gerais e sobre o Espírito Santo.

 

Frente fria no início do outono

O outono começa oficialmente na sexta-feira, 20 de março, às 19h35, pelo horário de Brasília. No próximo fim de semana, o primeiro do outono, muitas áreas da Região Sudeste vão sentir o impacto da chegada de uma frente fria que vem trazendo uma massa polar com moderada a forte intensidade.

O choque térmico entre o ar quente que está sobre o Sudeste e o ar polar da frente fria vai colaborar para ocorrência de temporais no próximo fim de semana

Queda da temperatura

O ar polar da frente fria começa entrar no Sudeste durante o domingo. A nebulosidade, a chuva e o vento frio vão causar uma queda brusca da temperatura sobre São Paulo, no Rio de Janeiro, no centro-oeste e no Sul de Minas Gerais. Como ar está bastante abafado e quente, o impacto será grande, mas não se deve pensar em temperaturas muito baixas.

O calor acabou?

Muita gente está sonhando com o fim do calor, mas a atmosfera não esfria de uma hora para outra. A diminuição do calor ocorre de forma gradual e com sucessivas massas polares. O calor ainda não acabou. O efeito desta massa polar sobre o Sudeste será rápido.

Confira a tendência para o outono na Região Sudeste.

 Por que ocorrem as estações do ano? O que quer dizer equinócio?

Muita chuva no Espírito Santo
quarta-feira, 4 de março de 2015

A borda do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) ainda é capaz de organizar instabilidades sobre o Estado do Espírito Santo e também trazer nuvens carregadas para o norte do Rio de Janeiro. As imagens de satélite meteorológico mostravam o avanço das nuvens de chuva nos tons em azul e branco entra a manhã e o início da tarde de quarta-feira (04).

Clique na imagem e veja o satélite para todo o Brasil

Os temporais já acarretaram em transtornos na cidade de Vitória durante a tarde da terça-feira (03) e retornaram no início da tarde de quarta-feira. A chuva não caiu apenas na capital capixaba, a cidade de Linhares registrou um total de 50,6mm de chuva entre as 12h e as 14h.

Nuvens carregadas em Vitória. Por Talita Carvalho.

O aeroporto de Goiabeiras na região metropolitana de Vitória, registrou a presença de pancadas de chuva nas proximidades e a presença de nuvens do tipo Cumulonimbus (Cb) às 14h.

Menos chuva nos próximos dias

O afastamento e enfraquecimento do VCAN vai fazer com que a chuva em Vitória perca força. Na quinta-feira (05) ainda há o risco de pancadas de chuva rápidas típicas do verão. Já na sexta-feira (06) o ar seco já volta a marcar presença e a tendência é de muito sol e não há a previsão de chuva.

No norte do rio de Janeiro o sol também vai aparecer forte, mas as pancadas de chuva rápidas entre a tarde e a  noite ainda acontecem inclusive com risco de temporal.

ES e norte do RJ terão mais chuva
terça-feira, 3 de março de 2015

Atualizado às 21h50 de 03/03/2015

A presença de um Vórtice Ciclônico nos Altos Níveis atmosféricos (VCAN) sobre o mar, próximo à costa do Espírito Santo, organiza áreas de instabilidades que espalham nuvens carregadas sobre este estado e também sobre o norte do Rio de Janeiro e nordeste de Minas Gerais, região onde estão os vales dos rios Doce e Jequitinhonha.  A sequência de imagens de satélite mostra vários aglomerados de nuvens carregadas que se espalharam sobre estas regiões durante a terça-feira (03) e provocaram temporais.

Mais chuva

Ao longo dos próximos dois dias há o risco de mais chuva por toda a região entre o norte do Rio de Janeiro, o nordeste mineiro e o Espírito Santo. A chuva ocorre em forma de pancadas, principalmente à tarde e à noite. Nas áreas próximas do litoral capixaba, pode chover a qualquer hora. Estas condições vão predominas na quarta-feira (04) e na quinta-feira (05). Na sexta-feira (06), as áreas de instabilidade enfraquecem e as pancadas de chuva devem ser menos frequentes e só entre a tarde e a noite. O sol forte e o tempo seco voltam a predominar no fim de semana.

Vitória: 40% da chuva de março em 24h

Vitória, capital do Espírito Santo,  sentiu os temporais em vários momentos. A chuva forte caiu inclusive sobre o aeroporto de Goiabeiras, onde a visibilidade baixou para 1000 metros, às 14h10.

Segundo informações da estação automática do INMET, choveu 44,8 mm entre 20 horas do dia 2 e 20 horas do dia 3 de março. Este volume de chuva representa 40% da média de chuva para março que é de aproximadamente 111 mm. Durante o temporal a tarde de terça-feira choveu 18,4 mm entre 13 e 15 horas.

Chuva forte no norte do RJ

As nuvens carregadas que se espalharam sobre  norte do Estado do Rio de Janeiro provocaram chuva forte em vários locais. Em Campos dos Goytacazes, o Inmet registrou 47,2 mm apenas entre o meio-dia e 20 horas, sendo de 20,8 mm caíram apenas em 1 hora, o que tecnicamente representa chuva forte.

Campos dos Goytcazes (RJ) chuva forte causa alagemento em 3-3-2015 Petterson Viana

Campos dos Goytcazes (RJ): chuva forte causa alagemento em 3-3-2015, por Petterson Viana

Baixas pressões aumentam a chuva no centro-sul do Brasil

No fim da semana e durante a próxima semana, várias áreas de baixa pressão atmosférica vão influenciar o centro-sul do Brasil facilitando a formação de áreas de instabilidade que podem provocar chuva forte. Estas áreas de instabilidade devem aumentar a frequência da chuva sobre o centro-sul do Estado do Rio de Janeiro, mas terão pouca influência no norte fluminense e no Espírito Santo.

 

Chuva de fevereiro deu apenas pequeno alívio na crise energética

Já fotografou o tempo hoje?

MG e ES devem ter chuva forte no fim de semana
sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Durante o fim de semana, uma frente fria avança pelo litoral da Região Sudeste e deve alcançar o litoral do Espírito Santo. Com a passagem da frente fria, os ventos marítimos se intensificam sobre o Sudeste e vão trazer mais umidade para Minas Gerais e também para o Espírito Santo . Isto vai ajudar formar mais nuvens carregadas durante o fim de semana. Há risco de chuva forte sobre os dois estados no fim de semana. As capitais Belo Horizonte e Vitória também podem ter chuva forte chuva forte.

 

 

A meteorologista Josélia Pegorim cometa o aumento da chuva sobre estes dois estados.

 

 

Litoral do Sudeste tem mar agitado

A intensificação dos ventos na costa Sul e Sudeste do Brasil no fim de semana deixa o mar agitado. As ondas crescem no fim de semana, mas não há expectativa de ressaca.

Confira os detalhes da previsão das ondas

Confira as ondas na sua praia e ache a sua tribo no Climasurf

Belo Horizonte tem mês mais chuvoso em dois anos

 

O total de chuva acumulado em Belo Horizonte em fevereiro de 2015 já o maior desde abril de 2014. Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia, no centro da cidade, em 26 dias de fevereiro choveu 228,6 mm, valor que supera em 11% a média para o mês, que é de 206 mm. Em abril de 2014 choveu 235,3 mm

 

 

As pancadas de chuva de fevereiro na região da Grande Belo Horizonte estão ajudando a elevar o nível do Sistema Paraopeba, que abastece de água a região metropolitana da capital mineira.

 

Já fotografou o tempo hoje?

Confira a previsão de chuva para o Brasil para 15 dias

Como será a chuva no Sudeste no mês de março?