Posts com a Tag ‘Granizo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva forte se espalha pelo Grande Rio
quinta-feira, 10 de julho de 2014

Frente fria que passou pelo litoral do Rio de Janeiro intensificou a instabilidade no Estado deixando as nuvens mais carregadas. Áreas de chuva forte se formaram no mar e chegaram no Grande Rio. Houve registro de granizo na área de Copacabana. O Alerta Rio – Prefeitura do Rio de Janeiro colocou a cidade em estado de atenção devido a intensidade das chuvas.

A imagem do radar meteorológico do Pico do couto, operado pela aeronáutica, mostra chuva forte, em ponto amarelos e avermelhados, principalmente sobre o litoral e na região do Grande Rio.

Radar do Pico do Couto – REDEMET (15:27 horário local)

 


Nas próximas horas há condição para mais chuva que pode ser de moderada a forte em muitas áreas do Grande Rio. A chuva persiste durante a noite desta quinta-feira. Durante a madrugada e manhã desta sexta-feira ainda chove, mas com fraca intensidade. Durante a tarde já há previsão de aberturas de sol. No fim de semana a nebulosidade e as condições de chuva diminuem ainda mais. Predomínio de sol por grande parte do dia e as pancadas de chuva ocorrem ao longo da tarde e da noite.

Confira também alerta para mar agitado nos próximos dias.

Temporais no Rio Grande do Sul
quinta-feira, 3 de julho de 2014

Áreas de instabilidade associadas a um sistema de baixa pressão e ao fluxo de ar quente e úmido que chega do Norte ganharam força no interior do Rio Grande do Sul. As nuvens carregadas se espalham pelo estado e provocam pancadas de chuva moderadas a fortes, acompanhada de raios durante a noite desta quinta-feira e ao longo da madrugada de sexta-feira. A imagem em destaque (radar meteorológico de Santiago, operado pelo Comando da Aeronáutica) mostra núcleos de chuva até com forte intensidade (de tonalidade avermelhada), até com potencial para granizo e ventania, espalhados pelo centro-oeste gaúcho. Estas instabilidade avançam também para o leste e a capital Porto Alegre deve ter chuva forte com algumas trovoadas.

 

 

Granizo em São Paulo (SP)
quarta-feira, 18 de junho de 2014

Nuvens carregadas associadas ao tempo abafado e a uma frente fria já provocam pancadas de chuva, com trovoadas e algumas pedras de granizo na zona sul de São Paulo nesta tarde de quarta-feira.

Temporal na serra do RS e no sul de SC
sexta-feira, 13 de junho de 2014

Nuvens muito carregadas associadas a uma frente fria estão espalhadas entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina nesta noite de sexta-feira. O radar meteorológico do Morro da Igreja (SC), em destaque, mostra núcleos de chuva muito forte, até com potencial para provocar granizo e rajadas de vento superiores a 70 km/h, em muitas áreas da região serrana gaúcha. O radar indica a presença de núcleos de chuva de moderada a forte intensidade também no sul de Santa Catarina. E até o começo da madrugada de sábado o tempo segue instável com previsão de mais pancadas de chuva, também em áreas de serra e planalto de SC. Há risco de temporal.

Granizada em Bruxelas cancela futebol
sábado, 7 de junho de 2014

Enormes pedras de gelo começaram a cair sobre Bruxelas, capital a Bélgica, na tarde deste sábado, 7 de junho, o que obrigou o cancelamento do amistoso de futebol entre a Bélgica e a Tunísia.

Veja fotos e saiba o que provocou a granizada em Bruxelas no Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014.

A Bélgica vai fazer sua primeira participação na Copa do Mundo no Brasil no dia 17 de junho, contra a Argélia. O jogo será em Belo Horizonte e a chance de granizo por lá é quase nula, para não dizer zero.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

 

  

Granizada cancela Bélgica x Tunísia
sábado, 7 de junho de 2014

O jogo amistoso entre Bélgica e Tunísia, em Bruxelas, capital da Bélgica, teve que ser cancelado na tarde deste sábado, 7 de junho, por causa de uma chuva de granizo. As pedras de gelo eram enormes e puderam ser facilmente observadas por quem estava vendo o jogo pelos canais de tv à cabo.

As fotos abaixo são de Renato Urbinder, que estava vendo o jogo pela ESPN e capturou as imagens pelo celular. O tamanho do granizo é impressionante!

 

 

Granizada no amistoso entre Bélgica e Tunísia, em Bruxelas - 7 /7/2014 - reprodução de TV

Granizo no amistoso entre Bélgica e Tunísia, em Bruxelas - 7 /7/2014 - reprodução de televisão

Granizada no amistoso entre Bélgica e Tunísia, em Bruxelas - 7 /7/2014 - reprodução de TV

 

O que provocou a granizada?

Uma grande frente fria avançou sobre parte oeste do Europa neste sábado, associada um ciclone extratropical.  A frente fria entrou na Bélgica e formou as nuvens carregadas que provocaram o granizo sobre Bruxelas.  No aeroporto de Bruxelas, a temperatura chegou aos 27°C neste sábado.

 

 

 

A Europa já vive o clima de verão, que vai começar oficialmente no dia 21 de junho, às 7h51, pelo horário de Brasília.

A carta sinótica do serviço meteorológico do Reino Unido mostra a posição da frente fria às 12 UTC (9h de Brasília). As linhas azuis com triângulos são a representação internacional de uma frente fria. A linha vermelha com meias bolas indicam uma frente quente.

 

 

 

 A sequência de imagens do satélite Meteosat mostra o deslocamento das bandas de nuvens da frente fria da França para a Bélgica e Holanda.

 

 

 

 

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Temporal na região de Astorga (PR)
sexta-feira, 6 de junho de 2014

Nuvens muito carregadas seguem espalhadas pelo norte do Paraná nesta noite de sexta-feira. Os radares meteorológicos mostram núcleos de chuva intensa, com potencial para provocar vento forte e granizo, na região entre Astorga, Iguaraçu e Munhoz Melo.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Sul ainda terá muita chuva até o domingo
quinta-feira, 5 de junho de 2014

Depois de registrar frio intenso no começo da semana, com temperaturas abaixo e zero e muita geada, o Sul do Brasil voltou a ter chuva forte e volumosa.

A passagem de uma frente fria pelo oceano combinada com condições especiais de pressão e ventos nos níveis mais elevados da atmosfera gerou nuvens muito carregadas nesta quinta-feira, 5 de junho, que provocaram chuva forte e volumosa, além de granizo e rajadas de vento.

 

 

 

A tabela mostra alguns volumes de chuva registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia acumulados entre 21h de 4 de junho até 21h de 5 de junho. Porém, a chuva aconteceu quase que somente na quinta-feira.

 

 

 

Santa Marta (SC) registrou rajadas de vento de 83 km/h e Teutônia (RS), de 77 km/h.

Uma nova frente fria vai chegar ao sul no fim de semana trazendo mais temporais. A população deve ficar atenta para problemas causados pela ventania e excesso de chuva além de granizo.

A foto mostra a granizada que ocorreu em Petrolândia (SC) na noite de 4 de junho.

 

 

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014.

De olho na bola e no tempo!

Quinta-feira segue com temporais no Sul do Brasil
quinta-feira, 5 de junho de 2014

Uma frente fria avança sobre o Sul do Brasil e estimula o crescimento de nuvens muito carregadas sobre a Região. Radares meteorológicos detectam chuva muito intensa. No Rio Grande do Sul, os núcleos dentro dos círculos brancos indicam potencial para tempestade com granizo e ventania. Em Lagoa Vermelha, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajadas de 69 km/h às 13h e às 14 h. A imagem é do radar meteorológico de Santiago, operado pela Aeronáutica. Na outra imagem, do radar meteorológico do Morro da Igreja, as manchas vermelhas indicam chuva forte e avançam para a Grande Florianópolis.

 

 

 

 

No decorrer da tarde de noite desta quinta-feira, estas nuvens carregadas se espalham pelos estados do Sul e há risco de tempestades em muitas áreas. A situação é de alerta para mais temporais até o domingo.

 

 

Neve, granizo, chuva e areia no deserto do Chile
domingo, 25 de maio de 2014

A passagem de uma forte área de baixa pressão atmosférica, em médios e altos níveis atmosféricos, sobre o norte do Chile, cruzando a Cordilheira dos Andes, proporcionou uma série de fenômenos extraordinários e raros nesta parte do Chile que é desértica. Em poucas horas, uma ventania levantou muita poeira que reduziu a visibilidade, começou a chover, caiu granizo, choveu e foi esfriando. Assim que a temperatura do ar baixou para 0°C, começou a nevar! Esta baixa pressão intensificou a instabilidade entre o Brasil e o Paraguai aumentando a chuva no Sul e em Mato Grosso do Sul.

 

 

 

 

As frases abaixo representam informações codificadas do aeroporto de El Loa, perto de Calama. O que está destacado em negrito são abreviaturas de nomes em inglês (quase todos), de fenômenos meteorológicos que ocorreram no local.

Ao lado das siglas dos fenômenos podemos encontrar o sinal de “-“ indica fraco, o sinal “+”, forte e sem sinal é moderado

SN – snow (neve);

FG – fog (nevoeiro)

RA – rain (chuva)

SA – sand (poeira)

GR – (granizo)

SH – shower (pancada – de chuva)

BL – blowing (soprando) – BLSA – poeira soprando sobre o local, levantada pelo vento..

O número 57 kt indica a velocidade do vento: 57 kt (nós) dá aproximadamente 105 km/h. Veja outras conversões! Quando a poeira foi levantada, a visibilidade ficou reduzida para 2000 metros à leste (2000E).

M03/M08 – grupo de temperatura em graus Celcius, onde o M representa o sinal negativo. A temperatura do ar é o número da esquerda: -3°C

 

SCCF 251000Z 09018KT CAVOK M03/M08 Q1027
SCCF 250900Z 17013KT CAVOK M01/M06 Q1026
SCCF 250800Z 10014KT CAVOK M03/M05 Q1027
SCCF 250700Z 22013G37KT 100V250 CAVOK M03/M05 Q1027
SCCF 250600Z 15036G57KT 100V240 CAVOK M02/M05 Q1028
SCCF 250500Z 10024KT 090V170 CAVOK M03/M04 Q1028
SCCF 250400Z 10020KT CAVOK M03/M04 Q1027
SCCF 250300Z 13014KT 080V250 9999 SCT060 M02/M02 Q1027
SCCF 250200Z 14012KT 1500 -SN BR OVC006 00/00 Q1026
SCCF 250100Z 10009KT 0800 -SN FG OVC005 00/00 Q1025
SCCF 250000Z 26022KT 190V320 0800 SN BR OVC005 00/00 Q1024
SCCF 242300Z 25012KT 1000 SN OVC005 00/00 Q1023
SCCF 242200Z 26014KT 2000 RA OVC005 01/01 Q1022
SCCF 242100Z 26021KT 9999 SHGR OVC040 04/02 Q1021
SCCF 242000Z 28022KT 9999 VCSH BKN050 09/M00 Q1020
SCCF 241900Z 29026KT 9999 2500E BLSA SCT050 10/M02 Q1020
SCCF 241800Z 28031G42KT 9999 1500E BLSA SCT050 12/M07 Q1020
SCCF 241700Z 30029G41KT 9999 2000E BLSA FEW050 12/M10 Q1021
SCCF 241600Z 29024KT 9999 FEW050 11/M03 Q1022
SCCF 241500Z 25019KT 9999 FEW050 10/01 Q1022
SCCF 241400Z 33017KT 9999 FEW050 11/M04 Q1022
SCCF 241300Z 29015KT 9999 SCT050 07/01 Q1023
SCCF 241200Z 27012G23KT 9999 SCT050 06/01 Q1022
SCCF 241100Z 32019KT 9999 SCT050 08/M03 Q1021