Posts com a Tag ‘litoral de São Paulo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Temporal na Grande SP
sexta-feira, 13 de março de 2015

Atualizado em 13/03/2015 às 12h30

Instabilidades avançam do interior para a Região Metropolitana de São Paulo e favorecem pancadas de chuva já no final da manhã da sexta-feira (13). Segundo as imagens dos radares meteorológicos Climatempo-USP a chuva forte se espalha sobre a Zona Norte e Sul da Capital Paulista.

Radares Climatempo-USP às 12h17. Clique na imagem e veja os Radares Climatempo-USP em tempo real

Ao longo das próximas horas ainda há o risco de mais pancadas de chuva em toda a Grande São Paulo. Há o risco de chuva forte acompanhada por raios.

O outono começa na sexta-feira, dia 20 de março às 19h45 horário de Brasília, e, sendo assim, neste último fim de semana do verão as condições do tempo serão típicas da estação. Ou seja, desde hoje, o sol aparece com alguma variação de nuvens ao longo da manhã, o suficiente para a temperatura subir e a sensação ser de calor. Para o fim de semana, as temperaturas ficam em torno de 28°C à tarde. E em torno de 20°C na madrugada.

Com a umidade disponível na atmosfera, facilita a formação de nuvens mais carregadas que provocam pancadas de chuva isoladas a partir do meio da tarde para a sexta-feira, o sábado e o domingo. Há risco de temporais isolados e passageiros, com rajadas de vento e raios.

O Ciclone Subtropical está se afastando da costa do país, mas esse sistema ajuda a trazer umidade proveniente da Amazônia e, com isso, somente o calor e a alta umidade influenciam o tempo na Grande São Paulo.

Para todo o litoral paulista, as condições do tempo serão parecidas com a Grande São Paulo, com sol, calor e as pancadas de chuva somente a partir da tarde, também com risco de temporais.

Já para o interior do Estado, algumas áreas de instabilidade seguem atuando durante todo o fim de semana. O predomínio é de muitas nuvens, períodos de céu encoberto e há previsão de chuva a qualquer hora do dia. Há risco de temporais, chuva forte com rajadas de vento e raios, principalmente no norte paulista e na região da Mogiana.

Por enquanto, para o primeiro fim de semana do outono, uma frente fria promete avançar sobre São Paulo e provocar chuva generaliza com até forte intensidade em todo o Estado, inclusive a Grande São Paulo.

Frente fria chega ao litoral de SP com chuva forte
quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Uma nova frente fria avança pelo litoral de São Paulo no decorrer desta sexta-feira trazendo chuva forte e ventania.  Uma grande mudança nas condições do tempo será sentida já na madrugada. A situação é de alerta para a chuva volumosa e ventania que pode causar mais transtornos.

Frente fria provocou chuva forte e ventania no litoral de Santa Catarina na noite de quinta-feira, 29. As rajadas em Florianópolis chegaram aos 74 km/h no aeroporto.

Volta a chover forte sobre a Baixada Santista

A preocupação com deslizamento de encostas é grande porque há pouco mais de uma semana, entre os dias 22 e 24 de janeiro, várias áreas da cidade de Santos e de São Sebastião ficaram alagadas por causa da chuva torrencial. O grande volume de chuva deixou o solo encharcado. Assim, uma chuva intensa agora coloca a região de Santos e de São Sebastião com alto potencial para queda de barreiras.

 

São Vicente (SP) 13-12-2014 por Alexandre

Histórico de chuva: chuva de um mês em 48 horas

Entre 9 horas do dia 22 e 9 horas do dia 24 de janeiro de 2015  a Defesa Civil registrou 289,5 mm de chuva. Nestas 48 horas choveu mais do que a média normal para todo o mês de janeiro, que é de aproximadamente 279 mm. O total acumulado entre 21 e 25 de janeiro foi de 397,1 mm. O total de chuva em janeiro, até 9 horas do dia 29, estava em 450,9 mm, quase 62% de chuva acima do normal..

O temporal entre 22 e 24 de janeiro aconteceu um mês após um outro evento de chuva torrencial, na época do Natal de 2014, que deixou parte de Santos também debaixo d´água. Entre 22 e 24 de dezembro de 2014 choveu quase 292,0 m. Foram 172,9 mm entre 22 e 23 de dezembro e outros 119,0 entre os dias 23 e 24 de dezembro de 2014. O mês de dezembro do ano passado fechou com quase 404 mm de chuva, sendo que a média normal é de 235 mm.

Calor diminui

A quinta-feira foi marcada por muito calor no litoral paulista. Em Santos, a temperatura chegou aos 35°C. A previsão é de que a temperatura caia ao longo da sexta-feira por conta chegada dos ventos do quadrante sul que trazem o ar frio polar, do excesso de nebulosidade que impede a entrada dos raios solares e da chuva que deve persistir por muitas horas.

Mar agitado

A passagem da frente fria deixa os ventos mais constantes e fortes nos próximos três dias. O mar fica um pouco  agitado, com ondas que podem passar de 1,0 metro mas não há risco de ressaca.

Ache a sua onda e sua tribo no Climasurf

Chuva ácida foi confirmada

A CETESB confirmou a presença de chuva ácida na cidade de Cubatão na sexta-feira (23). Um vazamento de óxido de enxofre (SO2) da chaminé de uma fábrica acabou favorecendo a formação do trióxido de enxofre (SO3) que combinado com a água presente na atmosfera é capaz de gerar o ácido sulfúrico (H2SO4) que acaba provocando a chuva ácida.

A meteorologista Josélia Pegorim alerta para as condições tempo severo no litoral de São Paulo por causa da passagem da frente fria.

 

Como será a chuva e a temperatura em fevereiro?

Sem ZCAS e sem ZCIT

Saiba como se proteger dos raios!

 

Chuva diminui no litoral de SP
sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A cidade de Santos, no litoral paulista, voltou a ser alagada entre a noite do dia 22 e a madrugada do dia 23 de janeiro de 2015 por causa do grande volume de chuva. A Defesa Civil registrou 186,2 mm de chuva entre os dias 22 e 23 de janeiro, sendo que já havia chovido 77,0 mm entre os dias 21 e 22.

Santos (SP): céu nublado após o temporal 23-1-2015 por Vanessa Brazil

 

O total acumulado entre 221 e 23 de janeiro foi de 263,4 mm, pouco menos do a média de chuva normal para todo o mês de janeiro que é de aproximadamente 279,0 mm. Até o dia 23 de janeiro, a cidade de Santos recebeu 318,1 mm de chuva.

 

O temporal entre 22 e 23 de janeiro acontece um mês após um outro evento de chuva torrencial, na época do Natal de 2014, que deixou parte de Santos também debaixo d´água. Entre 22 e 24 de dezembro de 2014 choveu quase 292,0 m. Foram 172,9 mm entre 22 e 23 de dezembro e outros 119,0 entre os dias 23 e 24 de dezembro de 2014. O mês de dezembro do ano passado fechou com quase 404 mm de chuva, sendo que a média normal é de 235 mm.

 

 

A chuva forte desta semana ocorreu por causa da presença de uma área de baixa pressão atmosférica entre o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, que se organizou após a passagem de uma frente fria. A baixa pressão se afasta do litoral paulista no fim de semana, mas ainda há condições para pancadas de chuva por causa do calor e da umidade elevada.

 

 

A meteorologista Josélia Pegorim explica porque a baixa pressão provocou o temporal e fala da tendência para o fim de semana.

Muito sol no litoral de SP no fim de semana
sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Quem já está no litoral de São Paulo curte a praia nesta sexta-feira com calor e pouca onda. As praias do litoral norte estavam com menos nebulosidade e mais sol no começo da tarde em relação à Baixada Santista e ao litoral sul.

O primeiro fim de semana do verão promete muito sol e calorão por todo o litoral paulista. A nebulosidade deve diminuir no litoral sul e na região da Baixada Santista neste sábado garantindo mais sol já pela manhã. Há possibilidade de pancadas de chuva com raios, mas só no fim da tarde e no início da noite. Mesmo assim, a chuva não vai se prolongar por muitas horas.

O mar fica baixo, com ondas em torno de meio metro, tanto no sábado como no domingo.

Ache a sua onda e a sua tribo no Climasurf

 

 

Domingo com calor pré-frontal

O domingo promete mais sol e mais calor do que o sábado e nem há previsão de chuva para o litoral norte e nem para a Baixada Santista. O litoral sul poderá ter alguma chuva só no fim da tarde.

Mas o calor poderá até incomodar. Os ventos quentes das direções norte e noroeste vão predominar ajudando a esquentar ainda mais o ar. É o calor pré-frontal, que poderá se aproximar dos 40°C.

Uma nova frente fria chega ao litoral paulista na segunda-feira aumentando a nebulosidade e as condições para chuva. Mas o calor continua! Na terça-feira, o sol vai aparecer junto de muitas nuvens nas praias paulistas. Chove principalmente à tarde e à noite. O calor diminui

 

Virada para 2015

No dia 31 de dezembro de 2015, esta frente fria se afasta para alto-mar deixando um pouco de nuvens. O dia pode até amanhecer nublado, com névoa, mas depois o sol fica forte. Volta  chover à tarde e em parte da noite. A chuva deve parar bem antes da virada para 2015.

 

Desidratação é um dos perigos do verão 

Raios UV e o seu tipo de pele

Retrospectiva: 10 tempos de 2014 que não vamos esquecer

 

 

Litoral de SP tem sol no primeiro fim de semana do verão
quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

A previsão sol para o litoral é o melhor presente de Natal que se poderia dar para a população,  depois da chuva torrencial que caiu no nos dias 22 e 23 de dezembro de 2014. Cidades da Baixada Santista e do Litoral Norte registram grandes alagamentos que deixaram carros debaixo d´água.

Em Santos, segundo dados da Defesa Civil, choveu 291,1 mm entre os dias 22 e 24 de dezembro, valor que já supera a média histórica de chuva para todo o mês de dezembro que é de aproximadamente 235 mm. O total acumulado desde o início do mês até manhã do dia 24 era de 369,2 mm.

São Sebastiao (SP) enchente em 23-12-2024 por Lucas Lima

 

ASAS do solA chuvarada foi provocada por uma frente fria que já está se afastando do litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. As áreas de instabilidade enfraquecem nesta quinta-feira, 25 de dezembro, o que vai permitir a diminuição da nebulosidade e a volta do sol ao litoral paulista. Mas o dia ainda será com muitas nuvens e com possibilidade de chuva fraca em alguns momentos.

 

Ubatuba (SP) 7-12-2014 por Karin Schimidt

 

A partir de sexta-feira, a nebulosidade diminui ainda mais e sol volta forte, fazendo a temperatura subir rapidamente. O primeiro fim de semana do verão promete sol, calor e pouca chuva nas praias de São Paulo, mesmo com a expectativa de chegada de outra frente fria no domingo, 28. Mas esta frente fria é fraca e não há risco de novos temporais.

A diminuição da nebulosidade e da chuva nos próximos dias está associada a intensificação da Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) sobre o Brasil.

Mar baixando

A maré alta colaborou para as enchentes do começo da semana no litoral de São Paulo. As ondas ainda estavam altas, em torno de 1,5m nesta quarta-feira, mas a tendência é de baixar.

Descubra as melhores ondas e a sua tribo no Climasurf

O coordenador da Defesa Civil de Santo, Daniel Onias, em entrevista no Climatempo News em 24/12/2014 comenta sobre a situação da Baixada Santista após as chuvas intensas. Ele revela as preocupações para a época de festas, quando a milhares de turistas passam pela região.

 

 

 

ASAS ganha força sobre o Brasil 

Confira as primeiras previsões para o Ano Novo!

Sol na praia
sexta-feira, 18 de abril de 2014

O feriado prolongado de Páscoa começou com sol forte e poucas nuvens  no litoral de São Paulo. A imagem de satélite corresponde a situação observadas às 8h15 da manhã da sexta-feira, 18 de abril. O predomínio das cor preta indica pouca ou nenhuma nebulosidade.

O sábado promete ser com sol também, mas com aumento de nebulosidade e chance de chuva à tarde na região entre Peruíbe e Cananéia. A chance de chuva nas demais áreas ainda é baixa. Porém, uma frente fria chega ao litoral paulista no domingo e começa a mudar o tempo.

Confira a previsão das ondas e as  marés.

Veja o Canal de Trânsito, uma parceria Climatempo e Maplink.

 

 


 

 

Como vai ficar o tempo no litoral de SP na Páscoa?
quarta-feira, 16 de abril de 2014


A semana começou com uma super virada no tempo no litoral de São Paulo. A passagem de uma frente fria provocou chuva forte e volumosa em várias regiões. Mas a pior situação ocorreu em São Sebastião, no litoral norte, que ficou alagada e dezenas de famílias tiveram que ir para abrigos da defesa civil.

Nesta quarta-feira, as praias paulistas ainda estão com muitas nuvens, mas pouca chuva foi observada até o início da tarde.

Uma forte agitação marítima e ressaca foram observadas na segunda-feira. O mar está baixando e para a maior parte do feriadão a previsão é de pouca onda nas praias de São Paulo. A altura esperada fica entre 0,5m e 1,0m na sexta, no sábado e na maior parte do domingo, 20 de abril. Mas no domingo à noite, as ondas devem crescer novamente devendo atingir picos de 1,5m durante a segunda-feira.

 

Veja no vídeo os detalhes da tendência do tempo para o feriadão da Páscoa e de Tiradentes, com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

 

 

 

 

Muito sol nas praias de SP
quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Muito sol nas praias de SP

Quem está no litoral de São Paulo aproveita mais uma manhã com sol forte. Imagens de satélite mostravam a quase total ausência de nuvens pouco antes das 11 horas. No Guarujá, a temperatura às 11 horas era de 34°C, pela medição da base aérea.

A tarde será com sol e há uma possibilidade de pancadas de chuva no fim da tarde, mas em poucos locais. Há risco de raios.

Frente fria no fim de semana

O próximo fim de semana será o último das férias escolares e uma frente fria está prevista para chegar ao litoral de São Paulo. Mas este sistema é fraco não terá força para virar o tempo completamente. O calor ainda será intenso no fim de semana, mas a nebulosidade e as condições para chuva aumentam. Na Baixada Santista e no Litoral Norte terão mais sol no fim de semana do que o litoral sul. A região entre Peruíbe e Iguape –Cananéia vão ficar com mais nuvens e mais sujeitas a chuva já no sábado de manhã.

Chuva ainda é forte no litoral de SP
quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A chuva ainda está muito forte sobre o litoral de São Paulo. Detectores de descargas elétricas detectam uma enorme quantidade de raios entre Santos e Caraguatatuba.

Sol e calor no litoral de SP
quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Manhã com tempo aberto e temperatura em rápida elevação no litoral paulista. Às 10h, a base aérea do Guarujá registava 27°C.