Posts com a Tag ‘Região Nordeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
Nuvens continuam carregadas no litoral da Bahia
sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Áreas de instabilidade se formaram no litoral da Bahia espalhando nuvens carregadas que provocaram chuva forte e volumosa na madrugada e manhã desta sexta-feira. Do início da madrugada até 13 horas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 99,2 mm na região de Una e Maraú choveu 67,0 mm. Na tarde de quinta-feira, 11, a chuva caiu forte sobre Feira de Santana e foram acumuladas quase 40 mm. 

As nuvens continuam carregadas pelo litoral da Bahia neste sábado provocando chuvas frequentes. No domingo, as pancadas de chuva ainda vão ocorrer, mas de forma mais esporádica. Pode chover com moderada intensidade também em Salvador.

Chuva no interior do Nordeste

O fim de semana será marcado por sol forte, calor e tempo seco em grande parte do Nordeste. Mas a maioria das áreas da Bahia, do Maranhão e do Piauí terão umidade suficiente para formação de grandes nuvens que vão provocar pancadas de chuva. Pode chover com moderada a forte intensidade, mas em pequenas áreas. Há risco de raios. Em Carolina, no sul do Maranhão, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 41,4 mm em apenas 2 horas.

 

 

Tem chuva de estrelas cadentes acontecendo e serão mais intensas no fim de semana e pode ser vista em todo o Brasil. A menor nebulosidade sobre o Nordeste vai facilitar a visualização. Você pode ver a olho nu!

 

Um bom tempo pra você!

Como se formam os raios? É de arrepiar os cabelos!  

Confira a previsão do tempo para o Brasil
domingo, 7 de dezembro de 2014

Um sistema de Baixa Pressão e a convergência de umidade da região Norte ajuda na formação de grandes áreas de instabilidade que predominam ao longo da semana principalmente no Centro-Oeste, trechos de região Norte e de Minas Gerais e nos estados de SP e do PR.

 

O mapa abaixo mostra a chuva acumulada ao longo da semana, entre os dias 08 e 12 de dezembro.

No mesmo, vemos que os maiores acumulados de chuva ficam concentrados no estado de Goiás, onde os valores podem ultrapassar os 100 mm em algumas regiões. Podemos ver também elevados acumulados de chuva no nordeste e no leste do Mato Grosso, no noroeste e no sul de Minas Gerais, no norte do Mato Grosso do Sul e do Paraná e no sul de São Paulo.

 

 

Confira a previsão do tempo para cada região:

Região Sul

Uma frente fria avança rapidamente e sem muita força pelos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e não provoca grandes acumulados de chuva, e o tempo segue abafado e com chuva irregular. Já no Paraná, a frente fria ajuda na convergência de umidade do Norte e facilita a formação de instabilidades. Há risco de temporais com raios, rajadas de vento e possibilidade de granizo em algumas regiões. Os acumulados mais significativos ficam concentrados no leste e no norte do Estado. Apesar disso, a queda de temperatura é pequena e o tempo segue abafado.

Região Sudeste

As áreas de instabilidade que se formam no Centro-Oeste espalham nuvens mais carregadas sobre o Sudeste, principalmente sobre São Paulo e do noroeste ao sul de Minas Gerais; a frente fria que avança do Sul ao longo da semana ajuda no reforço destas instabilidades. O principal acumulado de chuva na Região é no sul de Minas e divisas com São Paulo, pois é o local onde ficam algumas represas do sistema Cantareira. Na região podemos ter acumulados  entre 100 e 150mm na semana. Há risco de temporais com raios, rajadas de vento e possibilidade de granizo em algumas regiões. Já no Rio de Janeiro, no leste de Minas Gerais, incluindo a Grande BH e no Espírito Santo, o acumulado de chuva não será significativo e o calor vai predominar.

Região Centro-Oeste

Um sistema de Baixa Pressão na Região e o fluxo de umidade da região Norte ajuda na formação de grandes áreas de instabilidade no Centro-Oeste. Em toda a Região o acumulado de chuva será significativo e os maiores acumulados ficam concentrados em Goiás, onde pode superar os 200mm na região central do Estado. Há risco de temporais com raios, rajadas de vento e possibilidade de granizo em algumas regiões.

 Região Nordeste

A Região continua sem grande sistemas atmosféricos atuantes. Somente no sul do Maranhão e do Piauí, as áreas de instabilidade do Centro-Oeste podem espalhar nuvens carregadas e provocar uma chuva mais forte. Mesmo assim, os acumulados não devem ultrapassar os 70mm ao longo da semana.

Região Norte

O calor segue intenso  em toda a Região. Os maiores acumulados de chuva ficam na parte sul do Norte, nos estados do TO, no sul do PA e no sudeste do AM, onde as áreas de instabilidade do Centro-Oeste espalham nuvens mais carregadas. Os acumulados nestas regiões ficam entre 70 e 100mm. Há risco de temporais com raios e rajadas de vento. Isso ajuda no enfraquecimento de instabilidades em RR, no norte do PA e no AP, onde o calor intenso e a pouca chuva predominam.

 

 

 

 

 

 

 

 

Sol no Sul, chuva no Nordeste
quinta-feira, 13 de novembro de 2014

A mudança do aspecto do céu talvez seja a forma mais clara e simples de detectar as mudanças no tempo. A cor a forma das nuvens, a intensidade e forma da chuva, alguns fenômenos meteorológicos revelam a história do tempo de um dia.

Pelas fotografias compartilhadas por internautas com a Climatempo é possível fazer um panorama do tempo no país.

Confira esta forma diferente de dizer sobre o tempo

 

Amanhecer em Caxias do Sul (RS) 13-11-2014 por Patty: uma massa de ar polar avança sobre o Sul do Brasil e deixa o tempo firme nos próximos dias. O amanhecer será frio em Caxias do Sul e muitas cidades do Sul

 

Halo solar e irisação em Pinheiro Preto, em 13-11-2014 por Eliandro Polli

 

 

Tempo firne em Santo Angelo (RS) em 13-11-2014 por Alcindo Griep: o ar polar que entra no Sul reduz a umidade. Menos nuvens vão se formar sobre a Região afastando a chuva,mas deixando céu azul. Santo Ângelo terá noites um frescas e tardes quentinhas.

 

 

Céu nublado em Domingos Martins (ES) em 13-11-2014 por Leonardo: uma frente fria avança pelo litoral do Sudeste e nesta sexta-feira chega ao Espírito Santo. As nuvens vão ficar mais carregadas e deve chover forte em muitas áreas do estado. Domingos Martins também pode ter chuva forte.

 

 

Nuvens carregadas sobre Sete Lagoas (MG) em 13-11-2014 por Rosimeire: áreas de instabilidade ainda ficam bastante ativas sobre Minas Gerais nesta sexa-feira e pode chove forte em muitas regiões do Estado, inclusive sobre Sete Lagoas. As condições para chuva forte persistem no norte do Estado até do domingo, mas a chuva vai parando nas outras áreas.

 

Entardecer em Jaú (SP) por Waldete Cestari: no Estado de São Paulo ainda chove nesta sexta-feira, mas a partir de sábado o tempo seca e as noites serão até um pouco frias também em Jaú. A cidade terá muito sol no fim de semana.

 

Chuva forte sobre S Jose dos Campos (SP) oor volta das 17h30 de 13-11-2014 por Rita Joseense: ainda chove nesta sexta-feira sobre São José dos Campos e em muitas áreas do vale do Paraíba. Mas o ar polar que está chegando a São Paulo vai deixar todo o Estado sem condições para temporais por vários dias a partir do sábado. As noites serão frias no vale do Paraíba.

 

 

Chuva causa alagamento em Vitoria da Conquista (BA) 13-11-2014 por Celino Souza: esta semana está sendo marcada por chuva forte sobre a Bahia. Em Vitória da Conquista choveu quase 60 mm em 13-11-2014 (Inmet). Vai chover mais nos próximos dias.

 

 

Chuva sobre Brotas de Macaúbas (BA) 13-11-2014 por Jose Igor: uma nova frente fria chega a Bahia no sábado e vai ajudar a provocar mais chuva por todo o Estado. A chuva pode ser forte em várias regiões baianas na semana que vem.

 

Tempo seco e quente em Uirauna, no sertão da Paraiba 13-11-2014 por Fernando Marcos: o ar seco e quente ainda predomina sobre a região entre a Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte por vários dias. Mas uma frente fria vai mudar o tempo a partir da segunda-feira e pode chover até em Uiraúna.

Nuvens muito carregadas crescem sobre o centro-norte do Brasil. Temporais foram observados nesta quinta-feira em muitas áreas de Mato Grosso, do Amazonas, do Acre e de Rondônia. Vai chover mais nos próximos dias e com risco de chuva forte e volumosa.

 

Compartilhe a informação sobre as condições do tempo na sua cidade com a Climatempo

Participe!

Pelo site:  envie sua foto

Pelas redes sociais: #fotografeotempo

Pelo Whatsapp: (11) 9 9420-7548

Mais chuva para o Sudeste e para o Centro-Oeste
segunda-feira, 20 de outubro de 2014
A chuva acumulada em 20 dias d outubro ainda está muito abaixo da média sobre a maior parte do Brasil. O mapa mostra a anomalia (diferença em relação à média) da chuva. Os tons de azul indicam chuva acima da média. Os tons de laranja indicam chuva abaixo do normal.
O bloqueio atmosférico foi quebrado com a frente fria que avançou sobre o Sudeste neste início de semana. Ventos úmidos de origem polar voltaram a entrar sobre o Brasil. O enfraquecimento do sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul (ASAS) sobre o Brasil  facilita a formação de muitas áreas de instabilidade nos próximos dias que vão provocar chuva sobre o Sudeste e sobre o Centro-Oeste.
A meteorologista Josélia Pegorim explica como será a distribuição de chuva nos próximos 15 dias.

Diversão garantida pelo Brasil
sexta-feira, 10 de outubro de 2014

por Patrícia Pinheiro

Neste domingo, 12, é comemorado o Dia da Nossa Senhora da Aparecida e também o Dia da Crianças e nada melhor do que aproveitar com os pequenos em eventos super divertidos por todo o Brasil.

O Sudeste do país está recheado de eventos gratuitos em parques e museus e, em São Paulo, capital, um dos eventos mais bacanas vai rolar na Marquise do MAM, no Parque Ibirapuera. O fim de semana conta com oficinas e muitas brincadeiras para a criançada ao longo do dia e tudo é gratuito.

A previsão deve ajudar a aproveitar bastante, pois o fim de semana na cidade será de calor e sol. O tempo fica seco, então hidrate bem os pequenos ao longo do dia!

No Rio de Janeiro o grande evento fica por conta do Jardim Botânico da cidade, com feira de troca de brinquedos, teatros, oficinas de jardinagem, culinária e reciclagem. O dia no Jardim também terá piquenique, histórias e muitas brincadeiras.

O fim de semana na cidade maravilhosa também será de praia para a criançada. O sol aparece ao longo do dia com algumas nuvens, mas nada de chuva.

Na cidade de Fortaleza, meninos e meninas poderão curtir uma tarde inteira no Parque da Liberdade com brinquedos infláveis, palhaços, histórias, mágicos, pintura de rosto e muito mais. Tudo acontece das 9h às 16h, com entrada gratuita, e um domingo de sol e sem previsão de chuva!

Em Brasília a programação é agitada no Jardim Botânico da capital Federal com piquenique, arte, música e muita atividade para divertir a criançada. O evento acontece a partir das 14h e é gratuito. Brasília terá um domingo de sol com aumento de nuvens ao longo do dia, mas a chuva só deve chegar à noite!

No Norte do Brasil, em Belém o dia das crianças será com muita brincadeira em um domingo especial e todo gratuito no Mangal das Garças e na Estação das Docas.

No Mangal, a programação começa às 9h com pula-pula, piscina de bolinhas e muita diversão até às 12h. Na Estação a diversão começa às 17h30 com espetáculos teatrais que se apresentam até às 18h30.

A cidade de Belém amanhece com sol e uma chuva fraca, mas à tarde a nebulosidade já diminui e o sol prevalece.

Finalizando a diversão ao longo do Brasil, no Sul do país o dia das crianças pode ser muito agitado em Porto Alegre na Estação ZH, localizada no Parque Moinhos de Vento. A galerinha poderá se divertir muito com brincadeiras, distribuição de balões e cama elástica, das 10h às 18h! O domingo será com céu nublado e a chuva pode chegar a qualquer hora, então, fique atento!

Agora que você já sabe que a diversão rola de ponta à ponta, capriche na hidratação e na proteção solar e leve o pequeno para se divertir, sem se preocupar com o tempo!

Confira a homenagem da Climatempo ao Dia das Crianças!

Frente fria chega forte ao Nordeste
quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Uma grande frente fria avança sobre o Brasil e nesta quinta-feira chega ao extremo sul da Bahia e começa a influenciar o Nordeste. Mas é durante a sexta-feira e no fim de semana das eleições, que esta frente fria terá uma forte atuação sobre o Nordeste,  espalhando ar frio polar que vai entrar em choque com o ar muito quente que predomina sobre a Região, como é comum. O choque térmico acentuado ajudar a formar nuvens carregadas, no interior e no litoral, que podem provocar chuva moderada a forte e raios. Os ventos da costa leste do Nordeste vão ficar mais fortes.

Esta frente fria é forte demais para esta época do ano e deve chegar até Alagoas e Pernambuco, o que normalmente só ocorre com as mais fortes frentes frias do inverno.

A meteorologista Josélia Pegorim comenta alguns efeitos desta frente fria no Nordeste.

 

 

Previsão para as eleições 2014

 Os últimos dias de setembro foram marcados por sol forte, calor intenso e ar seco sobre quase todo o Nordeste. Mas uma grande e forte frente fria avança pelo Brasil e na sexta-feira já deve mudar o tempo em Salvador. Esta frente fria é especial, pois poucas conseguem chegar ao Nordeste nesta época e desta vez, os ventos frescos da frente fria devem ser sentidos até em Alagoas.

Assim, ao contrário do sol escaldante, os eleitores nordestinos terão as nuvens e até a chuva da frente fria no fim de semana das eleições.

Quase todo o Nordeste passará fim de semana com muitas nuvens, períodos com sol e pancadas de chuva. Há risco de pancadas de chuva moderadas a fortes e com raios, no interior e no litoral.

Para o domingo de eleições, a previsão é de que a chuva seja constante sobre Sergipe, Alagoas e litoral, zona da mata e agreste de Pernambuco, podendo atrapalhar os eleitores especialmente no litoral. O domingo eleitoral será marcado por chuva em Aracaju, em Maceió e em Recife.

Salvador, um dos maiores colégios eleitorais do Brasil, também terá um domingo instável, com períodos de sol, mas com muitas nuvens e chuva a qualquer hora.

Calor e sol devem marcar o domingo eleitoral em Teresina, Fortaleza e Natal São Luis e João Pessoa terão sol em grande parte do dia, com chance de pancadas de chuva a qualquer hora, mas que não deve atrapalhar os eleitores.

Sol na praia, mas com mar agitado
sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O ar quente e seco predomina sobre o Brasil no fim de semana e vai deixar grande parte do país com pouca nebulosidade e muito sol.

Nas praias, o sol forte vai predominar no Sudeste. Não há previsão de chuva para o fim de semana, mas o litoral de São Paulo e o sul do Rio de Janeiro, região de Paraty e de Angra dos Reis, devem amanhecer com céu nublado, com muita névoa, mas que vai se dissipando ao longo da manhã deixando o sol aparecer.

O litoral norte do Nordeste, entre o Rio Grande do Norte e o Maranhão, terá sol forte. Nas praias do Maranhão, pode chover um pouco na tarde do domingo.

No litoral do Amapá e do Pará, o fim de semana promete sol, muito calor e algumas pancadas de chuva à tarde.

Na costa leste do Nordeste, o sol aparece, mas tanto  no sábado como no domingo  há condições para pancadas de chuva, mas sem risco de temporal. A chance de chuva é maior no sábado.

 

 

No Sul, a nebulosidade diminui neste sábado e o sol aparece nas praias do Rio Grande do Sul, depois da chuva dos últimos três dias, mas ainda há previsão de chuva à tarde. Forte névoa pode se formar de manhã. No litoral de Santa Catarina e do Paraná, o sábado amanhece nublado, com muita névoa, mas que se dissipa ao longo da manhã e o sol aparece. O domingo promete ser com sol forte.

Mar agitado

Os surfistas vão encontrar boas ondas no fim de semana no Sul e no Sudeste. Os banhistas precisam redobrar a atenção. Confira a previsão da altura das ondas com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

Confira as marés para a sua praia.

 

Compartilhe a informação sobre as condições do tempo na sua cidade com a Climatempo

Participe!

Pelo site:  envie sua foto

Pelas redes sociais: #fotografeotempo

Pelo Whatsapp: (11) 9 9420-7548

 

 

Chuva volumosa entre PE e PB
domingo, 7 de setembro de 2014

Muita chuva em Recife (PE) e João Pessoa (PB)

A recente passagem de uma frente fria pelo litoral da Bahia estimulou a formação de áreas de instabilidade na costa leste do Nordeste e que se intensificaram no fim de semana.

A chuva na deu trégua a Recife e João Pessoa no domingo de 7 de Setembro. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, entre 18h do dia 6 e 18 de 7 de setembro, choveu 50,4 mm sobre Recife, o que corresponde a quase metade da média de chuva normal para setembro que é de 122 mm.

Somente entre as 9h do domingo e as 9h da segunda-feira (08) choveu um total de aproximadamente 90mm de chuva na estação automática do INMET em João Pessoa. Isso corresponde a mais de 2 vezes a média climatológica para o mês de setembro.

Instabilidade persiste

A situação no litoral de Pernambuco e da Paraíba preocupa porque a chuva não deve parar nesta segunda-feira. A previsão é de que estas áreas de instabilidade fiquem paradas na costa leste do Nordeste e provoquem mais chuva também nas capitais destes Estados. A chuva constante, às vezes com moderada intensidade, se acumula e pode causar alguns transtornos para a população Não há expectativa de raios e nem de ventania, mas pode haver alguns alagamentos. Outras áreas do litoral e da zona da mata entre Sergipe e a Paraíba podem ter chuva constante nesta segunda-feira, às vezes com moderada intensidade.

As áreas de instabilidade devem enfraquecer na terça-feira.

Confira o volume de chuva acumulado entre 9h de 7 de setembro e 9h de 8 de setembro, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

João Pessoa (PB): 89,6 mm

Recife (PE): 71,6 mm

Maceió (AL): 29,0 mm

Aracaju (SE): 5,4 mm

 

Mar agitado

O mar ainda está bastante agitado na costa leste do Nordeste. Durante a manhã da segunda-feira, a agitação mais intensa no mar deve ocorrer entre Sergipe e Pernambuco, com ondas com até 2 metros. No decorrer da tarde, as ondas devem diminuir.

Prancha na mão!
quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Após dias de mar agitado na costa do Rio de Janeiro. O mar começa a ficar mais calmo na costa fluminense com o afastamento do sistema de alta pressão atmosférica. No entanto, a presença de um novo ciclone extratropical na costa do Sul vai organizar os ventos e provocar uma agitação no mar sobre a costa da Região Sul e de São Paulo durante o fim de semana.

Praia de Grumari, no Rio de Janeiro, com ondas de 2 metros no início da manhã de 4 -09-2014 (site ricosurf)

Praia da Reserva, no Rio de Janeiro, com ondas de 2 metros na manhã de 4 -09-2014 (site ricosurf)

A agitação do mar foi uma das consequências da passagem de uma área de baixa pressão que provocou ventania na terça e na quarta-feira no Sul e no Sudeste do Brasil. Mas uma grande massa de ar polar que passa pela costa da Argentina e do Uruguai ainda está trazendo ventos moderados a fortes para a o Brasil e ajuda a manter a agitação do  mar.

Acompanhe a previsão completa das ondas com a meteorologista Josélia Pegorim.

Muito sol e pouca chuva no Nordeste
segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O ar quente e seco ainda predomina na maior parte do sertão nordestino. A falta de chuva é bastante comum em meses de inverno, no entanto a seca é tanta que praticamente toda a Região acabou fechando o mês de Agosto com acumulados abaixo da média climatológica.

Imagem de satélite do canal do infravermelho realçado

A semana também começa com predomínio de sol forte na maior parte da Região Nordeste. O ar seco ainda persiste sobre o sertão e favorece a queda da umidade relativa do ar. Somente na faixa litorânea é que os ventos úmidos que sopram do mar em direção ao continente favorecem a formação de pancadas de chuva rápidas ao longo do dia. Em João Pessoa-PB o céu está mais carregado de nuvens e os acumulados de chuva entre a madrugada e manhã da segunda-feira (01) foi  de 13,6mm segundo informações da estação automática do INMET.

Na sexta-feira (05), uma frente fria avança para o sul da Bahia e vai organizar melhor as áreas de instabilidade sobre centro-sul do Estado, deixando a chuva mais generalizada e provocando o retorno de alguns volumes de chuva para as áreas do oeste da Bahia.