Posts com a Tag ‘Região Nordeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
Muito sol e pouca chuva no Nordeste
segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O ar quente e seco ainda predomina na maior parte do sertão nordestino. A falta de chuva é bastante comum em meses de inverno, no entanto a seca é tanta que praticamente toda a Região acabou fechando o mês de Agosto com acumulados abaixo da média climatológica.

Imagem de satélite do canal do infravermelho realçado

A semana também começa com predomínio de sol forte na maior parte da Região Nordeste. O ar seco ainda persiste sobre o sertão e favorece a queda da umidade relativa do ar. Somente na faixa litorânea é que os ventos úmidos que sopram do mar em direção ao continente favorecem a formação de pancadas de chuva rápidas ao longo do dia. Em João Pessoa-PB o céu está mais carregado de nuvens e os acumulados de chuva entre a madrugada e manhã da segunda-feira (01) foi  de 13,6mm segundo informações da estação automática do INMET.

Na sexta-feira (05), uma frente fria avança para o sul da Bahia e vai organizar melhor as áreas de instabilidade sobre centro-sul do Estado, deixando a chuva mais generalizada e provocando o retorno de alguns volumes de chuva para as áreas do oeste da Bahia.

Mais chuva no litoral da Bahia nesta 3ª feira
segunda-feira, 21 de julho de 2014

Frente fria provoca chuva forte

Uma frente fria alcançou o litoral da Bahia no domingo, 20 de julho, gerando nuvens carregadas também na região de Salvador. As áreas de instabilidade se intensificaram na tarde desta segunda-feira causando chuva moderada e persistente na região de Salvador e também em outros locais do litoral da Bahia e do Recôncavo Baiano. Entre 20 horas do domingo e 20 horas desta segunda-feira, 21 de julho, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 22,4 mm sobre Salvador.

Em Cruz da Almas, no Recôncavo, a chuva começou no início da manhã e até 20 horas havia chovido 22,2 mm.  Em Feira de Santana choveu quase 30 mm entre 8 horas da manhã e 20 horas desta segunda-feira. Pancadas de chuva moderadas a fortes foram observadas nesta segunda-feira também no litoral sul da Bahia.

A frente fria que deixou o tempo instável começa a se afastar do litoral da Bahia nesta terça-feira, mas as áreas de instabilidade só devem perder força no fim da semana. Até a quarta-feira, a região de Salvador e o Recôncavo segue com chuva frequente que pode ocorrer com moderada a forte intensidade.

Confira a previsão para a Região Nordeste. As áreas de instabilidade se intensificam na costa leste. Há previsão de chuva para toda a região entre o sul da Bahia e Natal.

Não deixe de ver o alerta sobre chuva no litoral da Bahia.

 

Aracaju (SE) ainda tem muita chuva nesta 5ª feira
quarta-feira, 16 de julho de 2014

Chove sem parar sobre Aracaju, capital de Sergipe, desde a tarde de terça-feira, 15 de julho. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o acumulado em 24 horas, entre 21 horas de terça e 21 horas desta quarta-feira, dia 16 de julho, estava em 82,6 mm. A média normal de chuva para julho é de aproximadamente 207 mm.

O tempo muito chuvoso prejudicou a visibilidade no aeroporto de Aracaju nesta quarta-feira e houve cancelamento de vôos, segundo a Infraero. A situação poderá se repetir nesta quinta-feira pois a chuva não deve parar.


Mais chuva

As áreas de instabilidade que estão provocando a chuva sobre Aracaju atuam por todo o leste de Sergipe. Em Itabaianinha já choveu 74,8 mm entre 13 horas de terça e 13 horas desta quarta-feira. A previsão é de que as nuvens fiquem ainda mais carregadas e permaneçam sobre o leste de Sergipe no decorrer desta quarta-feira e também na quinta-feira. Até lá, a chuva vai continuar constante e volumosa e pode causar transtornos.


Alagoas

No decorrer da quinta-feira, mas principalmente na sexta-feira, as áreas de instabilidade aumentam no litoral de Alagoas. A previsão também é de muita chuva para o litoral alagoano e a Maceió também pode ter chuva forte.

Está na região ou conhece alguém que esteja por lá? Comente abaixo, #fotografeotempo, PARTICIPE!

Alemanha e Gana: decisão em Fortaleza
sábado, 21 de junho de 2014

Alemanha e Gana jogam às 16 horas em Fortaleza, no Arena Castelão. Nuvens carregadas rondavam a capital do Ceará ontem, mas a previsão de diminuição das nuvens está se confirmando. O sol estava forte no começo da tarde. A temperatura no aeroporto local, às 14h, era de 30°C com umidade relativa do ar de 49%. Ontem a esta hora, a temperatura era de 29°C e a umidade de 58%.

A imagem de satélite do começo da tarde deste sábado mostrava poucas nuvens sobre Fortaleza. Compare com as imagens de ontem.

 

 

 

 

E veja por que este jogo é tão importante para Alemanha e Gana.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Participe! Clique o tempo na Copa: #temponojogo

 

 

É o México que atrai a chuva?
segunda-feira, 16 de junho de 2014

Pelas condições do tempo observadas até agora, isto pode ser uma verdade nesta Copa do Mundo no Brasil. Os mexicanos estrearam literalmente encharcando a camisa, não por causa do suor,  mas pela chuva forte que caiu sem parar em Natal no jogo contra Camarões na sexta-feira, 13 de junho. A chuvarada certamente atrapalhou o rendimento das duas seleções.

O próximo jogo do México será contra o Brasil nesta terça-feira, 17 de junho, em Fortaleza, capital do Ceará. Com as áreas de instabilidade que se espalharam pela costa norte do Nordeste, nuvens carregadas avançam em direção ao litoral do Ceará e será difícil não chover em Fortaleza.

 

 

Mas a tendência até o momento é de que chova mais na madrugada e de manhã.  Durante a tarde, a chuva deve diminuir. Esta é uma previsão bastante difícil na opinião da meteorologista Josélia Pegorim.
Confira!

Confira a previsão do tempo para Fortaleza e os jogos nesta cidade-sede.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014.  De olho na bola e no tempo!

Chuva em Natal diminui neste sábado
sexta-feira, 13 de junho de 2014

As áreas de instabilidade que provocaram muita chuva sobre Natal nesta sexta-feira enfraquecem no fim de semana, mesmo assim, a chuva não vai para completamente. Ainda pode chover de forma moderada no sábado e no domingo, com períodos de melhora.

Imagens de satélite mostram o enfraquecimento das nuvens na costa norte do Nordeste, mas também a tendência de expansão em direção ao litoral da Paraíba e de Pernambuco.

 

 

 

Quanto choveu?

Fortes áreas de instabilidade avançaram do mar para o litoral norte do Nordeste provocando chuva muito volumosa nesta sexta-feira, 13, sobre Natal, capital do Rio Grande do Norte e uma das cidades-sede da Copa 2014. O jogo entre Camarões e México foi debaixo de muita chuva. A chuva intensa causou um grande deslizamento de terra na avenida Dinarte Mariz, na Praia de Miami, que soterrou carros.

Em um outro local da cidade, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 92,2mm entre 9h e 19h. A média normal de chuva para a todo o mês de junho é de aproximadamente 202 mm. A última vez que choveu desta forma volumosa sobre Natal foi entre os dias 13 e 14 de maço de 2014 quando foram acumulados 111,4 mm de chuva.

 

Jogos da Copa no fim de semana no Nordeste

Confira a previsão para os jogos que acontecem em Fortaleza e em Recife.

 

 

 

 

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Participe! Clique o tempo na Copa: #temponojogo

Chuva se intensifica entre RN e AL
quinta-feira, 5 de junho de 2014

Áreas de instabilidade que vieram do mar espalharam nuvens carregadas entre o litoral do Rio Grande do Norte e de Alagoas. Estas nuvens começaram a provocar chuva mais persistente no meio da tarde de quinta-feira, 5 de junho. Entre 13h e 22h, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou aproximadamente 23 mm sobre João Pessoa, capital da Paraíba.

Estas áreas de instabilidade devem continuar ativas nesta sexta-feira na costa leste do Nordeste e ganhando força. A chuva aumenta e deve ser frequente também no sábado. Até lá, áreas do litoral, da zona da mata e agreste entre o Rio Grande do Norte e Alagoas podem ter chuva moderada às vezes forte.

Confira a previsão para a Região Nordeste.

Natal é uma das cidades-sede Copa 2014 e o primeiro jogo lá será no dia 13 de junho. Recife também é cidade-sede e terá seu primeiro jogo da Copa no dia 14 de junho.

Acompanhe previsões especiais e tudo sobre os jogos no Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014.

De olho na bola e no tempo!

Mar grosso e ressaca
sábado, 24 de maio de 2014

Mar grosso – risco de ressaca

 

Quem mora no litoral do Sul e do Sudeste deve ficar atento para uma grande elevação das ondas neste domingo. O mar vai ficando cada vez mais agitado no decorrer do dia e ondas com até 2,5 metros à noite em praias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Entre o Paraná e o Rio de Janeiro, as ondas devem alcançar 1,5 metros e no Espírito Santo até 1 metro.

Mas na segunda-feira, a agitação vai aumentar e as ondas devem bater forte nas praias do Sul e do Sudeste podendo chegar a 2,5 metros com picos de 3 metros em praias do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. A segunda-feira deve amanhecer com ressaca, que deve ser a mais forte já observada este ano.

As ondas diminuem durante a terça-feira no Sul, mas no Sudeste o mar ainda fica muito agitado, com ondas de 2,5 metros ainda com risco de ressaca na madrugada e manhã em praias do Rio de Janeiro. Pode haver ressaca no Espírito Santo,  embora as ondas não fiquem tão altas.

 

 

 

Mar agitado no Nordeste

A grande e forte agitação marítima que avança pela litoral leste do Brasil vai chegar ao Nordeste. Durante a terça-feira, o mar fica agitado no litoral da Bahia, de Sergipe e Alagoas com ondas que podem chegar aos 2 metros à noite em alto-mar. Mas no decorrer da quarta-feira, dia 28, a agitação continua e se espalha por toda a costa leste do Nordeste.

 

 

 

Chuva de maio dobra a média em São Luís (MA)
terça-feira, 20 de maio de 2014

Com a chuva volumosa de 90,4 mm de que caiu entre os dias 19 e 20 de maio, o total de chuva acumulada em maio em São Luís, capital do Maranhão, atingiu a marca dos 703,5 mm. Este valor supera em mais de 120% (ou mais do que o dobro) da média climatológica para este mês, que é de 319,8mm.

 

 

 

 

 

Na escala anual, maio é o quarto mês mais chuvoso em São Luís, o que tecnicamente seria o fim do período normal de chuva. Porém, maio de 2014 está sendo completamente atípico. A quantidade de chuva acumulada em 20 dias já é a maior em 6 anos, ficando pouco abaixo dos 774 mm que caíram sobre São Luís em abril de 2009.

Porém, a capital do Maranhão deve receber mais chuva para até o fim do mês, o que poderá fazer com que a chuva de maio de 2014 supere a de abril de 2009.

E você sabe qual é o mês mais seco e o mais chuvoso do ano em São Luís? Descubra as informações preciosas e interessantes do canal Climatologia. Você vai ficar sabendo do clima de todas as cidades do Brasil!

Onda de Leste leva chuva para o Nordeste
terça-feira, 20 de maio de 2014

Uma Onda de Leste se aproxima do leste do Nordeste e durante esta quarta-feira aumenta a chuva entre o Rio Grande do Norte e Alagoas. Há risco de chuva forte em várias capitais nos próximos dias!

Nas imagens de satélite, as nuvens carregadas da Onda de Leste aparecem como as áreas em amarelo com núcleos vermelhos que se espalham no mar entre o Rio Grande do Norte e Alagoas.

 

 


 

Acompanhe a previsão para a Região Nordeste para saber as mudanças no tempo.

A meteorologista Josélia Pegorim explica o que é a Onda de Leste e o efeito que este tipo de sistema tem no Nordeste.