Posts com a Tag ‘Região Nordeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
Sol na praia, mas com mar agitado
sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O ar quente e seco predomina sobre o Brasil no fim de semana e vai deixar grande parte do país com pouca nebulosidade e muito sol.

Nas praias, o sol forte vai predominar no Sudeste. Não há previsão de chuva para o fim de semana, mas o litoral de São Paulo e o sul do Rio de Janeiro, região de Paraty e de Angra dos Reis, devem amanhecer com céu nublado, com muita névoa, mas que vai se dissipando ao longo da manhã deixando o sol aparecer.

O litoral norte do Nordeste, entre o Rio Grande do Norte e o Maranhão, terá sol forte. Nas praias do Maranhão, pode chover um pouco na tarde do domingo.

No litoral do Amapá e do Pará, o fim de semana promete sol, muito calor e algumas pancadas de chuva à tarde.

Na costa leste do Nordeste, o sol aparece, mas tanto  no sábado como no domingo  há condições para pancadas de chuva, mas sem risco de temporal. A chance de chuva é maior no sábado.

 

 

No Sul, a nebulosidade diminui neste sábado e o sol aparece nas praias do Rio Grande do Sul, depois da chuva dos últimos três dias, mas ainda há previsão de chuva à tarde. Forte névoa pode se formar de manhã. No litoral de Santa Catarina e do Paraná, o sábado amanhece nublado, com muita névoa, mas que se dissipa ao longo da manhã e o sol aparece. O domingo promete ser com sol forte.

Mar agitado

Os surfistas vão encontrar boas ondas no fim de semana no Sul e no Sudeste. Os banhistas precisam redobrar a atenção. Confira a previsão da altura das ondas com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

Confira as marés para a sua praia.

 

Compartilhe a informação sobre as condições do tempo na sua cidade com a Climatempo

Participe!

Pelo site:  envie sua foto

Pelas redes sociais: #fotografeotempo

Pelo Whatsapp: (11) 9 9420-7548

 

 

Chuva volumosa entre PE e PB
domingo, 7 de setembro de 2014

Muita chuva em Recife (PE) e João Pessoa (PB)

A recente passagem de uma frente fria pelo litoral da Bahia estimulou a formação de áreas de instabilidade na costa leste do Nordeste e que se intensificaram no fim de semana.

A chuva na deu trégua a Recife e João Pessoa no domingo de 7 de Setembro. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, entre 18h do dia 6 e 18 de 7 de setembro, choveu 50,4 mm sobre Recife, o que corresponde a quase metade da média de chuva normal para setembro que é de 122 mm.

Somente entre as 9h do domingo e as 9h da segunda-feira (08) choveu um total de aproximadamente 90mm de chuva na estação automática do INMET em João Pessoa. Isso corresponde a mais de 2 vezes a média climatológica para o mês de setembro.

Instabilidade persiste

A situação no litoral de Pernambuco e da Paraíba preocupa porque a chuva não deve parar nesta segunda-feira. A previsão é de que estas áreas de instabilidade fiquem paradas na costa leste do Nordeste e provoquem mais chuva também nas capitais destes Estados. A chuva constante, às vezes com moderada intensidade, se acumula e pode causar alguns transtornos para a população Não há expectativa de raios e nem de ventania, mas pode haver alguns alagamentos. Outras áreas do litoral e da zona da mata entre Sergipe e a Paraíba podem ter chuva constante nesta segunda-feira, às vezes com moderada intensidade.

As áreas de instabilidade devem enfraquecer na terça-feira.

Confira o volume de chuva acumulado entre 9h de 7 de setembro e 9h de 8 de setembro, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

João Pessoa (PB): 89,6 mm

Recife (PE): 71,6 mm

Maceió (AL): 29,0 mm

Aracaju (SE): 5,4 mm

 

Mar agitado

O mar ainda está bastante agitado na costa leste do Nordeste. Durante a manhã da segunda-feira, a agitação mais intensa no mar deve ocorrer entre Sergipe e Pernambuco, com ondas com até 2 metros. No decorrer da tarde, as ondas devem diminuir.

Prancha na mão!
quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Após dias de mar agitado na costa do Rio de Janeiro. O mar começa a ficar mais calmo na costa fluminense com o afastamento do sistema de alta pressão atmosférica. No entanto, a presença de um novo ciclone extratropical na costa do Sul vai organizar os ventos e provocar uma agitação no mar sobre a costa da Região Sul e de São Paulo durante o fim de semana.

Praia de Grumari, no Rio de Janeiro, com ondas de 2 metros no início da manhã de 4 -09-2014 (site ricosurf)

Praia da Reserva, no Rio de Janeiro, com ondas de 2 metros na manhã de 4 -09-2014 (site ricosurf)

A agitação do mar foi uma das consequências da passagem de uma área de baixa pressão que provocou ventania na terça e na quarta-feira no Sul e no Sudeste do Brasil. Mas uma grande massa de ar polar que passa pela costa da Argentina e do Uruguai ainda está trazendo ventos moderados a fortes para a o Brasil e ajuda a manter a agitação do  mar.

Acompanhe a previsão completa das ondas com a meteorologista Josélia Pegorim.

Muito sol e pouca chuva no Nordeste
segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O ar quente e seco ainda predomina na maior parte do sertão nordestino. A falta de chuva é bastante comum em meses de inverno, no entanto a seca é tanta que praticamente toda a Região acabou fechando o mês de Agosto com acumulados abaixo da média climatológica.

Imagem de satélite do canal do infravermelho realçado

A semana também começa com predomínio de sol forte na maior parte da Região Nordeste. O ar seco ainda persiste sobre o sertão e favorece a queda da umidade relativa do ar. Somente na faixa litorânea é que os ventos úmidos que sopram do mar em direção ao continente favorecem a formação de pancadas de chuva rápidas ao longo do dia. Em João Pessoa-PB o céu está mais carregado de nuvens e os acumulados de chuva entre a madrugada e manhã da segunda-feira (01) foi  de 13,6mm segundo informações da estação automática do INMET.

Na sexta-feira (05), uma frente fria avança para o sul da Bahia e vai organizar melhor as áreas de instabilidade sobre centro-sul do Estado, deixando a chuva mais generalizada e provocando o retorno de alguns volumes de chuva para as áreas do oeste da Bahia.

Mais chuva no litoral da Bahia nesta 3ª feira
segunda-feira, 21 de julho de 2014

Frente fria provoca chuva forte

Uma frente fria alcançou o litoral da Bahia no domingo, 20 de julho, gerando nuvens carregadas também na região de Salvador. As áreas de instabilidade se intensificaram na tarde desta segunda-feira causando chuva moderada e persistente na região de Salvador e também em outros locais do litoral da Bahia e do Recôncavo Baiano. Entre 20 horas do domingo e 20 horas desta segunda-feira, 21 de julho, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 22,4 mm sobre Salvador.

Em Cruz da Almas, no Recôncavo, a chuva começou no início da manhã e até 20 horas havia chovido 22,2 mm.  Em Feira de Santana choveu quase 30 mm entre 8 horas da manhã e 20 horas desta segunda-feira. Pancadas de chuva moderadas a fortes foram observadas nesta segunda-feira também no litoral sul da Bahia.

A frente fria que deixou o tempo instável começa a se afastar do litoral da Bahia nesta terça-feira, mas as áreas de instabilidade só devem perder força no fim da semana. Até a quarta-feira, a região de Salvador e o Recôncavo segue com chuva frequente que pode ocorrer com moderada a forte intensidade.

Confira a previsão para a Região Nordeste. As áreas de instabilidade se intensificam na costa leste. Há previsão de chuva para toda a região entre o sul da Bahia e Natal.

Não deixe de ver o alerta sobre chuva no litoral da Bahia.

 

Aracaju (SE) ainda tem muita chuva nesta 5ª feira
quarta-feira, 16 de julho de 2014

Chove sem parar sobre Aracaju, capital de Sergipe, desde a tarde de terça-feira, 15 de julho. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o acumulado em 24 horas, entre 21 horas de terça e 21 horas desta quarta-feira, dia 16 de julho, estava em 82,6 mm. A média normal de chuva para julho é de aproximadamente 207 mm.

O tempo muito chuvoso prejudicou a visibilidade no aeroporto de Aracaju nesta quarta-feira e houve cancelamento de vôos, segundo a Infraero. A situação poderá se repetir nesta quinta-feira pois a chuva não deve parar.


Mais chuva

As áreas de instabilidade que estão provocando a chuva sobre Aracaju atuam por todo o leste de Sergipe. Em Itabaianinha já choveu 74,8 mm entre 13 horas de terça e 13 horas desta quarta-feira. A previsão é de que as nuvens fiquem ainda mais carregadas e permaneçam sobre o leste de Sergipe no decorrer desta quarta-feira e também na quinta-feira. Até lá, a chuva vai continuar constante e volumosa e pode causar transtornos.


Alagoas

No decorrer da quinta-feira, mas principalmente na sexta-feira, as áreas de instabilidade aumentam no litoral de Alagoas. A previsão também é de muita chuva para o litoral alagoano e a Maceió também pode ter chuva forte.

Está na região ou conhece alguém que esteja por lá? Comente abaixo, #fotografeotempo, PARTICIPE!

Alemanha e Gana: decisão em Fortaleza
sábado, 21 de junho de 2014

Alemanha e Gana jogam às 16 horas em Fortaleza, no Arena Castelão. Nuvens carregadas rondavam a capital do Ceará ontem, mas a previsão de diminuição das nuvens está se confirmando. O sol estava forte no começo da tarde. A temperatura no aeroporto local, às 14h, era de 30°C com umidade relativa do ar de 49%. Ontem a esta hora, a temperatura era de 29°C e a umidade de 58%.

A imagem de satélite do começo da tarde deste sábado mostrava poucas nuvens sobre Fortaleza. Compare com as imagens de ontem.

 

 

 

 

E veja por que este jogo é tão importante para Alemanha e Gana.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Participe! Clique o tempo na Copa: #temponojogo

 

 

É o México que atrai a chuva?
segunda-feira, 16 de junho de 2014

Pelas condições do tempo observadas até agora, isto pode ser uma verdade nesta Copa do Mundo no Brasil. Os mexicanos estrearam literalmente encharcando a camisa, não por causa do suor,  mas pela chuva forte que caiu sem parar em Natal no jogo contra Camarões na sexta-feira, 13 de junho. A chuvarada certamente atrapalhou o rendimento das duas seleções.

O próximo jogo do México será contra o Brasil nesta terça-feira, 17 de junho, em Fortaleza, capital do Ceará. Com as áreas de instabilidade que se espalharam pela costa norte do Nordeste, nuvens carregadas avançam em direção ao litoral do Ceará e será difícil não chover em Fortaleza.

 

 

Mas a tendência até o momento é de que chova mais na madrugada e de manhã.  Durante a tarde, a chuva deve diminuir. Esta é uma previsão bastante difícil na opinião da meteorologista Josélia Pegorim.
Confira!

Confira a previsão do tempo para Fortaleza e os jogos nesta cidade-sede.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014.  De olho na bola e no tempo!

Chuva em Natal diminui neste sábado
sexta-feira, 13 de junho de 2014

As áreas de instabilidade que provocaram muita chuva sobre Natal nesta sexta-feira enfraquecem no fim de semana, mesmo assim, a chuva não vai para completamente. Ainda pode chover de forma moderada no sábado e no domingo, com períodos de melhora.

Imagens de satélite mostram o enfraquecimento das nuvens na costa norte do Nordeste, mas também a tendência de expansão em direção ao litoral da Paraíba e de Pernambuco.

 

 

 

Quanto choveu?

Fortes áreas de instabilidade avançaram do mar para o litoral norte do Nordeste provocando chuva muito volumosa nesta sexta-feira, 13, sobre Natal, capital do Rio Grande do Norte e uma das cidades-sede da Copa 2014. O jogo entre Camarões e México foi debaixo de muita chuva. A chuva intensa causou um grande deslizamento de terra na avenida Dinarte Mariz, na Praia de Miami, que soterrou carros.

Em um outro local da cidade, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 92,2mm entre 9h e 19h. A média normal de chuva para a todo o mês de junho é de aproximadamente 202 mm. A última vez que choveu desta forma volumosa sobre Natal foi entre os dias 13 e 14 de maço de 2014 quando foram acumulados 111,4 mm de chuva.

 

Jogos da Copa no fim de semana no Nordeste

Confira a previsão para os jogos que acontecem em Fortaleza e em Recife.

 

 

 

 

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Participe! Clique o tempo na Copa: #temponojogo

Chuva se intensifica entre RN e AL
quinta-feira, 5 de junho de 2014

Áreas de instabilidade que vieram do mar espalharam nuvens carregadas entre o litoral do Rio Grande do Norte e de Alagoas. Estas nuvens começaram a provocar chuva mais persistente no meio da tarde de quinta-feira, 5 de junho. Entre 13h e 22h, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou aproximadamente 23 mm sobre João Pessoa, capital da Paraíba.

Estas áreas de instabilidade devem continuar ativas nesta sexta-feira na costa leste do Nordeste e ganhando força. A chuva aumenta e deve ser frequente também no sábado. Até lá, áreas do litoral, da zona da mata e agreste entre o Rio Grande do Norte e Alagoas podem ter chuva moderada às vezes forte.

Confira a previsão para a Região Nordeste.

Natal é uma das cidades-sede Copa 2014 e o primeiro jogo lá será no dia 13 de junho. Recife também é cidade-sede e terá seu primeiro jogo da Copa no dia 14 de junho.

Acompanhe previsões especiais e tudo sobre os jogos no Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014.

De olho na bola e no tempo!