Posts com a Tag ‘Rio Grande do Sul’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva enfraquece no Sul
quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Fortes áreas de instabilidade provocaram grandes volumes de chuva desde o início da semana na Região Sul. Os grandes volumes de chuva acumulados acarretaram em diversos transtornos como alagamentos e transbordamentos de rios principalmente sobre as cidades do oeste.

Acumulado de chuva entre as 11h do dia 30/09 e as 11h do dia 01/10

A frente fria já se distanciou da Região Sul, mas ao longo desta quarta-feira (01) novas áreas de instabilidade se espalham e provocam pancadas de chuva principalmente sobre o Paraná.

Chuva enfraquece ao longo da semana

Após diversos dias com chuva, as áreas de instabilidade se enfraquecem sobre a Região Sul a partir da quinta-feira (02). Somente o leste de Santa Catarina e do Paraná devem ter a presença de chuva fraca e chuviscos ao longo do dia. Nas demais áreas o ar mais seco já começa a atuar e deixa o tempo mais firme, mesmo com o desenvolvimento de algumas nuvens não há condições para chuva.

Tempo firme e temperatura amena no domingo de eleições

O ar seco vai ganhando força ao longo dos próximos dias. E impedindo a formação de nuvens. Não há a previsão de chuva em toda a Região. O sol aparece, mas os ventos de sul não vão deixar a temperatura subir tanto.

Um pouco de frio e sol no Rio Grande do Sul
sábado, 27 de setembro de 2014

A massa de ar seco polar que avançou até o Rio Grande do Sul afastou as nuvens pesadas do Estado e trouxe um pouco de frio neste sábado. A temperatura caiu bastante durante a última madrugada, especialmente em áreas da Campanha, do oeste e da serra. Segundo o INMET, as cinco menores mínimas foram de: 5,4°C em Vitória do Palmar, 7,7°C em Bagé, 8,4°C em Encruzilhada do Sul, 9,8°C em Bom Jesus e 10°C em Uruguaiana.  Com o avanço do ar mais seco, a previsão é de um sábado com predomínio de sol em praticamente todas as áreas. Apenas regiões de serra e planalto ainda passam o sábado com mais nebulosidade e temperatura baixa. Esta massa fria se afasta rapidamente para o oceano e já neste domingo volta a esquentar durante a tarde. O aquecimento e o avanço de novas áreas de instabilidade trazem a chuva de volta. No sul e no leste as pancadas ocorrem a partir da tarde. No centro-oeste e no norte chove a qualquer hora e há risco de temporal.

Sul: chuva diminui no RS e ainda é forte em SC e no PR
quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Atualizado às 10h35 do dia 26 de setembro de 2014

Áreas de instabilidade continuam ativas sobre o Sul do Brasil nesta sexta-feira e são reforçadas por uma frente fria que já está no litoral do Paraná. É justamente sobre este estado que as nuvens estão mais carregadas e onde a chuva cai  mais forte. Em Nova Tebas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 106 mm de chuva entre 9h de ontem e 9 horas de hoje.

Ao longo desta sexta-feira, vai chover mais sobre o Paraná e também sobre Santa Catarina. O risco de chuva forte é alto, e também de raios e ventania. As rajadas podem passar dos 80 km/h. Sobre o Rio Grande do Sul, ainda chove de forma moderada no norte do estado, na divisa com Santa Catarina.

 

 

As imagens de satélite da tarde da quinta-feira já mostravam o rápido desenvolvimento de vários aglomerados de nuvens muito carregadas sobre os três estados.

 

Estas áreas de instabilidade vão continuar crescendo e se espalhando sobre o Sul do Brasil na noite desta quinta-feira e também na madrugada e manhã da sexta-feira, provocando tempestades. A situação é de alerta, pois há risco de chuva realmente intensa, capaz de provocar alagamentos repentinos, granizo e ventania. Várias As rajadas de vento poderão superar 80 km/h.

As áreas com chuva forte avançam do oeste para leste. Na imagem do radar meteorológico de Santiago, operado pela aeronáutica, as manchas em vermelho intenso e em rosa indicam sinas de tempestade, até com granizo.

 

 

Frente fria reforça instabilidade

Uma nova frente fria avança pelo litoral da Região Sul nesta sexta-feira e reforça as áreas de instabilidade que crescem sobre a Região, aumentando o potencial para chuva. A passagem desta frente fria causou tempestade de granizo e chuva torrencial sobre parte da Grande Buenos Aires e do Uruguai. Ventos quentes e úmidos vindos do Norte do Brasil ajudam a aumentar o potencial para temporais.

 

 

Uma outra frente fria deve passar pelo Sul do Brasil entre o domingo e a segunda-feira ajudando a formar mais nuvens pesadas, que vão provocar mais chuva. A chuva mais volumosa deve ocorrer sobre o Paraná e Santa Catarina.

 

Leia também:

Tempestades sobre o Paraná

Bloqueio atmosférico mantém chuva no Sul

 

 

Chuva atrasa preparo do solo para plantio de arroz no RS
terça-feira, 23 de setembro de 2014

As chuvas frequentes no estado do RS atrasaram o preparo do solo para o plantio do arroz. Confira qual será a tendência do acumulado de chuva para os próximos dias em todo o Brasil.

 

Fim de semana com natureza e esporte
sexta-feira, 12 de setembro de 2014

por Patrícia Pinheiro 

Está afim de praticar um esporte diferente e em sintonia com o meio ambiente neste fim de semana?

No sábado, 13 de setembro, acontece o Mountain Do – Canela, que é um evento de corrida de montanha pioneiro no Brasil.

O grande diferencial do Mountain Do é alinhar a corrida com princípios da sustentabilidade, se preocupando sempre com a preservação da natureza e a conservação dos locais por onde passam.

No Mountain Do – Canela os atletas passarão por paisagens lindas no Parque do Caracol, onde será a largada da corrida, Parque da Ferradura e pelo Teleférico de Canela.

As inscrições já se encerraram, mas se você não se inscreveu vale super a pena ir para aproveitar a paisagem.

E para curtir ainda mais esse roteiro cheio de belas paisagens o sábado em Canela será com bons períodos de sol e vai esquentar mesmo na serra. Há previsão de algumas pancadas de chuva com raios, porém serão passageiras, e só a partir da tarde!

Fotos: MOUNTAIN DO - CANELA 2013

Fotos: MOUNTAIN DO - CANELA 2013

Nuvens carregadas provocam chuva em Porto Alegre
sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Áreas de instabilidade ainda circulam pela Região Sul do Brasil e provocam pancadas de chuva no centro-leste do Rio Grande do Sul. Até mesmo a Região Metropolitana de Porto Alegre tem registros de chuva ao da manhã da sexta-feira (12).

Imagem de satélite do canal do infravermelho realçado

Os volumes de chuva aumentaram sobre grande parte do Estado e o acumulado chegou a ultrapassar os 60mm em 12 horas.

A chuva se intensifica no fim de semana. Os ventos transportam algumas áreas de instabilidade já no sábado e vai deixar o céu carregado de nuvens no Estado do Rio Grande do Sul. Há o risco de chuva forte. As nuvens carregadas se intensificam no domingo com a presença de uma frente fria, o céu ficará com muitas nuvens e são esperados grandes volumes de chuva de forma abrangente.

Chuva enfraquece no Sul
quinta-feira, 11 de setembro de 2014

A recente passagem de uma frente fria pelo Sul do Brasil provocou chuva volumosa e uma forte queda da temperatura sobre o Rio Grande do Sul e em algumas áreas de Santa Catarina, mas o Paraná teve apenas algumas nuvens e continuou quente.

 

 

 

A quinta-feira foi marcada por muita chuva entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Entre 19 horas do dia 10 e 19 horas de 11 de setembro, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 74 mm sobre Teutônia, 69 mm sobre Campo Bom e Ibirubá, 62 mm sobre Tramandaí e 57 mm sobre Cruz Alta. São volumes de chuva elevados, para um período de 24 horas, com potencial para alguns alagamentos. Na quarta-feira, esta frente fria provocou tempestades no Rio Grande do Sul, com rajadas de vento de quase 90 km/h.

Nesta sexta-feira, as áreas de instabilidade deixadas pela frente fria enfraquecem. A chuva não para completamente sobre o Rio Grande do Sul, mas voltam a ocorrer períodos com sol. Pouca chuva ocorre sobre Santa Catarina, apesar da grande nebulosidade. O sol e tempo seco predominam no Paraná, mas a Grande Curitiba e o litoral ficam úmidos, com muitas nuvens.

Mas até o fim do inverno, mais duas frentes frias passam sobre o Sul do Brasil. A primeira vem neste próximos fim de semana e com mais temporais.

Veja a simulação do deslocamento e da intensidade das áreas de chuva

 

Confira detalhes da previsão com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

Chuva e frio no Rio Grande do Sul
quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Uma frente fria entrou no Rio Grande do Sul provocando temporais e uma forte queda da temperatura. A combinação da chuva com ar polar fizeram com que a temperatura diminuísse até 20°C em 24 horas, em algumas áreas do estado.

Esta frente fria se desloca devagar sobre o Rio Grande do Sul e as áreas de chuva se espalham pelo norte do Estado. Nesta quinta-feira, a frente fria avança no mar pelo litoral de Santa Catarina e do Paraná, mas deixa nuvens de chuva sobre grande parte do Rio Grande do Sul.

Outra frente fria vai atingir o Estado no fim de semana trazendo mais temporais.

 

 

Temporais voltam ao Rio Grande do Sul
terça-feira, 9 de setembro de 2014

Atualizado às 9h10 do dia 10/09/2014

Uma frente fria chegou ao litoral gaúcho e já  provocou chuva, raios e fortes rajadas de vento nas áreas do sul e oeste do Estado nesta madrugada e manhã de quarta-feira. Santa Maria, na região central do Estado, apesar de não ter chovido ainda na madrugada, as rajadas de vento chegaram a 73 km/h. Mas nas próximas horas a chuva chega com forte intensidade e acompanhada por descargas elétricas. A chuva chegou com mais volume no sul do Estado. Na região de Jaguarão, na fronteira com o Uruguai, o acumulado nesta madrugada já chega a 32,6 mm, conforme o INMET. Ao longo do dia a instabilidade se espalha por todo o centro-sul e  leste do Estado, inclusive em Porto Alegre, onde também não se descarta temporais.

Os volumes de chuva subiram bastante com a persistência das nuvens carregadas, algumas cidades chegaram a registrar acumulados acima dos 40mm entre a madrugada e manhã de quarta-feira.

Fonte: Estações Automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia

O radar meteorológico do Canguçu já mostra áreas de instabilidade espalhadas sobre boa parte do centro-sul do Estado gaúcho.

Radar meteorológico do Canguçu-RS (08h36 horário local) 0 REDEMET

As áreas em amarelo e mais alaranjadas já indicam chuva com intensidade de moderada a forte. Nuvens com grande desenvolvimento vertical, do tipo Cumulonimbus (Cb), se formam e favorecem temporais.

 

 

Calor

Sol forte, muito calor e rajadas de vento fortes marcaram a terça-feira no Sul do Brasil. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 35,1°C em Campo Bom, na Grande Porto Alegre e também em São Gabriel, no sul gaúcho. Em Santa Catarina, a maior temperatura ocorreu em Urussanga, no sul do estado, com 34,°C. No Paraná, a maior temperatura foi a de Foz do Iguaçu que registrou até 33,4°C.

O vento e o calor aumentam em quase todo o Sul. Santa Catarina e Paraná esquentam mais nesta quarta-feira e Curitiba, capital do Paraná, poderá ter a tarde mais quente do inverno. Por enquanto, a maior temperatura do inverno em Curitiba foi de 28,4°C, em 25 de agosto.

Ventania

Fortes rajadas de vento, que podem até superar os 80 km/h, devem ser esperadas sobre o Sul do Brasil no decorrer desta quarta-feira por causa da frente fria que avança sobre o Rio Grande do Sul.  Pode ventar forte nos três estados mesmo sem estar chovendo. As rajadas vão ocorrer quase sempre das direções norte e noroeste. São ventos quentes que vão ajudar a aquecer o ar, junto com o sol.

 

As setas indicam áreas de nuvens carregadas que estão avançando do Uruguai para o Rio Grande do Sul. Os temporais desta frente fria causaram alagamentos em várias cidades do Uruguai.

 

Chuva e granizo

O ar muito quente e seco que predomina sobre o Brasil bloqueia a instabilidade da frente fria sobre o Rio Grande do Sul. Temporais com potencial para alagamentos podem ocorrer nesta quarta-feira e também a queda de granizo, além de muitos raios.

As pancadas de chuva desta frente fria devem chegar a Santa Catarina só à noite. O Paraná deve ter chuva só na quinta-feira.

Acompanhe a previsão do tempo para os próximos dias na Região Sul.

Veja os volumes de chuva estimados 

 

Compartilhe a informação sobre as condições do tempo na sua cidade com a Climatempo

Participe!

Pelo site:  envie sua foto

Pelas redes sociais: #fotografeotempo

Pelo Whatsapp: (11) 9 9420-7548

Temporais avançam do Uruguai para o Rio Grande do Sul
terça-feira, 9 de setembro de 2014

As áreas de insta de uma nova frente fria passam sobre a região de Buenos Aires e avançam também sobre o Uruguai provocando temporais.

No aeroporto de Buenos Aires (Aeroparque), as rajadas de vento às 11 horas estava em torno dos 70 km/h e chovei forte. No Uruguai também já chovia forte.

A imagem que veio via Twitter (@facundodaniel) mostra as nuvens muito carregadas de uma linha de instabilidade que estava chegando na manhã desta terça-feira sobre a região de Gualeguaychu, na fronteira do Uruguai com a Argentina.

 

 

Nas imagens de satélite, as nuvens com potencial para tempestades aparecem em tons de vermelho. As áreas de instabilidade avançam para ao Rio Grande do Sul. No decorrer desta terça-feira, os temporais voltam a ocorrer sobre o centro-oeste e sul gaúcho. Além da chuva forte, há risco de granizo e rajadas de vento que podem alcançar 80 km/h.

 

 

A meteorologista Josélia Pegorim explica como esta frente fria influencia o Sul do Brasil nos próximos dias.