Posts com a Tag ‘São Paulo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva e névoa úmida em São Paulo (SP)
domingo, 19 de abril de 2015

O aeroporto de Congonhas na zona sul da capital paulista registra chuva fraca e formação de névoa úmida que reduzem  a visibilidade a 4500m. O vento está praticamente calmo e a temperatura é de 21 graus.

Muitas nuvens em São Paulo (SP)
domingo, 19 de abril de 2015

O aeroporto de Congonhas na zona sul da capital paulista registra formação de muitas nuvens baixas no céu. A visibilidade é de 7000m, o vento sopra fraco de sudeste e a temperatura é de 22 graus.

Névoa úmida em São Paulo (SP)
sábado, 18 de abril de 2015

O aeroporto de Campo de Marte na zona norte da capital paulista registra formação de névoa úmida que reduz a visibilidade a 4000m. O vento sopra fraco de leste e a tempreratura é de 22 graus.

Paulistas saem para o feriadão com tempo firme
sexta-feira, 17 de abril de 2015

Após a passagem de uma frente fria, e dois dias com temporais, o ar secou em São Paulo. A maioria das áreas do Estado está tendo uma sexta-feira com tempo firme, com muito sol desde o começo da manhã.

A imagem de satélite mostra a situação de São Paulo às 10h45. A cor escura que predomina pelo interior indica pouca ou nenhuma nebulosidade. As manchas em cinza no sul e leste do estado, onde está a Grande São Paulo, representam nuvens baixas, mas que não provocam chuva.

 

Na tarde e noite desta sexta-feira o tempo segue firme, sem expectativa de chuva. Quem vai pegar estrada para o interior ou litoral, não vai precisar se preocupar com chuva. Há apenas uma possibilidade de neblina nos trechos de serra da rodovias que vão para o litoral.

Para o sábado, a previsão é de sol, calor e tempo seco, sem chuva no centro, sul e leste de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo e o litoral.   Mas as pancadas de chuva retornam na tarde do domingo e devem ocorrer também no restante no fim de semana prolongado, com a passagem de uma frente fria. As pancadas podem ser pelo menos moderadas e são esperadas para a tarde e noite.

Sem frio por enquanto

Apesar da passagem de frente fria, o ar polar chega muito fraco a São Paulo durante o fim de semana prolongado. Não há expectativa de frio ainda. As noites e o amanhecer podem ser com temperatura amena, mas as tardes serão até quentes.

Para a Grande São Paulo, as maiores  temperaturas do dia ficam entre 27°C e 29°C à tarde. No litoral e na maioria das áreas do interior, as temperaturas máximas devem oscilar entre 29° e 32°C.

 Litoral com mar agitado

O fim de semana prolongado começa com mar agitado em todo o litoral das Regiões Sul e Sudeste. O aumento das ondas está associado com a passagem de um ciclone extratropical pela costa da Argentina. No litoral de São Paulo, as ondas no sábado, 18, podem atingir picos de 1,5m a 2,0 m, especialmente no litoral norte. O mar baixa durante a manhã do domingo, mas até o fim de semana prolongado, as ondas devem ficar em torno de 1,0 m

Confira a previsão para SP

Fique ligado no tempo! Tem frio à vista depois do feriadão!

Aconteceu em 16/04/2015
quinta-feira, 16 de abril de 2015

Confira alguns fatos meteorológicos que foram destaques em 16 de abril de 2015.

(compilação de dados até 20h, horário de Brasília)

 

Granizo e alagamento em São Paulo

São Paulo (SP) voltou a ter temporais depois de uma mês de pouca ou nenhuma chuva. Na tarde desta quinta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 37,0 mm no Mirante de Santana, na medição convencional. A medição automática indicou 22, 0 mm entre  13h e 14h.

Com os temporais dos dias 16 e 15 de abril, São Paulo acumulou em menos de 48h 62,4 mm, que correspondem a 85% da média de chuva para o mês.  Leia mais

Chuva forte em pouco tempo

A combinação de convergência de ventos, excesso de umidade e calor geraram nuvens muito carregadas sobre estados do Norte e do Centro-Oeste. Várias áreas registraram tempestades, com muita chuva em pouco tempo

Grandes volumes de chuva acumulados em 24h

Estados do Norte e do Centro-Oeste também registraram os maiores volumes de chuva acumulados em 24 horas no Brasil.

Intrigou os meteorologistas

Os meteorologistas da Climatempo ficaram intrigados (e monitoraram) um aglomerado de nuvens sobre o mar que surgiu entre o litoral sul da Bahia e o Espírito Santo. O que despertou a curiosidade foi o giro ciclônico (sentido horário) das bandas de nuvens e também a formação de um “olho” bastante arredondado, características comuns de ciclones. Leia mais

Vento forte

Rajadas de vento superiores a 60 km/h ocorreram em alguns locais do país, em geral por causa da passagem de nuvens carregada, do tipo cumulonimbus.

 

Calor

O estado de Alagoas registrou novamente as maiores temperaturas do país. Pela medição automática do Inmet, em Coruripe fez 38,7°C e em Pão de Açúcar fez 36,8°C.

Ar seco

Boa Vista, capital de Roraima, foi a capital mais seca no Brasil. O nível de umidade relativa do ar às 15h (Brasília) foi de 35%.

O estado mais seco foi Pernambuco, onde a umidade relativa do ar chegou aos 17%, às 16h, em Serra Talhada.

Noite nublada em São Paulo (SP)
quinta-feira, 16 de abril de 2015

Ventos marítimos constantes proporcionam uma noite de muita nebulosidade e com temperatura amena na cidade de São Paulo nesta quinta-feira. No momento os termômetros registram 20 graus no aeroporto do Campo de Marte e 19 graus em Congonhas.

Chuva dá trégua a SP na véspera do feriadão
quinta-feira, 16 de abril de 2015

Depois de um mês sem chuva forte, os temporais voltaram a ocorrer sobre São Paulo. Com a chuva forte  da tarde dos dias 16 e 15, a capital paulista quase alcançou a média de chuva normal para todo o mês de abril. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre 9 horas do dia 15 e 9 horas do dia 16 de abril choveu 25,4 mm, mas quase toda a chuva caiu na tarde da quarta-feira, 15. Entre 9 horas e 15 horas da quinta-feira, 16, choveu 37,0 mm. Tecnicamente, em menos de 48 horas choveu 62,4 mm sobre a região do Mirante de Santana, na zona norte, onde o Inmet faz as medições regulares de chuva. Este valor corresponde a 85% da média de chuva para todo o mês de abril que é de aproximadamente 73 mm.

Trégua da chuva será curta

Para esta sexta-feira e também para o sábado, a previsão é de que não chova sobre a Grande São Paulo, apesar da presença de muitas nuvens. Os períodos com sol serão maiores no sábado. Até lá, as maiores  temperaturas do dia ficam entre 26°C e 28°C à tarde. Mas as pancadas de chuva retornam na tarde do domingo e devem ocorrer também no restante no fim de semana prolongado, com a passagem de uma frente fria. As pancadas podem ser pelo menos moderadas.

Alagamento e granizo

Voltou a chover forte na tarde desta quinta-feira,16, sobre várias regiões da capital paulista. Por volta das 16 horas, as áreas de chuva já haviam enfraquecido bastante, mas ainda chovia com fraca intensidade em parte da zona norte.

A chuva começou no fim da manhã e até 16 horas, o Centro de Gerenciamento de Emergências registrava 10 pontos de alagamento. A chuva mais intensa nesta quinta-feira, 16, caiu sobre a zona norte da cidade de São Paulo.

Houve registro de granizo. Veja o comentário de Willen Meres na seção De olho no tempo

“Um forte Temporal de granizo desabou sobre a Zona Norte de São Paulo no inicio da tarde desta terça feira. Chuva muito forte, com rajadas de vento e queda de granizo em dois períodos da chuva. Neste momento (15:45) a chuva já diminui mas as consequências continuam com vias alagadas e arvores caídas.”

Ele fotografou a forte chuva. #fotografeotempo você também e compartilhe com a Climatempo

Como vai ficar o tempo no feriadão de Tiradentes?

Vem vindo frio aí!

Chuva na capital e Grande SP
quinta-feira, 16 de abril de 2015

As primeiras pancadas de chuva já começam a aparecer na região metropolitana de São Paulo. O radar meteorológico Climatempo – USP mostra uma pequena área de chuva forte na zona sul da capital, entre as regiões de Santo Amaro e a cidade de Diadema.

Aconteceu no Brasil em 15/04/2015
quarta-feira, 15 de abril de 2015

Chuva

Temporais ainda ocorreram em vários estados do Brasil deixando grandes volumes de chuva acumulados em pouco tempo. Confira os maiores volumes em 1 hora, até 21h, pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia.

Chapadão do Sul (MS): 44,8 mm entre 16h e 17h

Presidente Prudente (SP): 33,0 mm entre 1h e 2h

Sonora (MS): 28,4 mm entre 16h e 17h (Brasília)

Ponta Porã (MS): 26,6 mm entre 15h e 16h (Brasília)

Araxá (MG): 26,4 mm entre 18h e 19h

Alto Taquari (MT): 26,0 mm entre 14h e 15h (Brasília)

Franca (SP): 26,0 mm entre 19h e 20h

Rancharia (SP): 26,0 mm entre 3h e 4h

 

Muita chuva em Presidente Prudente (SP)

Nuvens carregadas que vieram do Paraguai avançaram para o oeste de São Paulo na madrugada desta quinta-feira provocando chuva muito volumosa. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia choveu 85,0 m entre 1h e 6h.

Maior chuva em 24 h do ano em Belém (PA)

Segundo o Inmet choveu 81,2 mm sobre Belém, capital do Pará, entre 9h de 14 de abril e 9 h de 15 de abril. Foi a maior quantidade de chuva em 24 horas de 2015 até agora.

Chuva alaga São Paulo

Voltou a chover em São Paulo depois de uma semana seca, mas a chuva veio forte e causou alagamentos. O Centro de Gerenciamento de Emergências registrou 13 pontos de alagamento até 22 horas. A chuva mais intensa ocorreu sobre a zona leste. Os córregos Tiquatira (zona norte) e Rio Verde (zona leste) transbordaram.

 

 

Calor

O estado de Alagoas voltou a ser o mais quente no país. Em Coruripe, a temperatura chegou aos 38,5°C.

Mas em Corumbá, em Mato Grosso do Sul, fez 35,2°C

 

Ar seco em Belo Horizonte

Belo Horizonte teve uma tarde bastante seca. Foi a capital brasileira com o menor nível de umidade às 15 horas, segundo o Inmet, com apenas 36%. O aeroporto da Pampulha registrou 33% de umidade no ar.

 

 

Frente fria avança para o litoral de SP e do RJ
quarta-feira, 15 de abril de 2015

As condições para chuva aumentam sobre a Região Sudeste do Brasil no decorrer desta quinta-feira com a chegada de uma frente fria ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Ventos do quadrante norte trazem o calor e a umidade do centro-norte do Brasil para o Sudeste, o que facilita a formação e o crescimento das nuvens carregadas.

Mesmo o aumento de nuvens e pancadas de chuva, a maioria das áreas do Sudeste ainda terá várias horas com sol forte nesta quinta-feira e também temperatura elevadas. O ar polar que vem junto a frente fria é fraco e não terá grande influência no Sudeste.

Algumas pancadas de chuva podem ser fortes em São Paulo, no Rio de Janeiro e também sobre o centro-oeste e o sul de Minas Gerais.

 

Possibilidade de chuva e Belo Horizonte e em Vitória

As capitais Belo Horizonte e Vitória terminaram a primeira quinzena de abril com pouquíssima chuva. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, em 15 dias choveu 17 mm sobre Belo Horizonte, o que corresponde a apenas 27% da média de chuva normal para abril. Vitória acumulou 12 mm em 15 dias, 14% da média de chuva de abril.

A chegada da nova frente fria ao litoral do Rio de Janeiro no decorrer desta quinta-feira vai estimular a formação de algumas nuvens carregadas sobre a região de Vitória e de Belo Horizonte, mas o sol aparece forte na maior parte do dia.

Confira a previsão para o feriadão de Tiradentes

Prepare-se para o primeiro frio intenso de 2015!

Análise da chuva para o Brasil para 7 dias