Posts com a Tag ‘Sudeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
O que vem por aí?
domingo, 23 de novembro de 2014

Confira a seguir o que o tempo está preparando para os meteorologistas nesta semana:

 

Segunda-feira, dia 24 de novembro

- Na Região Sul uma massa de ar seco predomina e a situação pré-frontal faz as temperaturas dispararem na Região.

 

- Chuva forte e volumosa durante a madrugada e o período da manhã no centro-sul de Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Confira no mapa abaixo os volumes de chuva previstos!

 

Figura 2 - Acumulado de chuva previsto entre as 22h do dia 23 e as 10h do dia 24 de novembro.

 

 

Terça-feira, dia 25 de novembro

- As áreas de instabilidade se intensificam entre o Triângulo Mineiro e o norte de São Paulo e temporais são esperados para a tarde de terça-feira nessas regiões.

 

- Um sistema de Baixa Pressão se forma sobre o Paraguai e avança ao longo do dia para MS e o oeste da Região Sul. Chove forte a qualquer hora do dia no oeste do Rio Grande do Sul e a partir da tarde em MS e no oeste do PR e de SC.

 

 

Quarta-feira, dia 26 de novembro

- A passagem de uma frente fria reforça as instabilidades sobre as Regiões Sudeste e Centro-Oeste e e há previsão de chuva forte ao longo da quarta-feira em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

 

 

Quinta-feira, 27 de novembro

- A frente fria no litoral do Sudeste ajuda a organizar as nuvens carregadas entre São Paulo e Mato Grosso. As áreas em tons de rosa no mapa a seguir indica as áreas com maior risco de chuvas volumosas.

 

 

Sexta-feira, dia 28 de novembro

- Semana termina com muita chuva no centro-sul de Minas Gerais. No mapa a seguir é possível conferir a previsão de chuva acumulada durante a semana.

 

Semana com muita chuva no Centro-Oeste e Sudeste
domingo, 23 de novembro de 2014

A frente fria que provocou chuva no fim de semana sobre o Sudeste se afasta na segunda-feira (24), mas um sistema de baixa pressão reforça as instabilidades sobre o Centro-Sul do Brasil nos próximos dias. A partir de quarta-feira (26), uma nova frente fria avança pelo oceano, mantendo o tempo instável sobre o Sudeste e Centro-Oeste.

O mapa abaixo mostra a previsão de precipitação sobre o Brasil até a sexta-feira (28).

Os maiores acumulados estão concentrados sobre o Centro-Oeste e Sudeste do país, podendo passar dos 100 mm em áreas do interior do Rio de Janeiro, da zona da mata mineira, do sul de Minas, do Alto do Paranaíba, do Alto São Francisco, do Triângulo Mineiro, do norte de São Paulo, do sul de Goiás, do norte de Mato Grosso do Sul e do centro-sul de Mato Grosso.

Mais duas frentes frias até o fim de novembro
terça-feira, 18 de novembro de 2014

Novembro marcou a volta das pancadas de chuva mais frequentes e volumosas sobre o Brasil, mas principalmente a regularidade das frentes frias. Com o calor e a umidade aumentando, o fluxo de ar úmido voltando a movimentar do Norte para o centro-sul do país, as pancadas de chuva estão ocorrendo em número cada vez maior à tarde e à noite. Esta é a chuva típica dos dias quentes e úmidos e podem ocorrer em qualquer lugar, porém de forma aleatória, em pequenas áreas. Mas com a passagem das frentes frias aumenta a chance de formação de grandes áreas de instabilidade e a ocorrência de chuva generalizada.

No mapa, os tons alaranjados indicam menos chuva que a média. A chuva acima da média aparece em tons de azul.

 

Três frentes frias já avançaram com força sobre o Brasil em novembro e mais duas devem passar pelo Sul e alcançar o Sudeste até o fim do mês.

 

Pancada de chuva na praia - Caraguatatuba (SP) por Vanessa Simões em 23-01-2014

 

A meteorologista Josélia Pegorim comenta quando e como estas frentes frias vão atuar sobre o país.

 

Madrugada foi fria no centro-sul do país
domingo, 16 de novembro de 2014

A presença de uma massa polar no centro-sul do Brasil deixou a madrugada fria, para esta época do ano,  no Sul do país e em parte do Sudeste. Em São José dos Ausentes, na região de Serra do Rio Grande do Sul, a temperatura mínima foi de 8,1 graus. Em São Joaquim, na Serra Catarinense, a temperatura foi de 8,9 graus. Em Curitiba a temperatura na região do aeroporto da cidade era de apenas 10 graus às 06:00 da manhã. Em Campos do Jordão, na Mantiqueira, a mínima foi de 9,9 graus. Em Maria da Fé (MG) 9,6 graus e em Petrópolis (RJ) 9,3 graus.

Na madrugada e manhã desta segunda e terça-feira ainda devemos ter madrugadas frias no centro-sul do país. É provável que, com a diminuição da nebulosidade durante a madrugada, a temperatura caia ainda mais no Sudeste.

Estiagem prejudica o norte do Rio de Janeiro
quinta-feira, 13 de novembro de 2014

A seca que assola muitas áreas do Sudeste também prejudica o município de Campos dos Goytacazes, localizado no norte do Rio de Janeiro. Um levantamento feito pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em parceria com a Secretaria de Agricultura de Campos relevou que a estiagem já provocou prejuízos de mais de R$ 128 milhões. O Rio Paraíba do Sul está com o nível abaixo do normal  e a água que antes chegava naturalmente, agora precisa da ajuda de bombas elétricas. Confira qual será a tendência do acumulado de chuva para os próximos dias em todo o Brasil.

Chuva aumenta no Sudeste
quinta-feira, 13 de novembro de 2014

O avanço da frente fria trouxe grandes áreas de instabilidade para o Sudeste. Áreas de Minas Gerais já tiveram chuva desde cedo.

No satélite meteorológico a nebulosidade aumenta sobre os Estados de São Paulo e Minas Gerais.

A estação automática do INMET na Pampulha em Belo Horizonte registrou um total de chuva de 11mm nas últimas 24 horas.

O aeroporto do Campo dos Afonsos no Rio de Janeiro as temperaturas já chegam aos 36°C o que associado com a umidade pode favorecer a formação de grandes nuvens.

Ainda chove na sexta-feira

As áreas de instabilidade ainda vão favorecer chuva em Minas Gerais e São Paulo. São esperados grandes volumes de chuva entre o norte mineiro e o Estado do Espírito Santo, devido a presença da frente fria.

No fim de semana as instabilidades se afastam de São Paulo e do sul de Minas Gerais. Norte de Minas Gerais e Espírito Santo há o risco de chuva.

Chuva atrapalha o plantio de grãos no RS
terça-feira, 11 de novembro de 2014

As chuvas tem atrapalhado o plantio de grãos, como a soja, no Rio Grande do Sul. Em muitas propriedades o processo de plantio já começou, mas o tempo precisa continuar firme para que o trabalho seja concluído. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) estima que até o momento, 15% da área total tenha sido plantada. Sendo que no mesmo período do ano passado, o plantio chegava a 20% no Estado.

 

Chuva reanima produtores de hortaliças de SP
quarta-feira, 5 de novembro de 2014

O retorno da chuva desde o inicio do mês tem animado os produtores de hortaliças de Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo, mas muito ainda estão receosos. A água foi praticamente absorvida pelo solo e o inicio do plantio acontece com cautela. A estimativa é que com a seca deste ano, a produção de hortaliças tenha caído cerca de 30% no estado de São Paulo.

Confira a tendência do acumulado de chuva para os próximos dias em todo o Brasil.

 

Estiagem prejudica produção de borracha em SP
segunda-feira, 3 de novembro de 2014

 O látex é a matéria prima responsável pela produção da borracha. O início da safra é o período em que as árvores do seringal mais precisam de umidade para o bom desenvolvimento. A estiagem que aflige o noroeste de São Paulo, fez com a safra 2013/2014, tivesse uma quebra de 30%. Agora, a torcida é para que a as chuvas voltem com regularidade, pois há receio de que a história se repita no próximo ano.Confira a tendência do acumulado de chuva para os próximos dias em todo o Brasil.

 

Sexta com temporais em todas as Regiões do Brasil
quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Atualizado às 22h15 de 30/10/2014

O ar quente e úmido que está sobre o Brasil favorece a formação nuvens grandes e carregadas do tipo Cumulonimbus (Cb).

Estas nuvens são responsáveis pelos temporais de primavera/verão, ou seja, pancadas de chuva rápidas geradas por uma condição de abafamento do ar e que podem vir com grande volume em um curto período de tempo.

Nuvens de temporal chegando a Itapuilândia (PR) 30-10-2014 Giovani Patzlaff

 

Sexta-feira com temporais

Os temporais vão se repetir pelo Brasil na sexta-feira (31). O Sul terá o céu carregado e chuva a qualquer momento, ainda por conta da passagem da frente fria. O ar quente e úmido que ainda predominam sobre o Sudeste, Centro-Oeste e em parte do Norte e do Nordeste vai permitir a formação de mais nuvens carregadas que vão provocar pancadas de chuva rápidas à tarde e à noite em muitas áreas destas Regiões.

Chuva forte sobre Montes Claros (MG) 29-10-2014 por Felipe Santos

Além da chuva forte em pouco tempo, estas nuvens também podem provocar raios (descargas elétricas), que podem matar, e rajadas de vento tão intensas que podem derrubar árvores. Foi o que ocorreu nesta quinta-feira sobre o Rio Grande do Sul. Veja a velocidade das rajadas.

 

Ao longo do fim de semana a chuva ganhará mais força sobre o Sudeste por conta do avanço da frente fria. O céu ficará mais carregado em São Paulo e no Centro-Oeste. Em algumas áreas do oeste de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul se espera também uma queda de temperatura máxima por conta da grande quantidade de nuvens e da chuva.

A presença de umidade e do sol favorecem a ocorrência de um fotometeoro, fenômeno atmosférico associado à luz, muito bonito, o arco-íris. Esse fenômeno foi fotografado pelo Jonei Santos.