Posts com a Tag ‘Temperatura abaixo de zero’

+ aumentar e diminuir fonte -
Menos frio e mais sol para o Sul
domingo, 27 de julho de 2014

A forte massa polar que entrou no Brasil vai se afastar do país no decorrer da semana. Seu centro (região de frio mais intenso) já está sobre o oceano e se desloca sobre o mar, se afastando do país. A influência desta massa polar diminui gradualmente. A temperatura sobe e a semana deve terminar até com tardes quentes. As noites ainda serão frias, mas não geladas como no fim de semana. Confira a previsão para a Região Sul para saber onde ainda pode gear

Um bloqueio atmosférico vai barrar as frentes frias na fronteira com o Uruguai por alguns dias. Assim, aproveite o sol desta semana! Pouca chuva ocorre nos próximos 10 dias na maior parte do Sul.

Veja a previsão do volume de chuva .

 

 

O Sul do Brasil teve um fim de semana de frio intenso e com geadas fortes no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Temperaturas abaixo de zero voltaram a ser observadas. No domingo, a menor temperatura no Sul, e no Brasil, foi de 2,4°C negativos em Urupema, na serra catarinense, valor medido pelo Epagri -Ciram.

Veja onde geou no domingo, segundo informação do Instituto Nacional de Meteorologia

 

GEADAS E TEMPERATURAS MINIMAS REGISTRADAS HOJE (27/07/14)

                                               ESTAÇÕES CONVENCIONAIS DO INMET

MUNICÍPIOS

ESTADO

T. MÍNIMA (ºC)

GEADA

Cambará do Sul

RS

-2,0

Forte

Bagé

RS

0,6

Forte

Bom Jesus

RS

0,8

Forte

Santa Vitória do Palmar

RS

1,0

Fraca

Encruzilhada do Sul

RS

1,8

Fraca

Caxias do Sul

RS

2,0

Forte

São Joaquim

SC

2,0

Forte

Passo Fundo

RS

2,4

Forte

Campos Novos

SC

2,4

Fraca

Campo Bom

RS

2,5

Forte

Lagoa Vermelha

RS

2,6

Fraca

Santa Maria

RS

2,6

Forte

Pelotas

RS

3,7

Forte

 

Sul abaixo de zero – geada foi forte no RS e em SC
sábado, 26 de julho de 2014
 Como já era esperado, o Sul do Brasil amanheceu muito frio neste sábado. Temperaturas abaixo de zero foram registradas em várias áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.  A menor temperatura no Sul e no Brasil neste sábado foi de 3,8°C abaixo de zero em Urupema, na serra catarinense, registrada pelo Epagri/Ciram, órgão de monitoramento meteorológico do governo de Santa Catarina.
O frio intenso provocou geada até de forte intensidade.  A tabela mostra as temperaturas abaixo de zero registradas neste sábado pelo Inmet e Epagri/Ciram.
Veja onde houve geada e a intensidade do fenômeno, segundo o Inmet

Cambará do Sul RS -1,4°C Forte

Lagoa Vermelha RS 1,0°C  Forte

Campos Novos SC 1,9°C  Fraca

Caxias do Sul RS 2,8°C  Fraca

Encruzilhada do Sul RS 3,2°C  Moderada

São Luiz Gonzaga RS 3,7 °C Fraca

Lages SC -1,5  Moderada

Bom Jesus RS -1,0  Forte

São Joaquim SC -0,2 Forte

Passo Fundo RS 2,1  Moderada

Santa Maria RS 3,0°C  Fraca

Campo Bom RS 3,4°C  Moderada

Pelotas RS 3,5°C  Forte

Bagé RS 4,0 °C Fraca

Mais frio 

O frio será intenso ainda na madrugada do domingo e ainda há condições para muita geada, que pode se forte e danosa para a agricultura. O sol predomina e quase todo o Sul, mesmo assim a sensação de frio ainda será grande o dia todo.

Por que o fio aumenta?

O ar polar que já está sobre o Sul será reforçado por outra massa polar que está avançando sobre a Argentina. As duas massas polares se juntam neste sábado e o centro polar, que é a região mais fria, vai passar sobre o Rio Grande do Sul. Por isto, a geada mais intensa e ampla deve ser observada neste estado. As menores temperaturas devem ocorrer nas serras gaúcha e catarinense.

 
Madrugadas congelantes no Sul
sexta-feira, 25 de julho de 2014

Fim de semana gelado

O ar polar entrou com força no Brasil causando muito frio no Sul. A menor  temperatura registrada nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Meteorologia foi de 0,7°C abaixo de zero em Quaraí, na fronteira com o Uruguai. A menor temperatura registrada em 2014 por órgãos oficiais de medição meteorológica foi de 7,7°C em Urupema, na parte mais elevada da serra da Santa Catarina, pelo Epsgri/Ciram.

Frio congelante – ar polar em dose dupla

O frio vai aumentar no Sul neste último fim de semana de julho. As madrugadas de sábado e domingo devem ser congelantes e muitas áreas terão temperatura abaixo de zero. Há condições para geada nos três estados e desta vez pode gear de forma generalizada, até com forte intensidade, com danos para a agricultura. O sol já aparece em muitas áreas do Sul, mesmo assim a sensação de frio ainda será grande o dia todo.

Por que o frio aumenta?

O ar polar que já está sobre o Sul será reforçado por outra massa polar que está avançando sobre a Argentina. As duas massas polares se juntam neste sábado e o centro polar,que é a região mais fria, vai passar sobre o Rio Grande do Sul. Por isto, a geada mais intensa e ampla deve ser observada neste estado. As menores temperaturas devem ocorrer nas serras gaúcha e catarinense.

 




Confira o que é a geada branca e a geada negra

 

Muitos recordes de frio na sexta-feira, 25 de julho de 2014

Brasil abaixo de zero
quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Brasil abaixo de zero

Uma forte massa polar passa influencia o centro-sul do Brasil provocando temperaturas muito baixas. Na madrugada desta quarta-feira, o centro da massa polar, que é a região mais fria do sistema, atingiu a região entre o Paraguai, o Sul e o Centro-Oeste do Brasil, o que fez com que o ar muito frio e seco se espalhasse com mais força pelo território brasileiro. As medições feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia e pelo Epagri/Ciram, do governo de Santa Catarina, indicaram mais de 30 cidades com temperaturas abaixo de zero na madrugada e ao amanhecer desta quarta-feira.

Frio diminui na 5ª feira

O centro polar desloca-se para o oceano nesta quinta-feira e o frio começa a diminuir a partir da tarde. A madrugada e o amanhecer ainda serão muito frios e várias localidades da Região Sul e até o Sudeste ainda devem registrar temperaturas negativas. O centro do ar polar se distancia de Mato Grosso do Sul e a tendência é de elevação da temperatura.

Ainda há condições para geada ao amanhecer especialmente entre o centro-sul do Paraná e o norte do Rio Grande do Sul.

 

 

Interior de SP registra temperatura abaixo de zero
quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O ar polar entrou com muita força sobre São Paulo na madrugada desta quarta-feira, fazendo com que a temperatura baixasse ainda mais em todas as regiões do estado.

Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia e da Aeronáutica, nos aeroportos, a temperatura ficou abaixo de zero e bateu recorde em alguns locais.

Confira algumas temperaturas registradas

Racharia: -1,4°C (recorde 2013)

Barra do Turvo: -0,5°C 9(recorde 2013)

Valparaíso: 0,6°C (recorde 2013)

Presidente Prudente (aero): 2°C (igualou recorde de 24 de julho)

Ribeirão Preto (aero): 4°C (recorde 2013)

Menos frio amanhã

O centro de ar polar começa a se afastar de São Paulo amanhã e o frio será menos intenso. Mesmo assim, praticamente todas as regiões paulistas terão temperaturas um pouco abaixo dos 10°C.

Quase 4ºC negativos no Sul e vai esfriar mais
terça-feira, 27 de agosto de 2013

Uma forte massa de ar polar atua sobre o Sul do Brasil causando baixas temperaturas nos três estados. A menor temperatura desta nova onda de frio, até o momento, é de 3,3°CC abaixo de zero em Quaraí, no sul do Rio Grande do Sul. Confira as menores temperaturas registradas nesta terça-feira, 27 de agosto de 2013, pelo Instituto Nacional de Meteorologia, considerando as medições convencionais e automáticas. 

Mais frio nesta 4ª feira

O centro da massa polar, que é a região mais fria do sistema, avança do norte da Argentina para o Sul do Brasil e estará passando sobre o Sul nesta quarta-feira, especialmente sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nesta situação, o resfriamento atinge o ponto máximo. O ar muito seco polar dissipa a nebulosidade que está sobre o Sul. Sem as nuvens, que funcionam como um cobertor, o ar perto do solo vai esfriar muito.  Os termômetros vão marcar valores abaixo de zero nos três estados. Há condições para geada em amplas áreas, com moderada a forte intensidade.

Confira ainda os locais onde nevou e geou.

TEMPERATURAS MÍNIMAS REGISTRADAS  27-ago-2013  

Rio Grande do Sul

INTERIOR

-3,3°C Quaraí
PORTO ALEGRE 6,2°C

Santa Catarina

INTERIOR

-1,5°C Morro da Igreja (Bom Jardim da Serra)
FLORIANÓPOLIS 10,2°C

Paraná

INTERIOR

4,4°C Ventania
CURITIBA 7,0°C

 

GEADAS E NEVE  TEMPERATURAS MINIMAS REGISTRADAS HOJE

                                               ESTAÇÕES CONVENCIONAIS DO INMET

MUNICÍPIOS

ESTADO

T. MÍNIMA (ºC)

GEADA

NEVE

Bom Jesus

 

-1,0

 

Forte

Cambará do Sul

 

-2,2

 

Forte

Caxias  do Sul

0,2

 

Forte

Lagoa Vermelha

-0,3

 

Moderada

São Joaquim

 

-1,2

    Moderada

São Luiz Gonzaga

 

0,8

Moderada  

 

 

Frio bate recorde de provoca geada em MS
quinta-feira, 15 de agosto de 2013

O frio intenso que fez ao amanhecer desta quinta-feira em Mato Grosso do Sul provocou geada em muitas áreas do estado. Pelas medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura no estado foi de 1,4ºC abaixo de zero em Bela Vista, no sul do estado. A temperatura mínima foi negativa também em Amambaí, -0,2°C, e em Ponta Porã, -0,2°C.

O internauta Allan Brucce enviou a foto da geada que deu em Caarapó.

Recorde de frio em Campo Grande

A madrugada desta quinta-feira, 15 de agosto, foi com recorde de frio em Campo Grande, a capital de Mato Grosso do Sul. O Inmet registrou a temperatura mínima de 4,3ºC. O recorde anterior era de 4,5ºC, em 25 de julho.

Mais geada

A forte massa de polar que entrou em Mato Grosso do Sul ainda vai provocar muito frio no Estado nesta sexa-feira. Há risco de gear novamente no sul do Estado. O ar polar intenso se afasta no fim de semana e a temperatura se eleva rapidamente, não havendo mais risco de geada.

Confira as temperaturas mínimas em Mato Grosso do Sul, pelo levantamento da meteorologista Cátia Braga (CEMTEC) junto ao Inmet.

Mato Grosso do Sul

Temperaturas mínimas

15 de agosto de 2013

Cidade T.mínima
Água Clara

4,1

Amambai

-0,2

Aquidauana

4,2

Bataguassu

6,2

Bela Vista

-1,4

Campo Grande

4,3

Cassilândia

9,1

Chapadão do Sul

3,8

Corumbá

10,7

Costa Rica

5,2

Coxim

5,4

Dourados

1,2

Itaquirai

2,1

Ivinhema

4,1

Jardim

1,5

Juti

1,4

Maracaju

1,5

Miranda

3,6

Faz.Nhumirim-Corumbá

4,5

Paranaíba

5,9

Ponta Porã

-0,2

Porto Murtinho

1,6

Rio Brilhante

sem dados

São Gabriel do Oeste

3,6

Sete Quedas

2

Sidrolândia

0,8

Sonora

8,1

Três Lagoas

7,4

Sul voltou a registrar frio abaixo de zero
terça-feira, 2 de julho de 2013

Sul voltou a registrar frio abaixo de zero

O ar polar ainda atuou forte sobre o Sul do Brasil na madrugada desta terça-feira provocando frio intenso. Santa Catarina e Rio Grande do Sul registraram temperaturas abaixo de zero. O frio provocou geadas até de forte intensidade.

Em Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 1,2ºC abaixo de zero. O Epagri/Ciram, de Santa Catarina, registrou 2,9ºC negativos em Urupema e 4,5ºC abaixo de zero em Bom Jardim da Serra.

Temperatura em elevação

A partir desta quarta-feira, a temperatura entra em elevação no Sul do Brasil. A parte mais intensa da massa polar sai da Região e vai para o mar. Mesmo com as temperaturas subindo, a sensação de frio persiste à noite e nas primeiras horas da manhã. Não deve gear mais nos próximos dias, mas o frio ainda será suficiente para formar muito nevoeiro sobre a Região.

GEADAS E TEMPERATURAS MINIMAS REGISTRADAS HOJE

                                               ESTAÇÕES CONVENCIONAIS DO INMET

MUNICÍPIOS

ESTADO

T. MÍNIMA (ºC)

GEADA

Bom Jesus

RS

1,0

Fraca

Cambará do Sul

RS

-1,2

Moderada

Campo Bom

RS

3,0

Moderada

Caxias do Sul

RS

6,0

Moderada

Pelotas

RS

4,0

Fraca

Santa Maria

RS

2,4

Moderada

Santana do Livramento

RS

5,8

Fraca

São Joaquim

SC

2,4

Forte

 

Volta a chover no Sul, depois do frio abaixo de zero
sexta-feira, 31 de maio de 2013

Como já era esperado, várias regiões do Sul do Brasil amanheceram muito frias e com geada, registrando temperaturas próximas e até abaixo de zero. O frio intenso foi provocado pela passagem de um centro de ar polar moderado sobre a Região Sul.

Além das baixas temperaturas, esta massa polar reduziu muito os níveis de umidade do ar, o que garantiu o tempo firme, com muito sol e sem risco de chuva no feriado em quase todo Sul do país. Mas o ar polar já está se deslocando para o oceano e novas áreas de instabilidade, de outra frente fria, voltam a cobrir o Sul e nuvens carregadas. O primeiro fim de semana de junho será marcado por mais chuva, com risco de temporais.

 

Frio abaixo de zero nesta sexta-feira

Santa Catarina registrou as mais baixas temperaturas do Brasil desta sexta-feira, 31 de maio. O frio mais intenso ocorreu na serra e nos planaltos catarinenses, no sul do Paraná e na serra do Rio Grande do Sul.

Confira as menores temperaturas registradas nas estações meteorológicas automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia e pelo Epagri/Ciram (SC).

Urupema (SC): -6,2C

Bom Jardim da Serra (SC): -5,0C

Caçador (SC): -1,0C

Papanduva (SC): -0,8C

Rio Negrinho (SC): -0,6C

Major Vieira (SC): -0,5C

São Mateus do Sul (PR):  -0,1C

Vacaria (RS): -0,1C

Canoinhas (SC): -0,1C

Campos Novos (SC): 0,0C

Irineópolis (SC): 0,4C

São José dos Ausentes (RS): 1,3C

Curitibanos (SC): 1,3C

Campo Belo do Sul (SC): 1,4C

Porto União (SC): 1,4C

Rio do Campo (SC): 1,6C

Joaçaba (SC): 1,7C

São Joaquim (SC): 1,7C

Painel (SC): 1,8C

Alfredo Wagner (SC): 1,8C

General Carneiro (PR): 2,0C

Caçador -1,0

 

Temperatura sobe no Sul no fim de semana
sexta-feira, 17 de maio de 2013

RECORDE DE FRIO EM PORTO ALEGRE

O frio foi muito intenso sobre o Rio Grande do Sul na madrugada desta sexta-feira e bateu recorde em Porto Alegre. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura mínima de 5,2ºC. O recorde anterior era de 7,1ºC em 8 de maio. A capital gaúcha registrou a tarde mais fria do ano na quinta-feira, 16 de maio. A máxima foi de 14,5ºC.

Menores temperaturas 

A Região Sul voltou a registrar temperaturas abaixo de zero, mas que não bateram os recordes para 2013. O Epagri/Ciram, órgão de monitoramento meteorológico do governo de Santa Catarina registrou 5ºC abaixo de zero em Urupema, no alto da serra catarinense. Mas este local já havia registrado 6,8ºC negativos, em 8 de maio.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, as menores temperaturas registradas na sexta-feira, 17 de maio, foram de 2,4ºC negativos em Cambará do Sul (RS), 0,8ºC negativos em São Joaquim (SC) e 5,4ºC em Foz do Iguaçu (PR)

Frio diminui e volta a chover

O centro da massa polar, que e é região mais fria o sistema, passou sobre o Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, a caminho do oceano. Com a saída do frio intenso, a temperatura terá rápida elevação no fim da semana e não há mais expectativa de geada. Novas áreas de instabilidade crescem entre o Brasil, o Paraguai e a Argentina e provocam chuva na Região Sul no fim de semana.