Posts com a Tag ‘vale do Ribeira’

+ aumentar e diminuir fonte -
Dicas do tempo no feriado para a Grande SP
quinta-feira, 17 de abril de 2014

O sol reapareceu e São Paulo começou a esquentar nesta quinta-feira, véspera do feriadão da Páscoa. A temperatura chegou aos 24°C, mas hoje, por volta das 11 horas, os termômetros já estavam marcando este valor. Será que vai esquentar mais ou esfriar ?

A meteorologista Josélia Pegorim dá detalhes de como vai ficar o tempo no feridão da Páscoa na região da Grande São Paulo, no litoral paulista, no vale do Paraíba e do Ribeira.

 

 

 

 

 

Chuva diminui no vl. do Ribeira (SP) e litoral do Paraná
quinta-feira, 3 de abril de 2014

Chuva diminui no vl. do Ribeira (SP) e litoral do Paraná

A combinação do relevo e da persistência de ventos marítimos moderados sobre o leste do Paraná e de São Paulo gerou nuvens baixas que provocou um grande volume de chuva sobre o litoral do Paraná e no vale do Ribeira, no sul de São Paulo.

A região de Barra do Turvo, em São Paulo, no vale do Ribeira acumulou 82,4 mm entre 21 horas do dia 2 e 21 h de 3 de abril de 2014. No mesmo período choveu 51 mm em Morretes, no litoral do Paraná.

Nesta sexta-feira, os ventos enfraquecem e começam a mudar de direção, o que vai permitir a diminuição da umidade e da chuva. Apesar da grande quantidade de nuvens, já são esperados alguns momentos com sol. No fim de semana, a nebulosidade diminui ainda mais e os períodos com sol aumentam.

 

 

 

 

Pode voltar a chover forte no Vale do Ribeira (SP)?
terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

A passagem de uma frente fria pelo litoral paulista, entre 14 e16 de fevereiro, provocou chuva muito forte sobre o vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, que causou enchentes e fez com que centenas de pessoas deixassem suas casas. A meteorologista Josélia Pegorim analisa as condições do tempo na região para os próximos dias.

 

Vale do Ribeira (SP): semana segue com pouca chuva
segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Depois semanas secas e muito quentes, a passagem de uma frente fria pelo Estado de São Paulo no fim de semana provocou tempestades em várias regiões.

Umas das áreas que mais sofreram com a chuva torrencial foi a do vale do Ribeira. Na região de Miracatu, o grande volume de chuva em poucas horas causou uma grande enchente. A região de Juquiá e de Itariri também sofreram com a chuva forte.

A Climatempo alertou na sexta-feira para o risco de tempestades no vale do Ribeira devido a passagem desta frente fria.

Em Miracatu, pela medição do CIIAGRO – Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas – choveu entre 7 horas de sexta 14, e 7 horas do domingo, 16, cerca de 368 mm. A média de chuva para fevereiro é de 253 mm.

A frente fria está se afastando do litoral do Rio de Janeiro e sua influência sobre o Estado de São Paulo já está diminuindo. A região de Miracatu, e de todo e de todo o vale do Ribeira, continua com muitas nuvens nesta terça-feira, mas pouca chuva está sendo esperada. O sol reaparece a partir de quarta. Mas a população deve ficar atenta com a volta a chuva no fim de semana.

Fim de semana com muita chuva em áreas de SC, PR e SP
sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

A passagem de uma frente fria forte gera condições para formação de áreas de instabilidade persistentes entre o leste de Santa Catarina e de São Paulo. Uma forte massa de ar polar desloca-se pelo mar, ao largo da costa da Argentina, do Uruguai e do Sul do Brasil. No fim de semana e também durante a segunda-feira, 17 de fevereiro, os ventos fortes e constantes gerados por esta massa polar vão injetar um ar muito úmido e frio sobre o litoral  e nordeste de Santa Catarina, no leste do Paraná, no sul e leste de São Paulo. Uma área de baixa pressão tende a se formar entre o litoral de São Paulo e o litoral norte de Santa Catarina.  A combinação destes fatores vão facilitar a formação das áreas de instabilidade que devem provocar muita chuva sobre o vale do Itajaí, no litoral norte de Santa Catarina, Grande Florianópolis, planalto norte de Santa Catarina, litoral do Paraná, Grande Curitiba, litoral sul de São Paulo e no vale do Ribeira, no sul de São Paulo.

Todas estas regiões ficam sujeitas a chuva forte e volumosa, persistente no fim de semana e na segunda-feira. Grandes volumes de água devem ser acumulados sobre encostas, solos, córregos, que podem causar alagamentos e deslizamentos.

Chove forte em Itapetininga (SP)
domingo, 9 de fevereiro de 2014

O forte calor e a circulação de umidade favoreceram a formação de áreas de instabilidade sobre o Vale do Ribeira em São Paulo. Chove em Itapetininga, segundo informações do radar meteorológico a intensidade é de moderada a forte. Nas próximas horas, a chuva tende a perder intensidade com o afastamento das áreas de instabilidade.

Um pouco mais de umidade para São Paulo
domingo, 4 de agosto de 2013

A passagem de uma frente fria pelo oceano, ao largo do litoral de São Paulo, favorece a entrada de mais umidade na faixa leste do Estado de São Paulo nessa segunda-feira (05). O sol ainda aparece, mas a nebulosidade aumenta e a temperatura diminui em relação ao fim de semana por conta da presença de ventos marítimos. A Grande São Paulo, o litoral, os Vales do Ribeira e do Paraíba passam o dia com temperatura amena e variação de nebulosidade. Ainda não há previsão de chuva, mas a qualidade do ar tende a melhorar. Já a partir de terça-feira o sistema frontal se afasta da costa e a massa de ar seco volta a ganhar força também no leste paulista, favorecendo a diminuição dos níveis de umidade. E até a quinta-feira predomina o tempo firme, com sol, temperatura alta  e umidade baixa.

Ainda chove forte na região do Vale do Ribeira (SP)
terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Segundo imagens do radar meteorológico, ainda chove com intensidade moderada a forte na região do Vale do Ribeira em São Paulo. Essas áreas de instabilidade avançam rapidamente para o interior do Estado e também perde força. Durante a noite é esperado que a chuva enfraqueça até parar por completo.

Rajadas de vento no norte de São Paulo
sábado, 21 de abril de 2012

Uma linha de nuvens carregadas avança sobre o norte de São Paulo e provoca chuva e vento na região. As rajadas de vento chegam a 59 km/h em Ribeirão Preto e a 51 km/h em Pirassununga, a temperatura nestas cidades está em queda e é de 25°C e 19°C respectivamente. Há registro de chuva e trovoadas na região.

Madrugada fria na capital e Grande SP
terça-feira, 18 de outubro de 2011

O vento frio e úmido que sopra do mar ainda forma algumas nuvens baixas sobre todo o leste de São Paulo nesta madrugada de terça-feira. Mesmo assim não há registro de chuva tanto na capital como também na Grande SP. A madrugada está sendo fria e os termômetros registram temperaturas em torno de 14 graus na região do aeroporto de Congonhas e de Cumbica em Guarulhos e em São José dos Campos faz 15 graus.