Posts com a Tag ‘vento forte’

+ aumentar e diminuir fonte -
Temporais no sul de Minas Gerais
segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Nuvens muito carregadas associadas ao ar abafado e à presença de um sistema de baixa pressão no oceano estão espalhadas pelo sul de Minas Gerais nesta tarde de segunda-feira. Em Maria da Fé houve um temporal com 35 mm de chuva acumulada em apenas uma hora (entre 15h e 16h). Em Monte Verde a chuva também foi intensa com cerca de 25 mm no acumulado e veio acompanhada de vento forte, com rajada de 58 km/h no mesmo intervalo horário. Os dados são das estações meteorológicas automática do INMET.

Chuva e ventania em Cuiabá (MT)
sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Nuvens carregadas cresceram sobre Cuiabá e provocam chuva com raios. A temperatura caiu para 24 graus e as rajadas de vento chegam a 81 km/h.

Granizo em Bragança Paulista (SP)
sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Nuvens carregadas cresceram no interior de São Paulo, perto do Sul de Minas Gerais. Pequenos núcleos de chuva forte estão sendo detectados pelo radar meteorológico de São Roque, operado pela Aeronáutica, e o aeroporto de Bragança Paulista registra queda de granizo neste momento e vento forte, de 56 km/h. A temperatura caiu para 23ºC na cidade.

Pancadas de chuva continuam em SP
quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

A frente fria que trouxe chuva e aliviou o calor no Estado do São Paulo avançou para o litoral do Rio de Janeiro e nesta sexta-feira se afasta em alto-mar. Mesmo assim, áreas de instabilidade voltam a se formar em diversas áreas da Região Sudeste favorecendo a ocorrência de mais pancadas de chuva também sobre o Estado de São Paulo.

Nesta sexta-feira, a maior chance de chuva ainda será para a parte norte e para o leste de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo. A entrada do ar polar baixou a temperatura, mas ainda existe calor e umidade suficientes na atmosfera para o crescimento de nuvens carregadas. Há risco de raios e em alguns momentos a chuva poderá ser moderada a forte, especialmente pelo interior.

 

 

Temporais

A passagem da frente fria provocou temporais em vários locais. Na capital, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 31,0mm acumulados entre 9h do dia 21 e 9h de 22 de janeiro.

Mas em Itapira choveu quase 50 mm apenas entre 15h e 16h. Em Taubaté, o temporal ocorreu no início da noite. Choveu 54,0 mm entre 18h e 19h. Franca, no norte do Estado.

 

Salto de Pirapora (SP) em 21-2-2015 por Leandro

 

Fim de semana com mais sol

O fim de semana terá mais sol e calor no Estado de São Paulo, mas as pancadas de chuva vão continuar à tarde e em parte da noite. A tendência é de aquecimento, mas o calor fica dentro do normal. Não há expectativa de novos recordes.

 

Recorde de “frio” na cidade de São Paulo

A combinação da chuva, com o aumento da nebulosidade e o ar polar derrubaram a temperatura na cidade de São Paulo. A quinta-feira, 22 de janeiro, foi de recorde de “frio”. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o foram registradas a menor temperatura do ano, a madrugada mais fria, e a menor temperatura máxima de 2015, até agora, a tarde mais fresca. A temperatura mínima no Mirante de Santana foi de 19,2°C e a máxima de 26,1°C.

A madrugada de sexta-feira, 23, deve ser ainda mais fresca e com possibilidade de novo recorde. A temperatura mínima deve ficar em torno dos 18°C.

 

Aniversário de São Paulo

A cidade de São Paulo completará 461 anos no dia 25 de janeiro, no próximo domingo. As festas pela cidade devem acontecer com sol, calor e pancadas de chuva à tarde e à noite.

Participe do desafio especial para São Paulo: #fotografesampa

 Acompanhe a chuva na Grande SP pelos radares Climatempo-USP

 

Pouca chuva  no Sudeste

Apesar da quebra do bloqueio atmosférico, a maioria das áreas do Sudeste vai fechar janeiro com chuva abaixo do normal. Janeiro é o primeiro ou o segundo mês mais chuvoso do ano nos Estados do Sudeste.

Os mapas mostram a anomalia de chuva (diferença entre média de chuva histórica e o volume de chuva ocorrido) em janeiro de 2014 e a situação de janeiro de 2015 até o dia 21.

 

Anomalia de chuva para janeiro de 2015 até o dia 21

 

Anomalia de chuva de janeiro de 2014

 

 

Confira a análise da meteorologista Josélia Pegorim sobre a chuva no Sudeste ]

Podemos ter mais apagões neste verão?

Vai no Foo Fighters? Veja a dica da previsão! ]

Dá para ver os anéis de Saturno a olho nu?

 

Trovoadas e vento forte em Bom Jesus da Lapa (BA)
quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Nuvens carregadas formadas pelo calor intenso estão se espalhando pelo oeste da Bahia nesta tarde de quinta-feira. Em Bom Jesus da Lapa há registro de trovoadas e rajadas de vento de até 55 km/h, Agora faz 36 graus no aeroporto local.

Temporal com vento de 68km/h em Curitiba (PR)
terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Nuvens muito carregadas associadas ao ar abafado e a uma frente fria estão espalhada pelo leste do Paraná nesta noite de terça-feira. No momento chove forte e há registro de muitos raios e trovoadas em Curitiba. No aeroporto de Bacacheri a visibilidade está limitada a 1600 metros e as rajadas de vento chegam a 68 km/h. A temperatura local é de 21 graus.

Vento forte em Indaial (SC)
terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Nuvens muito carregadas que avançam pelo nordeste de Santa Catarina provocam vento forte em Indaial neste final de tarde de terça-feira. Na estação meteorológica automática do INMET houve um rajada de 81km/h entre 16h e 17h.

Mais de 30mm em apenas uma hora no RS
terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A chegada da frente fria ao Rio Grande do Sul já provoca temporais especialmente sobre áreas do Oeste, Noroeste, Missões, Campanha e Centro. Com a organização de áreas de instabilidade vindas de oeste devido a presença da frente fria na costa gaúcha, era esperado que estas áreas fossem as primeiras atingidas pelos temporais.

As imagens do satélite meteorológico mostram o avanço das nuvens carregadas para outras áreas gaúchas. A tendência ao longo do dia é que toda a Região Sul do país tenha temporais devido o espalhamento das áreas de instabilidade.

Clique na imagem e veja imagens de satélite de todo o Brasil

A chuva vem com um grande volume em um curto período de tempo. Segundo informações da estação automática do INMET em Santa Rosa choveu em apenas uma hora um total de 32,4mm. Essa condição favorece a ocorrência de alagamentos e inundações.

A grande quantidade de nuvens e a entrada de um pouco de ar polar, faz com que as temperaturas não subam tanto. No aeroporto de Santa Maria-RS a temperatura às 9h da manhã é de 23°C nesta terça-feira (20), sendo que na segunda-feira (19) fazia 27°C no mesmo horário, isto é, uma diferença de 4°C.

Os temporais ocorrem desde a noite de segunda-feira (19). Em Quaraí-RS as rajadas de vento chegaram aos 111km/h segundo informações da estação automática do INMET. Essa velocidade de vento é equivalente a um tornado F0 na escala Fujita melhorada.

Chuva enfraquece até o fim da semana

Com o avanço da frente fria para o Sudeste, as áreas de instabilidade deixam de se organizar sobre a Região. O centro-sul do Rio Grande do Sul já não tem previsão de chuva a partir da quarta-feira (21). Santa Cataria e Paraná terão pancadas de chuva especialmente entre a tarde e a noite. Há o risco de chuva forte mas de forma pontual.

A partir da quinta-feira (22) o sol já volta a aparecer mais e as pancadas de chuva ocorrem de forma rápida especialmente entre a tarde e a noite.

Terça-feira com risco para temporais no Sul
terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Uma frente fria avança pelo litoral do Rio Grande do Sul ao longo desta terça-feira e espalha muitas áreas de instabilidade sobre o Estado. Há risco para chuva forte, raios e rajadas de vento e não se descarta queda de granizo especialmente nas áreas do centro-norte e leste, inclusive na região metropolitana. Nas áreas do sul e Campanha, muitas nuvens e temperatura já não sobe mais tanto. Nas outras áreas o calor vai continuar. Em Santa Catarina e no Paraná, o calor também forma nuvens carregadas que devem provocar temporais isolados a partir da tarde desta terça-feira. Na quarta-feira, a frente fria se afasta para alto-mar, e uma massa de ar mais seco avança para o interior gaúcho e deixa a temperatura um pouco mais amena e sem chuva nas áreas do centro, fronteira oeste e na Campanha. Em Santa Catarina e no Paraná, o dia ainda será com muitas nuvens e com risco para chuva forte e raios. A sensação ainda será de abafamento.

Temporal em Santana do Araguaia (PA)
domingo, 18 de janeiro de 2015

A estação automática do INMET de Santana do Araguaia no extremo sudeste do estado do Pará registra chuva forte com acumulação horária de 24,6mm na última observação, acompanhada de forte rajada de vento de 60km/h. A temperatura, que alcançou 31,5 graus no final de tarde, cai agora para 21,6 graus.