Posts com a Tag ‘vento forte’

+ aumentar e diminuir fonte -
Mais nuvens e menos calor em SP nesta terça-feira
segunda-feira, 25 de agosto de 2014

A segunda-feira (25) foi marcada por tempo ensolarado, com temperatura alta e umidade muito baixa na cidade de São Paulo (SP). O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou máxima de 30,9°C e umidade relativa do ar de 22% (na leitura de 15h). Esta foi a tarde mais quente deste inverno, até agora, e a mais quente desde o dia 12 de abril, quando a temperatura atingiu 31°C na capital. A tarde de hoje foi uma das mais secas deste ano de 2014, levando-se em conta apenas o dado da estação meteorológica convencional do Mirante de Santana. Nesta estação já havia sido observada a umidade de apenas 20% no dia 03 de agosto.

Frente fria se aproxima e muda o tempo

Nessa terça-feira, uma frente fria avança para o Estado e começa a mudar o tempo também na capital paulista. O sol ainda aparece e a temperatura sobe durante o dia, mas não tanto quanto no domingo e na segunda-feira. A máxima deve ficar em torno de 28°C. A nebulosidade vai aumentando no decorrer do dia, assim como as rajadas de vento por conta do deslocamento da frente. À noite o céu fica nublado e pode chuviscar. Na quarta e na quinta-feira o tempo fica ainda mais instável com um pouco de chuva e queda de temperatura. Volta a esfriar no final da semana com a entrada do ar polar.

Rio de Janeiro quente e seco
segunda-feira, 25 de agosto de 2014

A segunda-feira (25) foi marcada por muito sol, calor e umidade baixa na cidade do Rio de Janeiro. Os índices de umidade relativa do ar caíram para 13% na zona oeste da cidade do Rio no meio da tarde. Este é um valor muito baixa para qualquer localidade, ainda mais para uma cidade litorânea, como a capital fluminense. Segundo o INMET a temperatura chegou a 35,3°C em Santa Cruz. A temperatura elevada e a umidade baixa são resultado da presença do ar seco sobre a Região Sudeste e da intensificação de ventos quentes, vindos de noroeste.

Mudanças no tempo para a “Cidade Maravilhosa” ao longo desta semana.

Nesta terça-feira o sol ainda predomina e o tempo segue firme, com calor e umidade baixa no período da tarde. A nebulosidade até aumenta no fim do dia, mas não há expectativa de chuva. A aproximação de uma frente fria favorece a ocorrência de vento moderada a forte no decorrer do dia.

A partir de quarta-feira (27) a frente fria vai conseguir organizar áreas de instabilidade no centro-sul do Estado do Rio de Janeiro. Há a previsão de chuva forte, mas de forma mais localizada. A temperatura já diminui bastante e deve cair mais até o final da semana.

Vento forte em Quaraí (RS)
domingo, 24 de agosto de 2014

A estação automática do INMET de Quaraí no estado do Rio Grande do Sul registra vento forte com rajadas de 55km/h. O vento sopra de sudoeste, a temperatura é de 13,5 graus e umidade relativa do ar, 80%.

Calor e ventania em Santa Maria (RS)
domingo, 24 de agosto de 2014

O ar está quente no Rio Grande do Sul e Santa Maria tem agora 26°C. No entanto, está ventando muito por causa da aproximação de uma frente fria. As rajadas na região do aeroporto chegam a 70 km/h.

Frente fria chega ao Espírito Santo
quinta-feira, 14 de agosto de 2014

A frente fria que mudou o tempo em diversas áreas do Sudeste, finalmente chegou ao Espírito Santo. A nebulosidade já começou a aumentar no centro-sul do Estado e chove com intensidade entre fraca e moderada. As rajadas de vento chegaram a 55 km/h em Linhares e 52 km/h em Vitória, segundo medições do INMET. Ainda pode ventar forte até a noite.

Imagem de satélite do canal do infravermelho realçada

A frente fria vai perder intensidade ao longo dos próximos dias. A temperatura vai seguir mais baixa por conta dos ventos de sul, mas já para de chover. A nebulosidade mais densa persiste, mas já vão ocorrer aberturas de sol durante o fim de semana.

Chuva e vento forte no Rio de Janeiro (RJ)
quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Nuvens carregadas de uma frente fria estão espalhadas pela cidade do Rio de Janeiro neste começo de noite de quarta-feira. No momento chove de fraca a moderada intensidade em praticamente toda a cidade. O vento sopra forte, com rajadas de até 62 km no Forte de Copacabana (INMET), 51 km/h no aeroporto do Galeão e 46 km/h no aeroporto Santos Dumont.

Vento forte em Paraty (RJ)
quarta-feira, 13 de agosto de 2014

A frente fria que está avançando pelo Rio de Janeiro provoca vento forte em Paraty, no litoral sul fluminense, nesta tarde de quarta-feira. O Inmet registra rajadas de até 52 km/h na estação meteorológica automática local.

Fortes rajadas de vento no Rio de Janeiro
quarta-feira, 13 de agosto de 2014

por Maria Clara Machado

A aproximação de uma frente fria provoca ventos fortes sobre o Rio de Janeiro nesta quarta-feira. No Forte de Copacabana, as rajadas de vento já alcançaram 78 km/h  às 9 horas segundo medições do Instituto Nacional de Meteorologia. A Supervia interrompeu as atividades do teleférico do Morro do Alemão desde o começo da manhã por causa dos ventos fortes e deve permanecer com os serviços suspensos até o início da tarde.

Durante o dia vão ocorrer mais rajadas de vento de moderada à forte intensidade. Há previsão de pancadas de chuva com raios entre o fim da tarde e a noite e que pontualmente podem ser fortes. O sol ainda predominou no começo da manhã no Grande Rio, mas a tendência é do aumento da nebulosidade e as primeiras mudanças no tempo já serão visíveis nas próximas horas.

O mar sobe bastante a partir da tarde em todo o litoral fluminense. Até a sexta-feira (15) o mar fica bastante agitado, com previsão de ressaca. As ondas podem chegar a 3 metros em algumas praias.

Amanhã (14), com a passagem da frente fria e entrada de uma massa polar, as temperaturas terão forte queda em todo o estado. A quinta-feira será úmida com chuva e o frio será sentido ao longo de todo o dia.

Acompanhe as temperaturas no Rio de Janeiro para os próximos dias.

Veja também:

Mar agitado e ressaca no Sul e do Sudeste

Mais duas ondas de frio até o fim do inverno

 

 

 

 

 

Mar agitado e ressaca no Sul e no Sudeste
terça-feira, 12 de agosto de 2014

A frente fria que está mudando o tempo no centro-sul do Brasil está associada a um grande ciclone extratropical que se aprofunda no oceano, ao largo da costa da Argentina. Este sistema de baixa pressão provoca vento forte e força o mar a subir bastante também nas regiões costeiras. As ondas grandes chegam ao Sul do País a partir desta quarta-feira (13).

No Rio Grande do Sul o mar sobe bastante ao longo do dia e são esperadas ondas de até 2,5 metros.  Na quinta-feira, a altura das ondas diminui um pouco, mas o mar ainda fica agitado, com ondas entre 1,5 e 2 metros.

Em Santa Catarina o mar também sobe bastante e o dia deve terminar com ondas de até 3 metros, com risco de ressaca no litoral sul catarinense. Na quinta-feira, a agitação marítima ainda é significativa e muitas praias ainda devem ter ondas de 2 a 2,5 metros .

Para o litoral do Paraná a expectativa é de ondas chegando a 2 metros no final de tarde à noite. Na quinta-feira, a altura das ondas diminui um pouco, mas o mar ainda fica agitado, com ondas por volta de 1,5 metro

No Sudeste a agitação marítima aumenta a partir da tarde da quarta-feira e se estende ao longo da quinta-feira (14)

No litoral de São Paulo, as ondas sobem bastante e o dia termina com ondas de até 2 metros. Na quinta, as ondas seguem grandes e devem ficar entre 1,5 e 2 metros.

Nas praias do Rio de Janeiro, o mar se agita no final do dia e as ondas atingem 1,5 metro na noite da quarta-feira. Na quinta, as ondas sobem bastante, devendo atingir até 3 metros e há risco de ressaca.

Na sexta-feira (15) a altura das ondas diminui, mas no sábado, o mar volta a subir bastante, principalmente na costa do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Nos dois Estados as ondas devem passar de 2 metros.

Sol, ar seco e quente em SP
segunda-feira, 11 de agosto de 2014

A massa de ar seco que cobre o Sudeste do País dificulta a formação de nuvens carregadas e deixa o tempo firme em todo o Estado de São Paulo nesta terça-feira. A temperatura sobe rapidamente ainda pela manhã e faz calor. Durante a tarde a umidade cai bastante e o índice fica um pouco abaixo de 20%, inclusive na capital. Os termômetros superam facilmente a marca de 30 graus em muitas áreas do interior e também no litoral. Na quarta-feira (13), uma frente fria avança até o Sudeste, mudando o tempo em praticamente todas as regiões paulitas. A nebulosidade aumenta bastante, o calor diminui e há previsão de chuva até com moderada intensidade. Venta forte e a qualidade do ar melhora. No interior podem ocorrem algumas trovoadas, ainda por causa do calor. Na capital e no litoral a temperatura já diminui bastante. Na quinta-feira ainda chove um pouco e volta a esfriar.