Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Aumenta o risco de deslizamento entre SP, MG e RJ

03/03/2016 às 00:01
por Josélia Pegorim

Atualizado 03/03/2016 às 00:01

Uma acentuada queda da pressão atmosférica está ocorrendo sobre o interior da Região Sul e no litoral entre São Paulo e o Rio Grande do Sul. A expectativa é de que um ciclone subtropical, que ainda não tem nome, se forme no decorrer desta quinta-feira, 3 de maço. A queda da pressão do ar facilita a formação de nuvens carregadas e também das fortes rajadas de vento. Nesta quinta e na sexta-feira, estas rajadas podem superar 60 km/h.

A diminuição da pressão atmosférica começou na noite de quarta, 2 de março, mas se intensifica nesta quinta-feira, dia 3. As letras B indicam as regiões onde ocorre a queda da pressão atmosférica.

 

 

O centro de baixa pressão que se forma facilita a formação de nuvens carregadas  também no leste de São Paulo e no centro-sul do Rio de Janeiro, aumentando o risco de voltar a chover forte nas áreas que foram alagadas e tiveram desmoronamentos na segunda-feira, 29 de fevereiro.

 

 

Há risco de chuva forte na Grande São Paulo

 

Entenda a intensificação da baixa pressão

 

 

 

A população deve ficar em alerta para novas quedas de barreiras e deslizamento de encosta. O volume de chuva esperado nas próximas 48 horas não é tão grande como ocorreu na segunda-feira, porém, com o solo já encharcado, a chance de deslizamento é bem maior. Há risco de mais alagamentos.

 

 

 

Ainda de chover na sexta-feira, mas com períodos de sol. As rajadas de vento devem ser moderadas a fortes. Durante o sábado, com o gradual afastamento do centro de baixa pressão, o vento e a chuva enfraquecem.

 

 

O quadro mostra quanto choveu no dia 29/02/16 no litoral de São Paulo, segundo o Cemaden