A secura do ar depois do frio

10/07/2019 às 00:40
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Passagem do ar frio causa queda da umidade no ar

As massa de ar que se deslocam da Antártica e chegam a América do Sul espalham o frio e também causam queda da umidade do ar. O ar frio de origem polar é naturalmente seco, tem pouca umidade. Quando o ar polar passa por uma região, a temperatura do ar cai e o nível de umidade no ar também.



É o que vem acontecendo agora no Brasil depois da passagem da intensa onda de frio que gelou o país nos últimos dias.

O pior do frio já passou. O ar frio intenso já está sobre o mar e se afasta cada vez mais do Brasil, o que vai facilitar a elevação da temperatura no país. Mas a medida que o ar esquenta também fica mais seco. 

 

O mapa mostra a umidade relativa do ar às 16 horas no Brasil, conforme mediação do Instituto Nacional de Meteorologia. Quanto mais azul, mais úmido. Quanto mais rosa claro, mais seco.



Umidade relativa do ar no Brasil às 16h (Brasília) de 9/7/19

 

 

Nesta quarta-feira, 10 de julho, o nível de umidade no ar cai em praticamente todo o país. Muitas áreas do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, do Norte e do Nordeste vão passar horas com umidade no ar abaixo dos 20%.

 

Veja os estados que tiveram menos de 20% no ar em 9/7/19, pela medição do INMET

 

Rio de Janeiro: 11% no Parque Nacional do Itatiaia

Goiás: 11% m Alto Paraíso de Goiás

Santa Catarina: 13% em São Joaquim

Mato Grosso do Sul: 15% em Chapadão do Sul

Mato Grosso: 15% em Alto Taquari

Rio Grande do Sul: 16% em São José dos Ausentes

São Paulo: 18% em Pradópolis

Paraná: 19% em Clevelândia

Bahia: 19% em Buritama

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

19°
max

1mm / 0%

Rio de Janeiro - RJ

14°
min

24°
max

5mm / 60%