Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

ESPECIAL INVERNO 2016

publicidade

Saiba quais alimentos ajudam a prevenir doenças no frio

12/07/2016 às 11:33
por Redação
Atualizado 12/07/2016 às 16:40

Gripe, sinusite, rinite? Anote algumas dicas para aproveitar a estação cheio de saúde

Com a chegada do inverno e a queda dos termômetros, o corpo humano sofre algumas alterações, já que o frio exige que ele trabalhe mais para manter a temperatura ideal. Ele consome parte da reserva energética, desacelerando o metabolismo. É justamente essa baixa nas atividades internas que faz com que as pessoas fiquem mais propensas a vírus e bactérias, ampliando as chances de gripes, resfriados ou doenças mais graves.


Patrícia Madeira, meteorologista da Climatempo, avisa que o inverno de 2016 será bem diferente do ano passado, com vários dias bastante frios e temperaturas máximas de até 20°C. Mas não há nada de anormal, muito pelo contrário. Sem a influência do El Niño, que bagunçou o clima em 2015, a estação volta ao normal. Como nos desacostumamos ao frio e a umidade baixa a casos de rinite, bronquite e sinusite também devem ser muito mais comuns este ano.

 

Mas não se assuste porque é bem possível se prevenir bem antes de começarem os sintomas. E não estamos falando de vigorosos coquetéis de pílulas e comprimidos, mas sim de alternativas naturais que estão bem ali, ao alcance do prato. “As frutas, por exemplo, são muito importantes neste processo porque têm todas as vitaminas necessárias para fortalecer o corpo. Adicionar ao café da manhã e aos lanchinhos uma série de frutas vermelhas é importante para ajudar a ter força para o resto do dia”, explica a nutricionista Fernanda Paulucci, que indica laranja, mamão, maçã e pera para ocupar o topo da lista.


Segundo a especialista, outras opções que podem contribuir nesse período, são os alimentos ricos em carotenóides, como a abóbora e a cenoura, responsáveis pelo fortalecimento do sistema imunológico. De acordo com a nutricionista, o ideal é que os vegetais sejam adicionados às refeições diárias, e o quanto mais cru estiverem, melhor, já que se mantêm ricos em complexo D e em vitamina C. Entre as dicas estão a alface e a couve de Bruxelas.

 

O que também não pode ficar de lado são os sucos. Muito lembrados no verão, eles continuam sendo essenciais também no inverno.  O ideal é que as bebidas sejam sempre naturais, sem aditivos químicos. Entre os indicados, os já conhecidos sucos detox, que podem ser produzidos em casa com frutas como maçã, mamão, laranja e abacaxi, somados aos vegetais, como brócolis e a couve chinesa.

 

Os chás completam a lista de indicações. Naturais ou de saquinho, eles trazem vários benefícios à saúde, como proteção das artérias e auxílio na digestão, além do poder anti-inflamatório e antioxidante. Além de deliciosos, são quentinhos, ajudando a afastar o frio nos dias mais gelados. Aproveite!