Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Previsão para o eclipse total lunar - 27/28 setembro

27/09/2015 às 16:44
por Josélia Pegorim

Atualizado 28/09/2015 às 00:27

Astrônomos profissionais e amadores de diversas regiões do planeta vieram passar o primeiro fim de semana a primavera no Brasil por um motivo muito especial. Um evento raro ocorre na noite de 27 de setembro de 2015: um eclipse total lunar de uma super lua.

 

 

 

Por que esta noite é tão especial?

São dois eventos astronômicos especiais numa mesma noite: o eclipse e a super lua. Segundo a NASA, o eclipse total lunar de uma super lua ocorreu apenas 5 vezes nos anos 1900: 1910, 1928, 1946, 1964 e em 1982. O próximo eclipse total lunar vai ocorrer em 31 de janeiro de 2018 e não será visível no Brasil. A próxima vez que teremos ao mesmo tempo um eclipse total lunar e uma super lua será só em 8 de outubro de 2033! Portanto, o que o evento de 27/28 de setembro de 2015 é realmente raro.

 

O que é a super lua?

Uma super lua é nome popular que se dá uma lua cheia que acontece muito próxima do horário do perigeu lunar, que é o ponto de maior aproximação da Lua com a Terra. O apogeu é o momento quando a Terra e a Lua estão mais distantes. Por estar no ponto mais próximo da Terra, a Lua cheia de 27 de setembro de 2015 parecerá 12% maior para um observador que está na Terra.

Só o fato de termos uma super lua já é um ótimo motivo para você olhar para o céu e clicá-la! Esta Lua enorme já estará visível a partir da 18 horas de 27 de setembro.

 

 

Clique a Super Lua e compartilhe com a Climatempo por todas as redes sociais: #fotografeotempo.

Vai filmar a o eclipse e a super lua?

Mande seu vídeo para o Whatsapp da Climatempo: (11) 9 9420-7548

 

Brasil tem visibilidade privilegiada

No mapa de visibilidade no fenômeno em todo o planeta, vemos que toda a América do Sul poderá apreciar o eclipse total lunar de 2015 na sua totalidade, em todas as fases, do começo ao fim. Porém, o Brasil tem uma posição privilegiada, pois quanto mais ao leste, mais próximo oceano Atlântico, maior é o tempo de observação.

 

 

O eclipse total lunar de setembro de 2015 vai durar pouco mais de 5 horas. O fenômeno começa efetivamente às 21h11 da noite de 27 de setembro e termina às 02h22 da madrugada do dia 28 de setembro, no horário de Brasília.

 

 

 

 

 

Previsão de nebulosidade

Apesar da posição privilegiada para a observação do eclipse total lunar de 2015, alguns fatores meteorológicos vão dificultar ou mesmo impedir a visualização do evento, por causa do excesso de nebulosidade.

Confira no mapa as faixas de visibilidade. A legenda mostra o significado dos números. Dentre as capitais, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Goiânia, Salvador, Aracaju, São Luís, Belém, Macapá, Manaus e Boa Vista estão na faixa onde o excesso de nebulosidade poderá atrapalhar a observação plena do fenômeno. A noite será de esconde-esconde de lua entre muitas nuvens.

Nas capitais Rio Branco, Porto Velho, Cuiabá, Campo Grande, Curitiba e Florianópolis, a chance de ver o eclipse total lunar de setembro de 2015 é muito baixa. A previsão é de predomínio de céu nublado.

 

 

Já a região de Vitória, Belo Horizonte, Brasília, Palmas, Teresina, Fortaleza, Natal, João Pessoa, Recife e Maceió estão dentro da faixa onde a previsão é de que o céu fique com pouca ou nenhuma nebulosidade durante todo o eclipse.

 

Saiba tudo sobre este raro eclipse total lunar de uma super lua com professor Marcos Calil.

O Momento Astronômico, o canal de Astronomia da Climatempo, fará a transmissão ao vivo. Confira!