Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva na Grande SP não acabou

02/11/2015 às 13:45
por Josélia Pegorim

Atualizado 02/11/2015 às 14:19

A chuva deu uma trégua sobre a Grande São Paulo na manhã do feriado de 2 de fevereiro, mas isto não significa que a não vai chover mais. O ar está muito úmido e abafado e as áreas de instabilidade que já estão sobre o Estado de São Paulo se intensificam novamente. Parte das áreas de chuva que crescem no interior paulista podem avançar para a o leste do estado e atingir a Grande São Paulo. Ainda há condições para chuva moderada até a noite desta segunda-feira.

 

 

 

Semana com chuva

Para esta terça-feira, a previsão é de que a chuva volte a ocorrer, mas especialmente na forma de pancadas que podem vir com raios. Os períodos mais favoráveis para a chuva são a madrugada e tarde.

Uma nova frente fria passa pelo litoral paulista durante a quarta-feira e renova a instabilidade fazendo com que a chuva fique mais frequente e forte até a quinta-feira. Também há previsão de chuva para a sexta-feira.

O volume de chuva acumulado até sábado, 7, poderá superar os 100 mm em muitas áreas da Grande São Paulo. Várias regiões da Grande São Paulo devem ficar encharcadas, o que vai deixar o solo mais vulnerável a deslizamentos.

 

 

Confira a previsão para a São Paulo

 

Chuva volumosa causa alagamento

A chuva persistente e volumosa que caiu sobre a Grande São Paulo desde a noite do sábado até a madrugada da segunda-feira, 2 de novembro deixou vários áreas alagadas na capital e em outro municípios. Em Osasco, nas últimas 72 horas, o Cemaden registrou volumes de 45 mm a 85 mm. Na capital, o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE) registrou de 23mm a 55 mm em diferentes áreas da capital no período entre 10 horas do domingo e 10 horas da segunda-feira, 2 de novembro. A chuva mais volumosa ocorreu sobre as zonas sul, centro e oeste. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 39,6 mm na zona norte, na região do Mirante de Santana.

Depois de mais de 24 horas de chuva praticamente sem parar, várias cidade de São Paulo amanheceu o feriado de 2 de novembro com 21 pontos de alagamento e, segundo o CGE, 7 ainda estavam ativos por volta das 13 horas.