Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

El Niño deixa sul de MS debaixo d´água

10/12/2015 às 11:39
por Josélia Pegorim

Atualizado 10/12/2015 às 12:50

O sul de Mato Grosso do Sul vem sofrendo com o excesso de chuva nos últimos meses. Os efeitos negativos da chuvarada são semelhantes ao que se vê na Região Sul e só aumentam, pois a chuva não para. No dia 10 de dezembro de 2015, o governo de Mato Grosso do Sul já havia reconhecido situação de emergência em 14 cidades do sul do estado.

Na semana passada, uma barragem se rompeu na região de Caarapó. No fim de novembro, parte de uma estrada afundou na região de Tacuru. O solo extremamente úmido prejudica a agricultura na região, que é forte na produção de grãos.

As imagens são de Clezer Gomes. Veja outros registros das condições do tempo no nosso canal no Youtube

 

 

 

A chuva superou muito a média em particular nos meses de novembro e de setembro e não tem dado trégua no início de dezembro.

A chuva excessiva no sul de Mato Grosso do Sul é um dos efeitos do El Niño no Brasil, que vai continuar atuando forte durante o verão. Assim, a região terá outros eventos de chuva forte e volumosa nos próximos meses.

 

 

 

 

 

Só em Ponta Porã já choveu cerca de 200 mm em 10 dias dezembro. A média de chuva para dezembro fica em torno de 180 mm.

 

 

 

No mapa, as diferentes cores representam a média de chuva normal para dezembro no Centro-Oeste. Em grande parte de Mato Grosso do Sul, a média de chuva varia de 150 mm a 200 mm.

 

 

 

Mais chuva no fim de semana

Áreas de instabilidade crescem no Paraguai e avançam para o Mato Grosso do Sul nos próximos dias. Pelo menos até a próxima segunda-feira, o sul de Mato Grosso do Sul vai continuar tendo chuva frequente. Há risco de chuva forte.

 

 

 

Saiba quais são os impactos do El Niño na Construção Civil